Hawaii – o que esperar e saber antes de chegar por lá
19/05/2011 5 comentários

Hawaii – o que esperar e saber antes de chegar por lá

Sabe o que é chegar a uma terra após 30 horas entre vôos e conexões e, ser recebida por um havaiano dizendo: ALOHA!!! com um belo sorriso de boas vindas e uma lei?!

ALOHA?! Lei? Calma, eu vou explicar…
ALOHA é a típica saudação havaiana que pode ser traduzida como boas vindas, boa sorte etc. Pra mim, sinceramente, acho que é a melhor definição de “Good Vibrations” em havaiano. Se alguém te falar ALOHA!, responda com ALOHA! também. Só não responda quando escutar uma voz dizendo ALOHA! no momento que você entrar em algum ônibus no Hawaii. Isso é só uma gravação…rs!
E a tal da Lei? O que é? Bom, sabe aquele colar havaiano de flores que sempre vemos quando o assunto é Hawaii? Chama-se lei e, cada tipo de arranjo e flor deste colar tem um significado diferente, mas fique tranquilo, porque sempre traz uma mensagem positiva e de carinho. Se você receber uma lei de alguém, que não seja um guia ou um vendedor, pode ter certeza que é um símbolo de puro carinho. Ah! Se quiser conservar o seu colar por mais tempo, coloque-o na geladeira porque com isso, ele pode durar até uma semana.
E como agradecer a tanta cordialidade? Muito simples. Diga: Mahalo! (obrigada (o) em havaiano). Depois de um tempo você irá perceber que nunca esquecerá mais essas palavras…Mahalo! tem até na lixeira do Mc Donald´s  havaiano, por exemplo.
Essa é uma das coisas apaixonantes que vc encontrará no Hawaii, mas não pensem que o povo havaiano é tão receptivo assim, viu? Primeiramente, porque apesar deles se sentirem americanos, os cidadãos americanos que nasceram no continente (como eles mesmo dizem e, se separam – “No Mailand”), não consideram o havaiano um cidadão americano. O Hawaii para eles é uma colônia de férias e ponto! Por esse motivo entre outros, as melhores praias do Hawaii só podem ser freqüentadas pelos nativos das ilhas deste estado americano. Não ouse quebrar a regra porque, com toda certeza, você será expulso de uma forma nada receptiva do recinto…
Next post do Hawaii:

Diamond Head – o vulcão inativo da ilha de Oahu…

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)