Ice wine – Vinho por quem entende de vinho
04/12/2011 2 comentários

Ice wine – Vinho por quem entende de vinho

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

A ideia aqui no blog é também mesclar algum dos destinos por onde passei com a história do vinho consumido naquela região. Tenho certeza que os apaixonados por vinho adorarão saber mais sobre o Ice Wine.

Para contar a história do vinho, conto com a colaboração de um super sommelier brasileiro e amigo, Mauro Coimbra (currículo do mestre abaixo). Gostaram, né? Eu também…;o)!

Île d’Orléans – um dos paraísos do Ice wine:
Definitivamente sou uma apaixonada pela província de Quebec! O motivo de toda essa paixão não é somente pela quantidade de amigos que tenho por lá, mas também pela gentileza de seu povo, pela sua história, pela sua beleza campestre, pela sua proximidade com o carisma brasileiro etc.

Entre minhas temporadas por lá fui apresentada a um “vilarejo” chamado Île d’Orléans. Com certeza uma das minhas maiores surpresas em todos esses anos de viagens acumuladas.

Este charmoso vilarejo de aproximadamente 200 quilômetros quadrados e pouco mais de 6 mil habitantes é pouquíssimo conhecido pelos turistas convencionais que vão à Quebec City, mas muito conhecido pela população nativa da província, para a minha sorte…

Lá as “lojinhas” à beira da estrada são repletas de: frutas frescas colhidas de seu campo naquele dia; sorvete totalmente natural feito com a fruta colhida por lá; uma farta coleção de compotas de produtos típicos da região; Ice wines fabricados no vilarejo entre outras especialidades.

 

 

Ah! O Ice wine do vilarejo! Tive a oportunidade de avistar as terras aonde ele é feito e, sem dúvida nenhuma, é um dos melhores vinhos que já bebi! E por falar em Ice wine…

                                         

Ice wine, o vinho do gelo

Embora o Canadá seja mais conhecido pelo hóquei do que pelo vinho, hoje chama a atenção do mundo com seus vinhos doces, os famosos e raros Ice wines (ainda não comercializados no Brasil). Esses deliciosos vinhos de sobremesa dão ao Canadá uma reputação internacional.

Os Ice wines do Canadá são feitos de uvas congeladas. Essas uvas são colhidas no rigoroso inverno canadense, em temperatura em torno de 13 graus negativos.

Quando as uvas congeladas são espremidas, o sumo doce e concentrado e o alto teor de acidez se separa do gelo. Este é jogado fora e o vinho resultante é feito exclusivamente do sumo super concentrado, gerando um vinho de alto teor de açúcar que é equilibrado pela acidez relativamente alta, e assim os vinhos raramente parecem enjoativos.

As três mais importantes províncias produtoras de Ice wines são Ontario, Columbia Britânia e Quebec. As variedades de uvas mais utilizadas na produção desses vinhos são: a Riesling, a Vidal e; a Cabernet Franc.

Os Ice wines são vinhos encorpados, digamos que, podem ser “mastigados”, e têm sabores que lembram mel, pêssegos maduros, damascos, abacaxis e frutas cítricas. Para uma boa hamornização com esses vinhos delicados, incluem frutas em calda, tortas de frutas. Creme brûlée, biscoitos amanteigados e docinhos. São produzidas três variedades de Ice wines: os espumantes; os brancos e os tintos.

Visitando as vinícolas no Canadá

Boa parte dos Ice wines se compra diretamente nas vinícolas, estas estão sempre prontas para receber visitantes. Muitas oferecem não apenas degustações e tour, mas também um cenário extremamente belo. Além disso, são realizados festivais e eventos na boa parte do ano. Para obter um guia completo desses eventos, bem como informações, visite o site do Canadian Vintners Association (http://www.canadianvintners.com).


Os produtores de Ice wines que indico para quem quiser se deliciar com esses raros vinhos são: Inniskillin Wines; Mission Hill Winery; Pilliteri Estates Winery e; Sumac Ridge Estate Winery.
Além do Canadá, eles podem ser encontrados também nas lojas de bebidas dos Estados Unidos.
Saúde/ Santé!
                              Currículo – Mauro Coimbra (email: coimbravinhos@gmail.com):
Formado pela ABS – RJ, Mauro completou seus estudos nos EUA e Canadá. Mauro trabalhou nos melhores restaurantes do Rio de Janeiro, São Paulo e Vancouver (Canadá).
Já visitou vinícolas nas seguintes regiões:
– França: Bordeaux; Champagne; Alsácia; Vale do Loire; Provence e; Languedoc-Roussilon;
– Itália: Toscana; Veneto; Lombardia e; Liguria;
– Suiça: Valais e Vaud;
– Alemanha: Baden e Württemberg;
– EUA: Napa Valley; Carneros; Oregon e; New York;
– Canadá: Niagara e Okanagan Valley;
– Grécia: Santorini;
– Brasil: Campanha e Serra Gaúcha.
                                                       

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.