E esse foi o terceiro dia de #Turquia…
22/07/2012 4 comentários

E esse foi o terceiro dia de #Turquia…

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Acordar hoje ao som do Mar Egeu realmente não tem preço…

Minha vontade era ficar em Kusadasi pelo resto do verão turco, mas tem muita coisa para ver aqui na Turquia.

Quando acordei, sabia que hoje seria um dia com mais um banho de história e não via a hora de chegar em um dos lugares mais sonhados nessa viagem, a deslumbrante Pamukkale.

Antes de ir para lá, parei em uma cidade de aproximadamente 2 mil anos chamada Laodikeia. Assim como Ephesus, essa cidade está sendo redescoberta pelos arqueólogos.

O redescobrir significa escavar metros e mais metros de terra que encobriram essas cidades.

Laodikeia é um lugar pouco visitado porque foge da rota do turismo. Pra variar, sempre procuro o diferente, né meus queridíssimos leitores? he he he!!!

Essa cidade está sendo escavada por arqueólogos turcos (o que não é tão comum nestas cidades) e fora “redescoberta” 15% em oito anos de trabalho duro. O percentual de Ephesus é muito menor quando comparado com a quantidade de anos que tem sido escavada…

Com certeza, Laodikeia entrará na rota e será um dos pontos turísticos mais procurados por aqui. Porque além de imponente, dá de frente para Pamukkale.

E em falar em Pamukkale, lá fui eu ver ao vivo e a cores aquela beldade. A primeira vista, é impressionante saber que tudo aquilo foi gerado pelo natureza. Uma verdadeira benção…

Nesta época do ano, por ser verão, o Parque Nacional de Pamukkale é abarrotado de visitantes, especialmente russos, que procuram a região para se banhar nas piscinas naturais.

A representatividade deles é tão grande que há “lojinhas” com os seus anúncios em russo. Até eu entrei na dança…

Fui comprar uma água e a atendente começou a falar em russo comigo (e eu achando que ela estava falando em turco…rs!), depois quando dei o dinheiro em euros, ela olhou pra m c uma cara estranha…eu não tinha entendido o porque…

E sabem o por que ela me olhou assim? Primeiro pelo fato de eu não a entender, segundo pelo fato de eu querer pagar em euros. Por aqui, os russos pagam tudo em dólar americano. Curioso, não?

Enfim, voltando ao foco, muitos imperadores e muitos personagens importantes da história passaram por aqui, como Marco Antônio e Cleópatra.

E em falar em Cleópatra, diz a lenda que ela se banhava nas águas termas de Pamukkale. Obviamente, eu não poderia deixar isso passar, não, não! Fui lá hoje e vivi o meu dia de Cleópatra…he he he!!!

As águas por aqui são tão quentes que há uma piscina de água com a temperatura mais amena, descendo o morro e fora do parque, para aquelas pessoas que querem se refrescar e que não querem viver o seu dia de Cleópatra…he he he!!!

Há outras duas coisas interessantes de Pamukkale. A primeira é que dentro do
parque há um local pago aonde pequenos peixes beliscam constantemente o seu pé para que você possa relaxar. Nunca que eu iria relaxar, mas é uma tradição turca e muitos pagam 20 liras turcas (equivalente ao mesmo valor em real) para isso.

A segunda é que tem uma piscina dentro do parque que dizem que tem vários benefícios à saúde além de ser divulgada como a piscina que a Cleópatra se banhava. Essa piscina é paga e para desfrutar dela você terá que desembolsar 30 liras turcas. Agora, falando a verdade, a água é a mesma das piscinas naturais fora, ou seja, para que pagar, não é mesmo? Pelo a paisagem das duas piscinas, creio que a Cleópatra também preferia a versão free…

E para terminar, quem pretende se banhar em Pamukkale, não esqueça que o tempo limite dentro d’água é de uma hora e meia, caso contrário, você pode ter um ataque cardíaco em função de todas as propriedades da água…

Ah! Já ia esquecendo…voltei hoje a noite para Istambul e, finalmente, minha mala chegou! Obrigada a todos pela preocupação e o empenho em ajudar essa flor que vos fala…;-)!

E para recompensar, dá-lhe fotos…

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.