Casa Valduga – visita guiada e degustação de vinhos e espumantes na tradicional vinícola de Bento Gonçalves

Casa Valduga – visita guiada e degustação de vinhos e espumantes na tradicional vinícola de Bento Gonçalves

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

A serra gaúcha nos presenteia com cada paisagem de arrancar suspiros que até merece um brinde! E por falar em brinde, que tal fazer visita guiada e degustação de vinhos e espumantes na tradicional vinícola de Bento Gonçalves, a Casa Valduga?

Apreciadora dos vinhos e espumantes da vinícola gaúcha que sou, aproveitei a última ida ao Rio Grande do Sul para fazer o tour e conhecer a vinícola pioneira do enoturismo no Vale dos Vinhedos. Para quem quiser fazer o mesmo, aqui vão algumas dicas e informações úteis sobre a visita e a vinícola:

O que está incluso e duração?

Comandado por um dos sommeliers da Casa Valduga, a visita guiada ou tour, como preferir, tem duração aproximada de uma hora e quinze minutos.

A visita acontece de hora em hora e compreende assistir ao vídeo sobre o vinho e a vinícola, ida às caves e a linha de produção da vinícola, com direito a explicações bem detalhadas e didáticas sobre o processo de elaboração e história da vinícola e de seus fundadores, além da degustação de 2 vinhos tintos, 1 vinho branco e 2 espumantes da marca.

Valor e horários (em fevereiro de 2016)

Visita guiada por pessoa: R$ 40, (crianças não pagam, mas também não degustam, obviamente);
Idioma: Português, inglês e espanhol, os dois últimos, sujeito a agendamento. 

Horários – Segunda a sábado: a cada uma hora a partir de 9:30 até 16:30 hs, exceto entre 12:30

Domingo: a cada uma hora a partir de 9:30 até 15:30 hs, exceto entre 12:30

Além deste tour…

Você sabia que é possível fazer a degustação dos vinhos sem visitar as cavas e outras dependências da vinícola?

Se você já tiver feito um tour similar ao acima na Casa Valduga ou em outra vinícola ou se estiver com o tempo curto, é possível fazer somente a degustação dos vinhos propriamente dita. O valor é mais barato que o tour e ideal para quem não quer/pode ficar muito tempo na Valduga.

Você sabia que é possível fazer cursos de harmonização e sobre a história do vinho?

Além da degustação é possível fazer cursos de harmonização e da história do vinho, quando estiver na vinícola. Somente se atente para os horários, pois as harmonizações são feitas a partir do meio da tarde.
Você sabia que é possível se hospedar na vinícola?

É isso mesmo que você leu! A Casa Valduga possui uma pousada ao lado (praticamente colada) de suas caves e com uma vista maravilhosa para vinícola e Vale dos Vinhedos que não dá vontade de sair de lá mais. Imagina se hospedar em uma vinícola de 141 anos?

Outra coisa bacana é que a hospedagem tem uma preocupação forte com o meio ambiente, possuindo energia solar e algumas políticas de preservação ambiental, além de proporcionar aquele atendimento personalizado, feito pelas pessoas da região, que cá pra nós é fora de série! Báaaaa…

Você sabia que é possível comer na vinícola?

A vinícola também possui um restaurante para mais de trezentas pessoas, o Maria Valduga, onde é possível se deliciar com os pratos típicos e, de quebra, harmonizá-los com os vinhos e espumantes da vinícola.

Infelizmente, não pude ter a experiência de almoço ou jantar, uma vez que o Maria Valduga está fechado para reparos, mas recomendo que faça a sua reserva na parte chamada Cave das Pipas, que foi o lugar onde a vinícola iniciou a sua história. Como é a parte mais disputada do restaurante e, com capacidade para somente 50 pessoas, a reserva antecipada é praticamente obrigatória.

Mais uma curiosidade…

O restaurante chama-se Maria Valduga em homenagem a matriarca que cozinhava receitas típicas da culinária italiana, enquanto os homens da família se empenhavam no plantio, colheita das uvas e confecção dos vinhos.

A comida e quitutes de Dona Maria era tão apetitosos que caiu no gosto dos que visitavam a região, servindo mais tarde, como base para a abertura do restaurante que leva seu nome.

E por final, aquela pergunta que não quer calar em seu inconsciente…

Tem lojinha? Consigo comprar os vinhos direto da vinícola?

Simmm. Os vinhos, espumantes, as taças e tantas outras coisas. Uma perdição…

Endereço

Via Trento, 2.355 – Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves

Para quem não tiver agendado o tour com uma empresa de turismo ou não tiver alugado um carro na região se programe com algum transfer, pois não tem como chegar a vinícola facilmente.
Caso vá de carro, não se esqueça. Na hora da volta, passe o volante ao motorista da vez 😉

Gostou da dica? Precisa reservar seu hotel ou hostel? Sabia que você pode reservar sua hospedagem no Booking aqui no blog (link do Booking), sem qualquer custo adicional para você, mas que ajudará na monetização do conteúdo deste blog, através de uma pequena comissão, que cobre em partes os custos de sua manutenção e proporciona que eu viaje cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis para vocês. 😉

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.