El Galpón e sua famosa parrillada em Rivera, Uruguai

El Galpón e sua famosa parrillada em Rivera, Uruguai

Para fechar a saga de posts com boas opções para comer em Rivera, não poderia deixar de lado El Galpón Parrillada & Restaurant, um dos mais tradicionais na cidade uruguaia de fronteira com o Brasil.

Apesar de parecer simples para quem o vê do lado de fora, saiba que a parte interna do salão conta com certo requinte e é bem aconchegante, além do ambiente ser climatizado.

Como vocês já puderam perceber nos outros posts, o meu forte não são as carnes e, sim peixes, frutos do mar e queijos, deixando a gauchada enlouquecida comigo e sem entender porque quase não como o que há de mais típico e delicioso no extremo sul do Brasil…rs

De qualquer forma, mesmo não provando todas as carnes possíveis e imagináveis à disposição no El Galpón, me entreti e muito naquele queijinho assado que só o uruguaio saber fazer. Até olhava feio (brincadeira) quando elas vinham com seus garfos querendo um pedaço.

E também me entreti na salada que acompanha os pratos principais.

Enquanto as gurias se deliciaram com a seleção de carnes uruguaias que foram servidas em nossa mesa, como o típico matambre.

Claro que comi também as carnes, mas de forma bem mais moderada, mesmo sabendo da fama, mesmo estando tudo delicioso e bem preparado. Preferências são preferências, mas quando estamos viajando em grupo temos que nos adaptar.

Além da parrillada, durante o horário do jantar rola música ao vivo no restaurante, levantando os clientes para perder algumas calorias e se divertirem.

******************

Informações – El Galpón:

Endereço: Calle Ituzaingó, 351 – Rivera, Uruguai
Telefone: (598) 8142 9850
Importante: Nesta parte de Rivera não é necessário fazer imigração de entrada no Uruguai

*******************

Leia outros posts de Rivera e Santana do Livramento:

Le Carroussel – onde compras queijos, vinhos e embutidos em Rivera
Restaurante La Perdiz, Siñeriz Shopping – onde comer em Rivera com requinte

Rota da Ferradura dos Vinhedos em Santana do Livramento

Leia outros posts sobre a Rota Farroupilha:

Guaíba, cidade berço da Revolução Farroupilha – o que fazer e onde comer?
Camaquã, o que fazer na Terra Farroupilha e capital do arroz parboilizado?
São Lourenço do Sul – o que fazer, onde ficar e comer na cidade balneário preferida do extremo sul
Rio Grande – o que fazer, onde comer e ficar na Noiva do Mar
São José do Norte – o que fazer, onde comer e ficar na cidade que termina a BR 101
Pelotas – o que fazer, onde comer, ficar e fazer compras na Capital Nacional do Doce
Piratini – o que fazer na Primeira Capital Farroupilha
Alegrete – o que fazer, onde comer e ficar na Terceira Capital Farroupilha
Caçapava do Sul – o que fazer e onde comer na Segunda Capital Farroupilha
Dom Pedrito – o que fazer, onde ficar e comer na cidade do Acordo de Paz
20 de setembro, Celebração dos Ideais Farroupilhas e minha homenagem aos gaúchos
Bagé – o que fazer, onde comer e ficar na Rainha da Fronteira
Vinícola Routhier & Darricarrère – não será só o vinho da Kombi que te conquistará

**********************
Agradecimento ao apoio:

A Olga Ortiz e ao staff do El Galpón pela simpatia conosco e pela cortesia do almoço.
Agradecimento aos patrocinadores da Rota Farroupilha:


O roteiro teve o patrocínio do escritório BCM Advogados e da Agropecuária Sallaberry , além do suporte do Sebrae Costa Doce e de algumas secretarias de turismo. A viagem usou como base o Caminho Farroupilha elaborado pelo Sebrae – RS e oferecido como pacote turístico pela Tchê Fronteira Turismo, de Bagé – RS.


O projeto Rota Farroupilha e seus envolvidos:

O projeto #RotaFarroupilha é um projeto dos blogs Territórios e As Peripécias de Uma Flor em parceria com os blogs Café Viagem e Mochilinha Gaúcha, que contou com as participações especiais do blog Andarilhos do Mundo e a jornalista Criz Azevedo. O relato acima foi escrito de forma totalmente independente pela autora do blog.

                                                                         **********************
Gostou da dica? Saiba que você pode reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking), sem qualquer custo adicional, ajudando na monetização do conteúdo deste blog, através de uma pequena comissão, que cobre em partes os custos de sua manutenção e proporciona que eu viaje cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis para vocês.

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)