Rivera Casino & Resort – jogatina, gastronomia e hospedagem em um único lugar na fronteira com o Uruguai

Rivera Casino & Resort – jogatina, gastronomia e hospedagem em um único lugar na fronteira com o Uruguai

A existência legalizada de cassinos e a possibilidade da jogatina em solo uruguaio são daqueles motivos que atraem turistas ao país vizinho. Entre as opções deste tipo de entretenimento espalhadas pelo Uruguai, há um cassino localizado em Rivera, cidade fronteiriça com o Brasil, que recebe muitos brasileiros por lá.
Além das salas e salões de jogos, do espaço dedicado para aqueles que querem bailar ou simplesmente toma um ou vários drinks depois de um dia de compras na fronteira, o Rivera Casino & Resort possui também em seu lobby um menu com boas opções gastronômicas, servidas no Gaúcho Restaurante.
Crédito da foto: Rivera Casino & Resort
Caso você não esteja a procura nem de jogatina, nem de badalação, tampouco de boa gastronomia e somente esteja em busca um bom quarto para dormir na fronteira, o local também é uma opção, já que possui suítes bem convidativas e confortáveis para o merecido descanso.
Não tive a oportunidade de me hospedar no hotel, mas fiz uma breve visita técnica antes de nosso jantar e gostei bastante do que vi, assim como, do serviço prestado. Por este motivo, focarei este texto em minha experiência gastronômica, mostrando rapidamente um dos quartos do local.
 
Cassino –
Como não é segredo pra ninguém, se tem algo que é proibido e deselegante fazer em um cassino é tirar foto de seus salões, principalmente, quando na imagem aparecer jogadores e clientes, que em nenhum momento autorizaram o clique. Por este motivo, colocarei abaixo uma das fotos retiradas do website do Rivera Casino & Resort para vocês terem uma ideia de como é.
Crédito da foto: Rivera Casino & Resort
O espaço é confortável, amplo (pouca coisa menor que o Conrad de Punta – tem post no blog) e elegante. Vale a visita, nem que seja pra uma simples jogada.
 
Gastronomia – 
Sugestão de nosso amigo e cicerone em Rivera, Ignacio Carrau (um dos herdeiros das Bodegas Carrau – uma das mais tradicionais do Uruguai), fomos conhecer o Gaúcho Restaurante, localizado no lobby do empreendimento.
Confesso que achei estranho um restaurante com uma gastronomia a la carte requintada ter seu restaurante aberto e no lobby, a poucos metros da recepção, mas sinceramente foi um incomodo momentâneo porque não me incomodou durante o jantar. Não sei se foi pelo fato de estar de costas para a recepção e para o fluxo ou por não incomodar mesmo.
Gostei bastante do menu proposto, das entradas, prato principal e sobremesa que pedi, recomendando de olhos fechados a vocês.
Entrada:
Pedimos aquele delicioso queijo uruguaio que vem derretido na frigideira que é de comer rezando e a bruschetta da casa que estava bem boa.
Prato principal:
Adoradora de peixes e frutos do mar que sou, não poderia deixar de provar o salmão, acompanhado de risoto de limão siciliano e camarões marinados. Foi a minha melhor pedida da noite. Estava divino!
Já os guris, foram em sua maioria no cordeiro com redução de Tannat, batatas recheadas e vegetais em tiras.
Sobremesa:
Em se tratando de Uruguai, a minha sobremesa não poderia deixar de ter doce de leite, mesmo que em formato de sorvete para acompanhar o brownie.
Vinho Bodegas Carrau que harmonizou nossa refeição:
Claro que uma vez com o Ignacio Carrau, não poderíamos de ter a mesa um de seus vinhos. Não é pelo fato dele ter nos ciceronado, não, mas foi mais uma boa escolha este Sauvignon Blanc harmonizado com a minha entrada e prato principal.
Hospedagem – 
Foi uma passadela em visita técnica pelos quartos e achei muito confortável, espaçoso e bem justo para a classificação 4 estrelas que possui.
Além dos quartos, visitamos o terraço que é point para os adoradores do por do sol ou que queiram simplesmente ver a cidade de um lugar mais alto, a sauna e as piscinas ao ar livre e coberta. Nada de muito especial ou que fuja do padrão proposto.
                                                                                              *****************

Informações gerais – Rivera Casino & Resort:

Endereço: Avenida 33 Orientales, 974/1010 – Rivera
Website: http://www.riveracasinoresort.com/
Caso queira reservar pelo Booking.com: http://www.booking.com/hotel/

Leia outros posts de Rivera e Santana do Livramento:

Le Carroussel – onde compras queijos, vinhos e embutidos em Rivera
Restaurante La Perdiz, Siñeriz Shopping – onde comer em Rivera com requinte
Onde ficar na fronteira do Brasil com o Uruguai? Santana do Livramento ou Rivera?
Chuí (Chuy) ou Rivera – Onde fazer compras na fronteira do Brasil com o Uruguai?

Leia outros posts sobre a Rota Farroupilha:

Guaíba, cidade berço da Revolução Farroupilha – o que fazer e onde comer?
Camaquã, o que fazer na Terra Farroupilha e capital do arroz parboilizado?
São Lourenço do Sul – o que fazer, onde ficar e comer na cidade balneário preferida do extremo sul
Rio Grande – o que fazer, onde comer e ficar na Noiva do Mar
São José do Norte – o que fazer, onde comer e ficar na cidade que termina a BR 101
Pelotas – o que fazer, onde comer, ficar e fazer compras na Capital Nacional do Doce
Piratini – o que fazer na Primeira Capital Farroupilha
Alegrete – o que fazer, onde comer e ficar na Terceira Capital Farroupilha
Caçapava do Sul – o que fazer e onde comer na Segunda Capital Farroupilha
Dom Pedrito – o que fazer, onde ficar e comer na cidade do Acordo de Paz
20 de setembro, Celebração dos Ideais Farroupilhas e minha homenagem aos gaúchos
Bagé – o que fazer, onde comer e ficar na Rainha da Fronteira
Vinícola Routhier & Darricarrère – não será só o vinho da Kombi que te conquistará

Agradecimento ao apoio:
– Ao Rivera Casino & Resort pelo jantar oferecido e pela simpatia pela qual fomos recebidos.

– Nosso roteiro gastronômico foi harmonizado com vinhos da Bodegas Carrau, presentes em todos os bons restaurantes de Rivera. Um agradecimento especial ao Ignacio Carrau que nos recebeu tão bem com sua simpatia e bons vinhos. 

 
Agradecimento aos patrocinadores da Rota Farroupilha:


O roteiro teve o patrocínio do escritório BCM Advogados e da Agropecuária Sallaberry , além do suporte do Sebrae Costa Doce e de algumas secretarias de turismo. A viagem usou como base o Caminho Farroupilha elaborado pelo Sebrae – RS e oferecido como pacote turístico pela Tchê Fronteira Turismo, de Bagé – RS.


O projeto Rota Farroupilha e seus envolvidos:

O projeto #RotaFarroupilha é um projeto dos blogs Territórios e As Peripécias de Uma Flor em parceria com os blogs Café Viagem e Mochilinha Gaúcha, que contou com as participações especiais do blog Andarilhos do Mundo e a jornalista Criz Azevedo.

                                                                         **********************
Gostou da dica? Saiba que você pode reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking), sem qualquer custo adicional, ajudando na monetização do conteúdo deste blog, através de uma pequena comissão, que cobre em partes os custos de sua manutenção e proporciona que eu viaje cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis para vocês.
 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)