Vaporetto, a forma aquática mais barata de conhecer Veneza
14/02/2017 2 comentários

Vaporetto, a forma aquática mais barata de conhecer Veneza

Em tempos de crise, muitas pessoas que vão a cidade deixam o romantismo de lado e optam por passear pelos principais canais de Vaporetto, a forma mais barata de conhecer Veneza, ao invés de fazer o tradicional passeio de gôndola por seus canais mais estreitos.

Eu, particularmente, incentivo a fazer os dois porque se gastou pra chegar até lá, por que não fazer? A gôndola é muito turística? Sim, é totalmente turística, mas tem seu encanto e suas vantagens.

Gondola_Veneza (12)

Minha experiência na gôndola neste link -> Passeio de gôndola em Veneza – romântico ou descolado?

Já o Vaporetto, em sua essência, nada mais é que um transporte público aquático, que possui estações espalhadas pela cidade. O descobri e decidi usá-lo por causa de um motivo muito curioso e típico de Veneza.

Vaporetto (1)

No primeiro dia na cidade, o que mais queria era andar de gôndola, visita a Basilica di San Marco, a Piazza San Marco e Palazzo Ducale. Pois bem, fiz tudo isso, mas por Veneza (Venezia, como costumo chamar) ser uma cidade labirinto a céu aberto e extremamente turística, parece que os italianos brincam com a nossa cara, colocando placas em todos os lugares possíveis, com indicações a Piazza San Marco, que não necessariamente darão lá.

Veneza_labirinto

Por que eles fazem isso? Simples! Pra você poder passar nas milhares de ruas de comércio de souvenirs, máscaras, restaurantes e afins. – Lembro que em um determinado momento, na busca pela Piazza San Marco, fui parar em um canal minúsculo e um italiano começou a me xavecar, perguntando se eu era casada etc etc. (eles são terríveis!)

Depois de ter descoberto o caminho das pedras, no dia seguinte, resolvi rodar com um dos meus amigos pela cidade e descobrir outras coisas (o terceiro elemento desistiu de ficar com a gente em Venezia porque ficou p…da vida com as placas que não levavam em lugar algum e foi para Modena…rs).

Veneza_mascaras

Foi aí que resolvemos nos arriscar a andar de Vaporetto. Compramos o passe de um dia e entramos na primeira estação que vimos. A embarcação estava abarrotada e não um espaço sequer para firmar a mão e não cair (me senti no metrô Sé pela aglomeração). Como não estava conseguindo ver nada além do que mãos italianas ao meu redor, fui ficando na embarcação até começar a respirar.

Depois do respiro, veio um espaço na parte externa e, dali a cidade e os canais de Veneza estavam, bem a frente dos meus olhos! Entrava e saía gente do Vaporetto e, a gente admirando a cidade, seus principais pontos e passeando, passeando, passeando, sem rumo até que chegamos em Lido.

Vaporetto (6)

Foi ali que uma agente do transporte aquático olhou para nós e disse: Vocês têm que descer agora aqui! Não pode ficar mais dentro do Vaporetto. – Naquele momento, nos olhamos com aquela cara: E, agora? – E, o agora foi conhecer outra cidade belíssima, mas este testemunho ficará para um outro post.

Ponto positivo do Vaporetto aos turistas:

Certamente e imbativelmente, o Vaporetto é a forma aquática mais barata de conhecer Veneza. Opte por comprar o ticket de um dia ou mais, dependendo de seus planos e do tempo que ficará na cidade, pois o custo de uma única viagem no transporte é bem caro.

Vaporetto (8)

Ponto negativo do Vaporetto aos turistas:

Gente, vamos lá! O Vaporetto é um transporte público como o metrô de NYC ou o ônibus de Londres e, normalmente, estará cheio de venezianos querendo se locomover pela cidade e turistas fazendo caras e bocas. Uma loucura!

Não adianta querer entrar nele vazio e esperando um guia que você não encontrará! O que encontrará na verdade é um aglomerado, tipo o do metrô da Sé próximo ao horário de pico, em suas principais estações. Será quase impossível achar um lugar para sentar e o jeito será ficar de pé até a estação desejada ou até vagar um lugar na embarcação.

Vaporetto (7)

Claro, que isso não ocorre todo o tempo e você poderá pegar algum vazio dependendo de onde estiver, mas não se anime muito.

Quanto custa o Vaporetto? 

EUR 7,50 por 75 minutos (ticket comum); EUR 20 por 24 horas (ticket turístico).

Informação de extrema importância para quem vai andar de Vaporetto

É necessário validar o ticket antes de entrar na embarcação. Não há cobrador dentro do Vaporetto e, caso você entre nele sem validar o seu ticket ou já tiver vencido o tempo de uso, além de você ter que pagar uma multa salgada se for pego, pode ter problema para se explicar com as autoridades, ainda mais a um guarda italiano crica.

Preste muita atenção neste item não só em Venezia, mas em muitos lugares da Itália.

Vaporetto_entrada

Gôndola ou Vaporetto, qual é melhor?

São propostas completamente diferentes. A gôndola, além de ser mais turística, passa por canais estreitos que você não passará com o outro transporte e pode ter aquela tal “musiquinha” personalizada a você.

Já o Vaporetto é mais barato, mas não tem o conforto de uma gôndola, tampouco a oportunidade de falar por onde quer passar e de quebra brindar aquele momento.

Gondola_Veneza (2)

Sinceramente, aconselho fazer os dois porque são duas experiências únicas e típicas na cidade.

Existem outras formas de transporte aquático?

Sim, há outras formas. Uma delas, carérrima e chiquérrima por sinal, é o táxi aquático. Você perceberá que, são em sua grande parte luxuosos e, quando for perguntar quanto custa para andar nele, prepare o banquinho. Pode lhe custar uns EUR 150,.

Taxi boat

Há também uma leva de táxis aquáticos que são mais modestos e que têm o preço mais em conta. Você perceberá só de olhar a diferença entre o chique e o modesto. Este último, é muito utilizado por quem quer chegar ao hotel de forma mais rápida e sem o perrengue de andar pelas “ruas e labirintos pedregulhos” de Venezia com as malas.

Gostou da dica? Seja mais um leitor parceiro e ajude a gente também! 

Precisa reservar seu hotel ou hostel? Se você reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking) ou qualquer outro serviço através destes links de comparativo de seguro viagem, chip internacional de celular ou aluguel de carro sem IOF, além de não te custar nada a mais, ajudará na monetização do conteúdo, através de uma pequena comissão que receberemos.

Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará que viajemos cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis.

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)