Sera que você é Nerd, Geek ou Otaku? Descubra aqui!

Sera que você é Nerd, Geek ou Otaku? Descubra aqui!

Aqui no blog não sou o único ser das espécies, mas acabo sempre levando a fama. Por isso, resolvi explicar o que é e qual é a diferença entre Nerd, Geek e Otaku?! Sei que depois deste texto Gardens e companhia vão negar que são nerds, mas cá pra nós, todos são e não perceberam quão são…rs

Já adianto que a regra é simples! Todo Geek é Nerd, mas nem todo o Nerd é um Geek! O mesmo vale para os Otaku. Se você for Otaku, é nerd, mas nem todo o nerd é Otaku.

Mas o que diabos é um nerd?!

O primeiro registro do termo “nerd” foi numa obra do Dr. Seuss (aquele do Gato da Cartola mesmo) no livro If I Ran the Zoo (1950) em que o narrador Gerald McGrew diz que vai capturar para o seu zoológico algumas criaturas imaginárias de Ka-Troo: “And then, just to show them, I’ll sail to Ka-Troo/And Bring Back an It-Kutch, a Preep, and a Proo,/A Nerkle, a Nerd, and a Seersucker too!”

Em 1951, acabou virando uma gíria sinônimo de Drip ou Square (Square é o nosso popular “Quadrado” mesmo, Drip é algo como socialmente inepto). Daí nos anos 60/70, essa gíria antiga foi fundida com a Knurd (drunk (bêbado) ao contrário). Seu uso foi difundido em ambientes como o MIT em 1965 onde o termo Nurd era usado satiricamente para dar nome a um personagem, numa “reportagem” satírica de algum grêmio etc. 

Daí lá em 1973, Phillip K. Dick (Yeah! O autor que inspirou Blade Runner, Minority Report e Total Recall) reclama que foi o primeiro a associar o termo Nerd a um personagem altamente inteligente, mas socialmente inepto. Depois disso, o personagem foi tomando a forma difundida nos anos 80, do cara inteligente, nada popular, nem na forma física, nem na escolha do que vestir e que não consegue ter o minimo de interação social.

Bom, isso mudou a partir do boom da informática e, cada vez mais o nicho e o ciclo que ninguém queria estar foi se tornando mais visível, se tornando motivo de orgulho, de ser legal, ser mais inteligente que os outros etc. Todos aqueles seres que ficavam em um cantinho só deles porque eram incompreendidos e tratados como esquisitos tiveram reconhecimento e ascensão em seus ciclos sociais.

O bullying sofrido durante anos e anos virou sinônimo de vantagem e, por isso, ser nerd hoje é legal! Quem passou pela fase ruim sabe como é ser nerd quando isso não era legal, como eu aqui. Infelizmente, muito do lado ruim do nerd aflorou nessa transformação, muita xenofobia e outros preconceitos sofridos foram revertidos, mas isso é assunto pra outro post.

Agora que você sabe de onde veio o termo e que é legal ser nerd…

Será que sou um nerd?! Como saber?

Nerd é todo aquele que consome cultura! Seja ela pop ou não, tendo alto interesse por algum tema, seja livros, música, cinema, quadrinhos, jogos e afins. Quando digo cultura é cultura como um todo, astrofísica, matemática (ok, é o padrão do arquétipo) etc.

Se você se identificar como fã de heavy metal e conhece 50 bandas da Noruega ou adora pagode e manja de todas as bandas dos anos 90…sinto informar, mas isso é muito nerd! Como isso, você deve ter percebido que a definição vale para tudo, até para aquela sua amiga que manja tanto de moda que conhece todos os estilos desde 1800 até o que saiu semana passada. Rá! 😉

E o que é o Geek? Será que sou?

O Geek é uma vertente do nerd, que depois derivou para o hipster no modo de se vestir. Resumidamente, a definição vem de “geck”, termo antigo para “fool ou freak”.

O Geek é o nerd tecnológico, ora inventor ora programador e para quem você perguntará sobre informática e esperará que ele saiba muito de tecnologia.

E o que é Otaku?

Otaku é o termo usado para os super fãs de Anime e Manga. Vem do japonês (obvio, né?) usado metaforicamente como um pronome honorífico, que foi adaptado para um personagem comum nas narrativas orientais os “fãs ardentes” dentro das próprias histórias) e como fã é fã rapidamente se tornou apelido para fã da cultura oriental.

Então descobriu se você é Nerd, Geek ou Otaku?! Respira fundo, pois isso não muda nada. Você felizmente não vai passar por um Big Bang Theory e virar um idiota…rs! Um dos motivos que odeio essa série, por sinal…, mas o assunto de séries nerds fica para um próximo post.

 

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.