O poder da diversificação dos investimentos perante a crise

O poder da diversificação dos investimentos perante a crise

Não poderia fazer algo diferente no texto de hoje a não ser comentar sobre o que aconteceu na semana passada com a política e como isso influencia na economia. O que ocorreu no dia 17/05/2017 dia que vai entrar para história do nosso país.

Deixando a história bem resumida, sabe-se que na última quarta feira, o empresário brasileiro e um dos donos da JBS – Joesley Batista acusou o presidente Michel Temer de comprar o silêncio do ex deputado Eduardo Cunha através de uma gravação apresentada a Polícia Federal.

Mas o que isso afeta na economia, Fon?

Há diversos cenários que podem acontecer na política, dependendo do rumo que essas acusações levem: impeachment, renúncia do presidente, reforma da previdência, cassação, reforma trabalhista etc. Dentre os possíveis cenários, seja qual for, atingirá diretamente a nossa economia e pode ser muito dolorido, mas vamos deixar para um especialista falar melhor sobre o assunto. O ponto que quero destacar aqui é o poder da diversificação dos investimentos em momentos como esse.

Para deixar bem exemplificado, vamos supor que um dia antes de vir essa notícia, você dispõe do montante de R$7.000,00 e distribui em alguns investimentos e, logo no dia seguinte, com medo da incerteza do mercado, decide vender tudo.

Vamos ver na tabela abaixo o poder da diversificação através do resultado financeiro:

1. Cotação do ouro obtida da Parmetal DTVM. 2. BOVA11 é um ação que acompanha o Ibovespa. 3. Dólar comercial e Euro obtidos do UOL Economia. 4. Dados dos títulos de renda fixa obtido do Tesouro Direto.

Nota-se o poder da diversificação nesse investimento, pois mesmo o país tendo esse choque econômico de um dia para o outro, a diversificação possibilitou um rendimento de 1,43%. É importante ressaltar que caso o montante fosse aplicado em um único ativo, poderia ter um ganho de até 10,42% ou uma perda de até 8,66%. Neste exemplo, fica claro que a diversificação é algo muito importante e deve ser considerada em seus investimentos.

Além disso, o investidor deve adequar e distribuir os montantes em cada investimento de acordo com o seu perfil de risco, cabendo a escolher quanto colocar em renda fixa e o quanto em renda variável. O exemplo e montante acima foi uma forma ilustrativa de demonstrar ganhos e perdas e deixar o exemplo o mais didático possível.

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)