Vale a pena investir em ouro?

Vale a pena investir em ouro?

Uma dúvida muito comum no momento de alocar os recursos é se ainda vale a pena investir em ouro. Apesar do metal ser extremamente precioso e um dos primeiros elementos a ser descoberto pelo ser humano, o ouro já não desperta tão mais o interesse dos investidores por conta da praticidade de investimentos direto na plataforma das corretoras e maior rentabilidade destes produtos.

Entretanto, o ouro não é um investimento qualquer e simples de entender como os ativos disponíveis no Brasil (Tesouro Direto, LCI, debentures, etc). Primeiro, quem deseja investir em ouro não deve investir pensando em valorização, mas sim o vendo como um ativo de proteção (hedge), principalmente, em momento de turbulência econômica, como a que estamos passando agora. É o típico investimento porto seguro de longo prazo e que deve ser considerado em sua diversificação de investimentos.

Onde comprar e quais os meios de investir em ouro?

  • Contratos futuros negociados na B3 (antiga BMF&Bovespa)

A bolsa de valores disponibiliza 3 tipos de investimentos: 250 gramas (lote padrão); 10gramas e 0,025 gramas (lotes fracionários), podendo ser adquiridos através das corretoras de valores, que disponibilizam a compra e a liquidação dos contratos atrelados ao metal.

  • Barras de ouros através de distribuidoras

Para quem não deseja abrir uma conta em uma corretora de valores e deseja comprar direto, é possível adquirir barras de ouro através de distribuidoras autorizadas, como a Parmetal DTVM, Ouro Minas DTVM etc.

Através dessas distribuidoras autorizadas, é possível efetuar a compra do metal a partir de 1 grama e mantê-lo em custódia junto a empresa. Caso adquira 10 gramas ou mais, há a possibilidade de solicitar a entrega do material em sua residência.

  • Mercado Informal

Para quem caminha nas grandes cidades, encontra diversos cartazes de compra e venda de ouro. Provavelmente, esse mercado possui valores mais atraentes do que comprar na bolsa de valores ou com distribuidores, entretanto, o risco é muito maior, tendo em vista que não dá para saber se o processo de purificação na fundidora foi feito de forma correta, já que normalmente tal mercado não possui ou emite certificado de autenticidade na grande parte das vezes.

  • Fundos de Capital

Vários bancos e instituições financeiras já oferecem a possibilidade de investir em fundos de capital protegido que repassam a variação do ouro. Uma vantagem de se investir nesses fundos é que caso a cotação do ouro caia drasticamente, o investidor está com uma parte do seu capital protegido. Todavia, esses mesmos fundos podem cobrar taxas muito elevadas que podem impactar na sua rentabilidade final , já que o ouro não possui tanta volatilidade.

  • Jóias

Talvez o jeito mais conhecido de se aplicar em ouro, pois é vendido em diversos estabelecimentos. Entretanto, na hora que compra uma joia, você também está pagando pela mão de obra do joalheiro. o que pode comprometer ou melhorar grande parte da sua rentabilidade, uma vez que há inúmeras variáveis (renome, marca, design etc).

Quais os riscos de investir em ouro?

De uma maneira geral, como disse no inicio do texto, o investimento em ouro não é algo simples, pois a sua cotação depende da demanda e oferta do mundo inteiro. Além deste fator, no Brasil temos que somar ainda a influência da volatilidade do dólar.

Claro que cada meio de investimento tem a sua peculiaridade. Se você opta pela compra de ouro através de uma distribuidora e deseja levar a barra para sua casa, você corre o risco de ser roubado, por exemplo.

Muitos países possuem grande parte de suas reservas em ouro e, caso aconteça alguma tensão política (como a que esta acontecendo entre Coreia do Norte e Estados Unidos) que resulte em guerra, pode ser que haja a necessidade da utilização das reservas de ouro, fazendo a cotação ir lá para cima.

Além disso, o investimento em ouro é algo essencial em sua carteira para que você esteja protegido de qualquer possível crise, seja nacional ou internacional. Só não recomendo mais que 10% do total da sua carteira, tendo em vista que existem investimentos muito mais rentáveis.

Lembre-se sempre: Ouro é proteção.

Um abraco,

Fon.

Crédito da imagem de capa: https://pixabay.com/p-163519/?no_redirect

 

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.