Os alimentos mais saudáveis do momento pra você incluir já no seu cardápio!

Os alimentos mais saudáveis do momento pra você incluir já no seu cardápio!

Você sabe quais são os alimentos mais saudáveis do momento pra você incluir já no seu cardápio? Nesse post, deixarei você por dentro das últimas tendências!

É natural que de tempos em tempos alguns alimentos entram na moda enquanto outros somem ou são até mesmo, sacrificados. Nesse vai e vem, assim como na moda, às vezes ficamos perdidos para identificar o que realmente é bom, não é mesmo?

A evolução da ciência tem ajudado muito a entender o funcionamento do organismo e os impactos que cada alimento proporciona, e a cada dia que passa fica mais fácil realizar essa difícil tarefa de separar o joio do trigo. Então, sem delongas, vamos logo ao que interessa: quais são os alimentos saudáveis que estão em alta?

Kefir

O Kefir é um alimento vivo, trata-se de uma bebida fermentada à base de leite e com sabor mais ácido que o iogurte. Sua fermentação é feita a partir de uma colônia de bactérias, chamados grãos de kefir, que se alimentam do açúcar (a lactose) do leite. Estes grãos não são industrializados, e por isso é necessário procurar alguém que tenha a colônia para doar.

Tem feito tanto sucesso que hoje em dia já existem bancos de doadores que você encontra pela internet ou em grupos do Facebook. O kefir é muito mais que um iogurte, pois enquanto o iogurte possui entre 10 a 14 tipos de bactérias, o kefir pode ter até 40 diferentes tipos de bactérias, ou seja, são milhões de probióticos ajudando a regular sua flora intestinal. Sua ingestão turbina a imunidade, age diretamente na saúde respiratória, combatendo e aliviando alergias, resolve os problemas intestinais, melhora articulações, diminuir o LDL (colesterol ruim) e ainda tem efeito contra a ansiedade e a depressão. Eu tenho a minha colônia há algum tempo e posso afirmar, serão meus amigos para o resto da vida! Se quiser saber mais sobre os benefícios de um dos alimentos mais saudáveis do momento, o kefir, clique aqui !

Sorgo

Eu também nunca tinha ouvido falar, até que me deparei com uma postagem de um nutri no Instagram e fui fuçar sobre o assunto. Digamos que seja um concorrente direto da quinoa, ou seja, mais um super alimento. É um grão sem glúten que pode ser adquirido em forma de pipoca ou como farinha ou flocos para ser adicionado a bolos, tortas ou também em shakes, sendo que seu sabor vai bem com doce ou salgado. Tá na moda porque é rico em fibras e proteínas (Alô, praticantes do low carb!). Também é carregado de magnésio, fósforo, e ferro, além de vitaminas do tipo B (niacina e B6). Veja aqui alguns benefícios do sorgo !

Grãos germinados e brotos

Mais um alimento vivo. A ideia é germinar os grãos e sementes, podendo ser feito em casa mesmo. Basta saber o tempo de germinação de cada grão, feijão, noz ou sementes que irá preparar. – Mas qual é o motivo de germinar os grãos? Porque o grão vivo tem maior valor nutricional, resultando em mais fibras e mais nutrientes, como proteínas e vitaminas, além de ser de mais fácil e rápida digestão (e ainda evita gases rss). O fato de deixarmos os grãos de molho, elimina os anti nutrientes (que atrapalham a absorção dos nutrientes) como o ácido fítico, por exemplo. Não sabe como germinar? Não tem segredo, tem vários sites que ensinam como este link!

Grãos germinados vem turbinados de nutrientes! Foto: Jardim do Mundo

Proteínas vegetais

Não tenho dúvida de que é um tema polêmico, mas que vem crescendo notoriamente, seja pela questão ambiental, que almeja diminuir o impacto no planeta da criação de gado, seja pelo lado da proteção e respeito aos animais, ambos aliados aos estudos científicos cada vez mais frequentes que comprovam que uma dieta vegetariana também pode ser muito saudável. De acordo com  um estudo de Harvard,  comer mais proteína vegetal e menos proteína animal pode colaborar para uma vida mais longa e mais saudável. Por isso, termos como reducetarianos, flexitarianos e projetos como #segundasemcarne são cada vez mais frequentes e  disseminam a tendência de redução do consumo de proteína animal.

Reduzi bastante o meu consumo e passei a incluir no meu cardápio itens como cogumelos, grão de bico, dosas de quinoa, ervilhas e todos os tipos de feijão. Como eu sempre digo por aqui, acredito que o caminho é o equilíbrio, pois qualquer alimento em excesso pode ser prejudicial à saúde.

Pra terminar, você sabe o que significa deixar de consumir 1 kg de carne ?

Olha só a economia que você pode fazer ao trocar a carne em 2 refeições na semana! Foto: Segunda sem carne

Cúrcuma

Outra alternativa rica em antioxidantes e com grande ação anti inflamatória e anticancerígena, previne doenças como gastrite, artrite reumatoide e problemas cardiovasculares, pois auxilia na redução do colesterol. Eu uso todos os dias para temperar meus ovos no café da manhã ou polvilhar sobre os legumes e vegetais e até para temperar o frango. Aqui um bom artigo sobre os benefícios da cúrcuma.

Chufa, tiger nuts ou junça

É o mais novo hype da alimentação saudável. Rico em fibras e sem glúten é uma raiz oriunda da África e muito cultivada atualmente na Espanha. A tiger nuts é rica em ferro, potássio e fibras e tem o dobro de proteínas de sua prima, a batata-doce: 100g de chufa ou junça tem entre 3 a 4 gramas proteínas enquanto a batata tem aproximadamente 2g nas mesmas 100g. Outro benefício da chufa são as gorduras monoinsaturadas (as mesmas do azeite e do abacate) que são extremamente benéficas para o organismo, ajudando no controle do colesterol. E tem mais, suas fibras são do tipo amido resistente, um prebiótico  que não é digerido, chegando intacto ao intestino para nutrir a flora microbiana (xô prisão de ventre). Suas fibras dão saciedade e portanto é um ótimo alimento pra quem precisa seguir dieta com restrição calórica.

Quem é intolerante a castanhas pode consumir! Já tem snack tipo pipoca nas prateleiras também! Foto: empoweredsustenance

Castanha de baru

Eu conheci através da Bela Gil, pois ela inclui a farinha nas preparações de bolos e tortas. É uma oleaginosa muito rica em ferro, zinco, selênio e fibras, sendo conhecida por auxiliar na memória e na melhora a libido (opa!) e no trânsito intestinal. Por conter ótimas quantidades dos ômegas 6 e 9, combate doenças como  hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, câncer, e ainda tem função antioxidante (longevidade minha gente!).

 Gorduras boas

Acredito que todos aqui sabem que gorduras são essenciais para nossa saúde. Ajudam na saciedade, melhoram o paladar, são fonte de energia e são fundamentais no equilíbrio hormonal, na saúde do cérebro e na absorção de vitaminas importantes, como a vitamina D. Até mesmo a gordura do leite vem sendo desmistificada, pois contém naturalmente ácidos graxos trans, como o CLA (ácido linoleico conjugado). Pesquisas recentes indicam que o CLA reduz o risco de doenças cardíacas e previne o câncer. Quem aí já reparou que iogurtes integrais e manteiga tem aparecido com muito mais frequência nos cardápios de muitos nutricionistas? Quem prefere seguir a linha mais tradicional, pode optar pelo óleo de coco, pelo tão tradicional azeite e pelas oleaginosas!

E aí, gostaram das novidades e de conhecer os alimentos mais saudáveis do momento? Espero que sim! Mas antes de incluir, retirar ou substituir qualquer alimento da sua rotina alimentar é sempre importante consultar um nutricionista, pois é ele que pode avaliar suas necessidades nutricionais e assegurar uma dieta adequada!

Saúde pra todos!

Foto da capa: emagrecereviver.com.br

Seja um leitor parceiro! Faça suas reservas aqui pelo blog

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.