A pior recessão do Brasil está ficando pra trás?

A pior recessão do Brasil está ficando pra trás?

O Brasil está passando pela pior recessão da sua história. Não bastasse o país estar sofrendo com a sua economia, sofre também com uma crise política. Os dados que haviam sendo divulgados mostravam que a crise econômica estava andando lado a lado com a crise política, entretanto, novos dados demonstram que a economia está querendo começar a engatinhar, enquanto a crise política perdura.

Segundo o Ministério Público, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregaos(Caged), divulgado em 09/08/17 o país criou 35,9 mil vagas no mês de julho/17 sendo a primeira criação de empregos para o mês de julho desde 2014. Quando fala-se que o país criou emprego em um mês, iso significa que o número de contratações foi superior ao número de demissões, ou seja, em julho contratou-se 35,9 mil pessoas a mais do que se demitiu.

Além disso, o país acumula 103,2 mil contratações no ano de 2017. Abaixo podemos ver o saldo de contrações nos últimos 12 meses.

Gráfico 1 – Saldo de empregos nos últimos 12 meses. Dados disponíveis aqui.

Outro indicador importante a ser discutido é a taxa de desemprego, que encontrava-se em 10,9% no mês de março de 2016, teve seu ponto de máximo em março de 2017 registrando 13,7% e desde abril vem reduzindo, alcançando a marca de 13% em junho de 2017, conforme gráfico abaixo (Obs: Os dados referente a julho ainda não foram divulgados).

Gráfico 2 – Taxa de desempregados. Dados disponíveis aqui

Nota-se que os dados ainda são recentes e conforme informado no início do texto, a economia parece querer começar a engatinhar. Entretanto, ainda é muito cedo para poder confirmar que a taxa de desemprego continuará em queda ou que serão criados mais trabalhos formais.

Ficou alguma dúvida? Deixa seu comentário aqui.

Um abraço,

Fon

 Foto de capa: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/99/Carteiradetrabalho.jpg

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)