Como ir de Buenos Aires a Colonia del Sacramento?

Como ir de Buenos Aires a Colonia del Sacramento?

É praticamente inevitável colocar no roteiro ao menos um bate volta a Buenos Aires quando fazemos uma road trip pelo Uruguai. A facilidade de chegar via Colonia del Sacramento convence qualquer um nem que seja por um único dia para conhecer bem por alto ou matar as saudades da terra do tango. O caminho inverso é (ainda mais) verdadeiro também, já que deixar reservado um dia entre alguns em Buenos Aires para ir à Colonia del Sacramento também é uma excelente pedida.

Já fui algumas boas vezes a Buenos Aires, mas nunca tinha feito este trajeto saindo da pequenina e simpática Colonia del Sacramento. Resolvi fazê-lo da última vez que viajei pelo Uruguai e bora lá para as minhas dicas para que encaixe em seu roteiro também.

Como ir de Buenos Aires a Colonia del Sacramento ou Colonia del Sacramento a Buenos Aires?

Como o que separa as duas cidades e tal divisa da Argentina com o Uruguai é o Rio da Prata, a única forma de chegar de uma ponta a outra é marítima. Há diversas empresas que comercializam o trajeto de Buenos Aires a Colonia del Sacramento ou Colonia del Sacramento a Buenos Aires (ou até mesmo Buenos Aires a Montevidéu e vice versa). Com isso, fica a seu critério decidir se você quer conforto, quer o preço mais enxuto ou tanto faz.

Quando eu fui, pesquisei todas as opções na internet e como é uma travessia muito curta (cerca de uma hora e meia em catamarã rápido, quando não há carro), entendi que não havia qualquer necessidade de colocar muito dinheiro nisto. Levando este fator em conta, decidi junto com os meus amigos a compra a passagem mais barata disponível na época, deixando o carro em Colonia del Sacramento e me locomovendo na capital argentina de táxi, metrô, ônibus e afins.

Quanto custou e quanto tempo leva o trajeto Buenos Aires a Colonia del Sacramento e vice versa?

O valor da passagem ida e volta custou na época R$ 250,. Aqui, muito cuidado no momento da compra. Pesquise o preço pelos sites argentino e uruguaio, pois o uruguaio costuma ter o preço inferior e coloque a categoria “turista”. Pelo site verá também que tem opção de bate volta, com tour, com hospedagem e afins. Resumindo: o céu não é o limite por lá…rs

Hoje fiz uma busca rapidamente agora pouco e vi o trecho ida e volta, com taxas inclusas R$ 85, mais caro no site argentino. – Os valores nos sites são em pesos argentinos e uruguaios. Atente-se para isso também no momento da compra.

Se você for em catamarã sem carro, o trajeto levará 1 hora e meia. Caso opte pelo transporte com carro, o trajeto levará cerca de 3 horas. – Ah…, mas como saberei se tem carro ou não? Escolha o tipo de embarcação “sin bodega”, caso queira ir no trajeto mais rápido. – Ah…, mas quero atravessar de carro. Vai lá e escolha “auto, moto e afins” (é bem didático). Quando você optar em atravessar com seu veículo, verá que o custo será superior a sua passagem individual, ou seja, coloca na conta isso para fazer a sua decisão.

Com qual empresa? 

Fechamos a passagem diretamente pela internet com a empresa Seacat, que é uma espécie de “low cost”. A embarcação, como esperado, não era lá grandes coisas, não havia qualquer serviço de bordo, mas não me importei nem um pouco porque o meu foco era preço e não qualidade absoluta do serviço prestado pela empresa.

Tem pessoas que preferem a Buquebus, que é mais tradicional, mais confortável e tem mais saídas, mas novamente, vai do que é melhor pra você em questões de conforto x orçamento pra isso.

Dá para fazer a travessia com carro próprio?

Sim, é possível atravessar com o seu carro. Precisa somente colocar na balança a questão do custo adicional da passagem, estacionamento em Buenos Aires etc.

Se não for de carro, tem como deixar em um estacionamento em Colonia del Sacramento?

Sim, é possível deixar o seu carro em um estacionamento próximo ao local de embarque ou se o hotel/pousada que estiver hospedado na cidade for em uma rua tranquila, você pode até deixar o seu carro na rua e pegar um táxi até o ponto de partida. Foi o que fizemos, já que dormimos uma noite antes e uma depois de Buenos Aires em Colonia del Sacramento.

Se optar ir sem carro, também tem que colocar no papel o custo com táxi. Uma dica aqui é ficar hospedado perto da Calle Florida que é mais próxima de tudo. Nós ficamos em Palermo, que é mais afastado e, consequentemente, nos custou mais nas corridas de táxis, quando a fizemos.

Imigração na travessia de Buenos Aires a Colonia del Sacramento e vice versa

É necessário fazer o processo de imigração na ida e volta e é demorado por conta da fila e fluxo de pessoas. Por conta disso, vá com bastante antecedência e não se assuste se não forem simpáticos contigo nos dois lados, mas tem free WiFi no terminal uruguaio, pelo menos…hahahahaha

 

Bagagem

A bagagem funciona como a de um avião. Você a retirará após o desembarque, mas como a saída da embarcação é demorada, muito provavelmente sua mala chegará na esteira bem antes que você. Por conta disso, deixe-a personalizada e com a sua cara para fácil visualização e evitar eventuais contratempos.

O que aconselho nesta rota de Buenos Aires a Colonia del Sacramento?

Sinceramente, não gaste dinheiro com a passagem na travessia e vá sem carro para ter mais liberdade. Dá tranquilamente para utilizar transporte público e táxi em Buenos Aires facilmente. Somente tenha noção de quando é o valor do táxi ou do transporte da chegada até o seu hotel ou atração que vai visitar com antecedência para não ser levado na lábia dos taxistas argentinos.

Também tenha contigo pesos argentinos. Não invente de trocar dólares com eles, por favor…rs – Isto eu expliquei mais detalhadamente no post da rota de carro saindo de Porto Alegre, neste link -> clique aqui para ler

Leia todos os posts e dicas do Uruguai! Clique aqui para ler o conteúdo.

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)