Guarda-roupa por intenção de uso, será que faz sentido?

Guarda-roupa por intenção de uso, será que faz sentido?

Quem de vocês tem uma divisão no guarda-roupa entre peças para trabalhar e peças para passear? E quantas de vocês quando vão sair acham que só tem roupa para trabalhar ou vice-versa ? Se você respondeu sim (ou “eu”) a qualquer uma dessas perguntas é porque, assim como a grande maioria, divide seu guarda-roupa por intenção de uso e esquece de conecta as peças entre si. Por isso, hoje quero conversar com vocês sobre o tema. Vamos lá?

Bom, se por um lado ter uma divisão pode fazer com que uma peça dure mais, já que a usará apenas para um único fim, por outro lado, perderá inúmeras oportunidades, sabe por quê? Pelo simples fato de que misturando suas peças, ampliam-se as possibilidades de uso, o que multiplica seu guarda-roupa e cria looks muito mais interessantes.

Um outro benefício dessa quebra de divisão (e que temos o Fon aqui para provar isso!!) é aumentar o custo x benefício das peças em relação à compra, afinal ela será muito mais aproveitada.

Foto: arquivo pessoal Fran Galvão

Claro que é preciso cuidado e adequação, principalmente, quando aquela peça “para sair” for passear no escritório. Realmente, existem peças que não transitarão à vontade por todo o nosso dia a dia. Para ter um guarda-roupa inteligente é preciso ter essa ciência, entender o seu dress code profissional (que mesmo que não esteja declarado, ele existe sim!) e analisar a comunicação não-verbal de suas peças para poder “brincar” com elas.

Em outras palavras, conectar peças de diversas intenções gera economia e um estilo muito mais interessante. Vamos às inspirações e exemplos:

Aquela sua saia lápis preta, poderosa, clássica pode ir com você do escritório ao final de semana, com tênis para o dia e com salto e ciganinha à noite.

 

Foto criação Fran Galvão

E que tal a saia plissada multicores com uma blusa cachequer ou camisetinha? Os complementos como sapatos e bolsas também ditarão a bossa do look.

Foto criação Fran Galvão

A calça do momento, o modelo clochard (que já falamos AQUI) também permite que os complementos ditem o estilo e transita muito bem.

Foto criação Fran Galvão

Aquelas peças que julgávamos sociais e com carinha de escritório, como a camisa branca ou o blazer, podem empoderar a minissaia jeans e enriquecer o look do fim de semana.

Foto criação Fran Galvão

Que tal? Gostam da brincadeira? Acho que vale a pena tentar misturar as intenções, não acham?

Me contem!!

Um beijo e até a proxima semana

Santè!

Fran Galvão

@fran.galvão

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)