Poutine, o trash food canadense que é amor a primeira garfada!

Poutine, o trash food canadense que é amor a primeira garfada!

Já ouviu falar nisso? Afinal, o que é poutine? Bom, para quem nunca comeu tampouco ouviu falar, trata-se de um trash food típico e originário da província de Québec que você não pode deixar de provar quando estiver por lá. Confesso que sou uma apaixonada por este pé na jaca e não tem como não comer ao menos uma vez quando estou na única província french canadian.

Como a porção de poutine (pronuncia “putine”) é generosa, você pode tranquilamente almoçar esta delícia e ficar super bem, já que é feita com batatas fritas e cobertura de queijos frescos (o original é feito com queijos frescos e típicos da província) misturada com molho gravy.

Se me perguntar onde é bom comer poutine em Québec City, minha resposta imediata será no Chez Ashton, lanchonete trash food que tem esta delícia nos tamanhos pequeno, normal e grande. Se for moçoila e estiver com uma fome nada exagerada, peça a porção baby que já será suficiente. O importante para é comê-lo ainda quente para sentir todo o sabor da mistureba.

 

Caso vicie em poutine, como eu, e estiver rodando pela província, fique tranquilo que tem esta jacada em todos os cantos. Só não posso afirmar que será tão bom quanto o do Chez Ashton… – Nesta última viagem ao Canadá, por exemplo, comi um em Charlevoix que me arrependi, Além de frio, não estava saboroso, mas ok, valeu a tentativa…

Replicar a receita de poutine em terras brasilis é algo impossível, já que não há o mesmo queijo utilizado na versão original por aqui, mas dá para fazer uma adaptação bem mequetrefe com queijo branco, por exemplo. Além disso, o molho também não ficará igual, mas fazer o que se a vontade apertar, né não?

Como não sou a Mari, a nossa chef do Não Pira, Desopila, nem de longe me arriscarei a colocar uma receita por aqui, mas em contraparte, pesquisei na internet e achei a mais próxima, sem muitas adaptações ou acréscimos de coisas que não tem nada a ver com o poutine original. Confira a receita do site Virei Canadense e tente fazer em casa tal adaptação.

Gostou da dica? Seja mais um leitor parceiro e ajude a gente também!

Precisa reservar seu hotel ou hostel? Se você reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking) ou qualquer outro serviço através destes links de seguro viagem com comparativochip internacional de celular entregue em casa ou aluguel de carro parcelado e sem IOF, além de não te custar nada a mais, ajudará na monetização do conteúdo, através de uma pequena comissão que receberemos. – Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking, entre novamente pelo link do blog para fazer a nova reserva, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva

Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará que viajemos cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis.

Au revoir,

Gardens!

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)