O que fazer no Rio de Janeiro pela primeira vez?
28/02/2015 1 comentário

O que fazer no Rio de Janeiro pela primeira vez?

Não é novidade para os que me conhecem ou que me acompanham pelo blog e redes sociais que sou uma paulista, paulistana apaixonada pelo Rio de Janeiro. Por isso, nada melhor que escrever no blog sobre o que fazer no Rio de Janeiro na primeira vez.

 
A cidade me remete a tantos bons momentos lá vividos, que não poderia deixar de prestar a minha homenagem. Em invés de escrever, escrever e escrever dicas e mais dicas longas sobre a Cidade Maravilhosa, resolvi mostrar em fotos e em fatos e curtos insights, o Rio de Janeiro aos meus olhos.

Cristo Redentor

Quem chega ao Rio via Santos Dumont tem duas emoções. A primeira é ver um de seus cartões postais do alto, a outra, o frio na barriga na aterrissagem raspada no mar.

Mas a gente não se contenta com o visual do Cristo ao olhos da janela do avião. É quase que obrigação ir até o Corcovado, pegar aquela fila enorme para comprar o ingresso e adentrar no trem. Além disso, aguentar aquela turma do samba no trenzinho que sobe ao topo. Tudo, só para ver o visual lá de cima e o monumento mais soberano e imponente da cidade.

Bondinho/Pão de Açúcar

Se o Cristo é parada obrigatória no Rio, andar de bondinho também é. A ida ao Morro da Urca e afins de bondinho é outro daqueles pontos turísticos que dói no bolso o ingresso, mas que não tem como deixar de ir. Admirar toda a beleza do Rio e da Baía de Guanabara é praticamente obrigatório.

Já fui algumas vezes lá e a experiência é sempre diferente, o olhar vê uma diferente beleza, sempre.

A primeira vez que fui ao Rio tive muita sorte. Fui a trabalho e, além de ter descido em Santos Dumont, o prédio em que trabalhei tinha nada mais nada menos que o visual do bondinho. Era eu olhar pra frente que via aquela belezura subindo e descendo. Ou seja, algo pra guardar na memória, pra sempre!

Leblon e sua praia

Quando o assunto é lugar para ficar e praia para ir, tenho uma profunda queda pelo Leblon. Andar pelas ruas do bairro me remete ao clássico do Rio e ao espiríto carioca. Aquele lance de sair da praia e parar em algum lugar para tomar um chopp de biquini, canga e chinelo mesmo, sem ninguém te olhar com caras e bocas é tudo de bom.

Sei que é um dos metros quadrados mais caros da cidade, mas não frequento o bairro por isso. Frequento porque gosto do ar descontraído, pela forma de seus moradores tratarem um artista/celebridade (é só mais um andando no bairro), assim como, pela sua praia. A mais tranquila para frequentar na Zona Sul, mesmo naqueles dias em que o bicho pega. Dias em que o Rio está abarrotado (exceto Ano Novo que é tão impossível quanto Ipanema e Copacabana).

Assistir ao por do sol no Arpoador 

Não é à toa que todos os dias temos palmas para este por do sol, né não?

Bracarense

Não existe qualquer possibilidade de eu ir ao Rio e não passar pelo Bracarense. Boteco pé sujo no bairro do Leblon, mas muito bem frequentado. O bolinho de camarão, aipim e catupiry (de verdade) me enfeitiçou desde o primeiro dia que o comi. Tem enfeitiçado inclusive muitos outros amigos que recomendo a ida ao bar para só para comê-lo.

Às vezes, quero mudar de ares e como o mesmo bolinho no Chico e Alaíde (ex-funcionários do Bracarense), mas também como o bolinho de polenta com carne moída, que é outro que eu vou te falar, viu…rs

Morro do Vidigal

Uma superação a parte. Escalei o morro de chinelo só para ver a vista da cidade lá no topo do Morro Dois Irmãos , só por teimosia. Algo surreal e que recomendo que todos façam um dia, MAS de tênis. 

Entrar em uma favela carioca é algo doído. A simpatia das pessoas e a humildade nos gestos faz com que tenha uma lembrança espetacular. É uma experiência de vida que ninguém tirará de você. Seja livre de rótulos e preconceitos e curta uma das melhores vistas do Rio

Barra da Tijuca

Frequentei muito os prédios comercias da Barra a trabalho, mas na correria sempre tinha tempo somente de dar uma andada na praia pela manhã ou um jantar a noite. Um dia resolvi me hospedar por lá e viver uma experiência diferente (recomendo muito o KS Residence). Adorei e só me hospedo no bairro agora.

Muitos chamam a Barra como a Miami carioca, mas eu aprendi nestes últimos tempos, que é uma delícia ficar por lá e frequentar as suas praias.

Para quem quer fugir da super lotação das praias da Zona Sul, a Barra da Tijuca é um prato cheio. De quebra, ali por perto tem a Praia do Recreio, assim como, Grumari e a minha nova paixão, a Prainha.

Grumari e Prainha

Essas praias são para os que já estão em um estágio mais avançado de conhecimento do Rio. Para aqueles que abrem mão da Zona Sul e todos os atrativos turísticos da cidade. Virou modinha agora, mas não me importo com essas modas. Me importo com paisagens.

Santa Teresa

Outra paixão carioca. O bairro é arte pura em cada uma de suas esquinas. A escadaria mais famosa da cidade está lá. Tive o prazer e a oportunidade de conhecê-la e descê-la aos olhos de quem a fez, literalmente. O inesquecível e eterno Selaron.

Forte de Copacabana

Lugar para andar tranquilamente, tomar uma água e comer um docinho na Colombo. Além disso, deve subir ao topo para admirar o mar. Gosto muito de vir aqui, mas vou quando tenho um tempo sobrando.

Se for durante o Carnaval, Marquês de Sapucaí

Só que já foi sabe o que é! O coração dispara, os pés dançam sem o comando do cérebro e o recuo da bateria. Ah! O recuo da bateria é pra levar na memória a emoção e o arrepio pela vida toda.

Rio, como eu gosto de você! Espero que seus visitantes e moradores preservem toda sua beleza. Muito obrigada por todos os dias felizes por aí 🙂

 

LEIA NO BLOG TAMBÉM

ONDE FICAR NO RIO DE JANEIRO PELA PRIMEIRA VEZ

PRAIA VAZIA NO RIO DE JANEIRO DURANTE O VERÃO

ESCALAR O MORRO DOIS IRMÃOS E TER UMA VISTA INCRÍVEL DO RIO

GOSTOU DAS DICAS? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

  • Que tal reservar sua acomodação pagando o melhor preço? Confira opções com descontos de até 50% através deste link.
  • Viaje tranquilo e ainda ganhe milhas da Smiles. Contrate seu seguro viagem nacional baratinho, com atendimento pelo Whatsapp e pontuação Smiles a cada real gasto. Além disso, leitores do blog tem desconto cumulativo de 20 a 50% com o código DESCNPD. Clique neste link e entenda como garantir o melhor preço!
  •  
  • Alugue o carro para sua road trip com benefícios e economia. Nosso parceiro cobre o menor preço, te isenta de IOF e ainda parcela. Saiba os detalhes e obtenha tais benefícios através deste link.

Além de não te custar nada mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Entretanto, caso tenha que cancelar e fazer uma nova reserva, entre novamente pelos links acima. Infelizmente, os sites acima desconsideram a comissão quando isso acontece porque não conseguem rastrear a origem.

Obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar e fazer sua viagem!

 
 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)