Bate volta de Miami a Bahamas – Vale a pena?
31/03/2015 8 comentários

Bate volta de Miami a Bahamas – Vale a pena?

E quem nunca sonhou em ir ao Caribe? Em fazer um bate volta de Miami a Bahamas?

Há algumas opções de cruzeiro que saem do porto de Fort Lauderdale (coladinho em Miami) e vão rumo ao paraíso. Entre o cardápio de opções oferecidas, há cruzeiros de um dia, ou seja, bate e volta, três dias e assim por diante.

O que muitos fazem, até mesmo pela falta de tempo que possuem, é o tal do de bate e volta à Bahamas. Mas será que realmente vale a pena escolher esta opção?

Bom, já fui em algumas opções e, especificamente duas vezes no cruzeiro de um dia, e posso dizer que, depende do ponto de vista.

Na minha opinião, não vale a pena, pois são três a quatro horas para ir e mais três a quatro horas para voltar, uma hora para sair do navio e outra uma hora para adentrar só para passar miseras três horas por lá. Além de você não conhecer o lugar, a paisagem vista, especificamente neste passeio, não foge muito da beleza que vemos nas praias da Flórida.

Agora, para quem nunca fez um cruzeiro e nunca pisou no Caribe é uma opção, rápida, mas uma opção! Só não vale dizer que conheceu às Bahamas pq só passou por lá…rs

Dicas importantes para quem for:

1 – O passeio custa em torno de USD 120, (com impostos inclusos). Algumas agências dá um belo desconto se fizer o cruzeiro no seu mês de aniversário. Você pode adquirir o seu day trip no concierge do seu hotel em Miami ou Fort Lauderdale ou até mesmo em alguns pontos turísticos como BaySide (downtown Miami).

2 – Não esqueça de levar o seu passaporte. Apesar dos brasileiros não precisarem de visto para entrar nas Bahamas, não se esqueça que estará mudando de país, e que precisará de um passaporte como documento de identificação. Se esquecer o passaporte, babau! Acabou o passeio…

3 – Verifique direitinho o navio que irá. Usualmente as embarcações são velhas e pode ser uma decepção a hora que você embarcar porque a foto que você viu no ponto turístico, em seu hotel ou na internet pode não refletir a realidade. Você ficará doido da vida, mas depois desencana porque é o que terá para aquele dia, literalmente.

4 – Geralmente o cruzeiro não sai às quartas feiras.

5 – Se você adora tomar sol, já fica na espreita para pegar o seu lugar ao sol. Há uma série de cadeiras de praia ao redor da piscina do navio que você pode se jogar até chegar às Bahamas. Caso não dê tempo (sem atropelar ninguém) de pegar o seu lugar ao sol na área da piscina, não se preocupe, há uma imensidão de cadeiras na parte de cima.

6 – Leve algum snack para matar a fome, pois a comida do navio nem sempre é daquelas que esperamos ter e verifique sempre o que a turma que fecha o passeio quer dizer com all inclusive.

7 – Ao sair do navio, já se informe onde pode pegar um transporte em direção à praia (cerca de USD 14, ida e volta). O cruzeiro não te deixará por lá e nem dará transporte para. O tempo que se perde pra ir e voltar pode atrapalhar o as horas livres livre por lá.

8 – Não deixe de admirar o belo por do sol lá do topo do navio. É o gran finale!

9 – Aos baladeiros de plantão, tem pista de dança no navio.

10 – Divirta-se!!! Vá direto à praia e agradeça por estar naquele paraíso, mesmo que por três/quatro miseras horas 🙂

Se estiver no meio do planejamento de sua viagem a Miami e tiver planos para conhecer Key West também…

Tem um post no blog com a minha experiência e detalhes da rota, incluindo a opinião de bate volta de Miami ou de Orlando a Key West. Para ter acesso ao texto, basta clicar neste link -> Bate volta Miami Key West, vale a pena?

Gostou da dica? Seja mais um leitor parceiro e ajude a gente também! 

Precisa reservar seu hotel ou hostel? Se você reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking) ou qualquer outro serviço através destes links de comparativo de seguro viagem, chip internacional de celular ou aluguel de carro sem IOF, além de não te custar nada a mais, ajudará na monetização do conteúdo, através de uma pequena comissão que receberemos.

Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará que viajemos cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis.

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)