5 tipos de aula de Yoga para todos os gostos!
05/03/2018 2 comentários

5 tipos de aula de Yoga para todos os gostos!

5 tipos de aula de Yoga para todos os gostos!

O Yoga foi criada há mais de 5 mil anos e, cada vez mais, vem sendo praticada mundo afora. Como consequência, ao longo de anos, o Yoga foi se espalhando e se adaptando aos costumes de cada época, suas necessidades, bem como com a cultura de cada região, o que ocasionou a criação de vários métodos diferentes. Por ser uma amante dessa prática milenar, resolvi falar com vocês hoje sobre 5 tipos de aula de Yoga bastante comuns aqui no Brasil. 

Hatha

É considerado o Yoga clássico, o Yoga raiz. O nome significa ha = sol, tha = lua, ou seja, representa os opostos, como mulher/homem, quente/frio e dia/noite. Há também uma outra interpretação que liga o nome ao despertar das nossas forças internas, como a disciplina, o domínio e o auto controle. É uma aula mais lenta, com movimentos suaves e com permanência, dividida em asanas (posturas) clássicos, exercícios de respiração (pranayama) e exercícios de concentração e relaxamento (dharana e dhyana).

Ashtanga

O termo em sânscrito significa ashta = oito, anga = limbo, representando as oito disciplinas cobertas pela prática. A aula é uma sequência de asanas (posturas) interligadas, sem pausas como num balé, sincronizada com a respiração. Possui seis séries fixas de asanas, divididas de acordo com a complexidade e evolução. As aulas geralmente são baseadas na séries 1 e 2 em que a Saudação ao Sol (Sun Saluation) pode ser repetida várias vezes. Por ser uma aula bem fluída, exige um bom condicionamento.

Vinyasa

É uma prática mais contemporânea e ocidentalizada, divulgada no último século e tendo como princípio o desenvolvimento do trabalho físico como meio para atingir o condicionamento mental. Deriva principalmente do Hatha Yoga, mas a estrutura da aula varia de professor para professor, que tem liberdade para montar a sequência de asanas, mas sempre crescendo a cada movimento. É a prática mais intensa, já que o tempo de permanência em cada asana é mais curto. Ideal para quem prefere uma aula de Yoga mais vigorosa.

Power Yoga

Às vezes chamado também de Power Vinyasa ou Core Power Yoga é inspirada no Ashtanga, mas sem seguir uma sequência de asanas pré determinada. Também é uma aula dinâmica e vigorosa, agradando quem prefere uma aula com foco mais nos aspectos físicos do Yoga do que nos aspectos espirituais.

Hot Yoga

Também chamada de  Bikram é basicamente uma aula de Power Yoga realizada em salas especiais com controle de temperatura variando entre 30  e 42º graus. Sim, você leu certo, 42 graus! O motivo para essa quentura é manter a musculatura aquecida e auxiliar o alongamento e flexibilidade, evitando assim lesões. Outro benefício associado é o suor e seu efeito desintoxicante. Tal aula de Yoga requer nível intermediário de prática e um bom condicionamento físico.

Acro Yoga

É uma mistura de exercícios clássicos de Yoga com acrobacias de circo e massagem thailandesa, sendo praticado geralmente em duplas e trios. Bastante popular ultimamente, é uma modalidade bem divertida. No Acro Yoga, basicamente uma pessoa será a “base”, ficando embaixo e dando suporte com os pés e as mãos ao “voador”, que é a pessoa que ficará suspensa, efetuando os movimentos executados em sequência.

Experimentei todos as aulas de Yoga, faltando apenas o Hot Yoga, que está na minha lista de To Do deste ano. Com isso, posso dizer a vocês que dependendo do dia, do momento, uma prática é mais apropriada que a outra, mas todas são muito prazerosas. Pra pessoas ansiosas e agitadas como eu, é muuuuuito bom…rs!

 Termino deixando dois links de vídeos. O primeiro é uma apresentação da Dani Sá, uma das professoras mais populares da prática de Ashtanga no Brasil, executando a segunda série de Ashtanga. É lindo de viver! Olha só:

O outro, é uma reportagem que mostra a Fernanda Lima e a Dani Sá num retiro de Yoga na Índia, em que a Fernanda tentará, depois de mais de dez anos praticando, concluir a série 2 na frente de uma das principais mestras do mundo! Será que ela conseguiu?

Uma curiosidade é que no mundo até hoje não tem registro de ninguém que tenha conseguido executar a sexta série. Acreditem! – Bom, para fechar, euzinha praticando um pouco de meditação nesse lugar maravilhoso, Pedra Redonda – Monte Verde.

Foto: Acervo Pessoal

Tem post de meditação do aqui agora – Mindufulness, já viu?

OBS: Gostou do post e das dicas? Eu gostaria muito de saber a sua opinião! Se você gostou, por favor, deixe um comentário, curta e compartilhe em suas redes sociais!

(Se perdeu algum dos posts sobre vida saudável, clique aqui e confira.)

Créditos da Foto de capa: http://www.gaiahealthblog.com

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)