Independência financeira – 4 dicas para alcançar a sua!

Independência financeira – 4 dicas para alcançar a sua!

No primeiro post do blog, lá em 2016, fiz um chamado para que juntos pudéssemos alcançar a independência financeira. Lembram? Bom, conseguir este feito é o sonho de muitas pessoas, mas para alcança-lo é preciso trabalhar com suas próprias barreiras e superar os desafios. Por conta de tais entraves, após 1 ano e meio, gostaria de retomar o tema com mais propriedade, já que estamos cada vez mais próximos e no mesmo barco.

Qualquer pessoa pode alcançar a independência financeira, desde que trabalhe e tome atitudes para esse objetivo. Um bom início é ter em sua cabeça o seguinte ciclo: “Ganhar, economizar e investir” de forma que isso se repita mês após mês. Pensando nisso, hoje darei quatro dicas para te ajudar a alcançar este objetivo. Bora?

  • Faça um planejamento focado em sua independência financeira

Montar uma planilha no Excel, anotar os gastos em um caderninho ou marcar os seus gastos em um aplicativo é muito simples, mas sem planejamento, tais anotações não são nada. O primeiro passo a se pensar é o quanto de valor mensal você acredita que será o suficiente para alcançar a sua independência financeira. Neste valor deve estar incluso alimentação, moradia, viagens, lazer, saúde e o que mais julgue necessário.

Use como base o seu padrão de vida atual. Quer ter um padrão melhor? Então estime em seu planejamento valores maiores. Além disso, em quanto tempo quer alcançar essa independência financeira. Estimados estes drivers, comece trabalhar em seu orçamento para poupar.

  • Revise periodicamente o seu orçamento

Estamos em crescimento o tempo todo. Às vezes, passamos a ganhar mais em nosso trabalho, outras passamos por momento de crise em que precisamos gastar mais, como com um problema de saúde, por exemplo. São momentos diferentes em nossa vida. Por isso, devemos sempre analisar o nosso orçamento.

É aconselhável que faça essa análise de 6 em 6 meses ou quando julgar necessário, pois assim pode verificar se existe algo que possa cortar do seu orçamento e economizar mais.

  • NUNCA, JAMAIS, DE JEITO NENHUM acumule dívidas

A sua maior válvula de escape em um orçamento são as dívidas. É relativamente normal às vezes excedermos um pouco os gastos com cartão de crédito, gasolina, compras por impulso etc, mas os exageros não podem se tornarem hábitos. Corra destes vilões para ficar dentro de seu orçamento.

Feito o seu orçamento, saberá com o que você mais gasta mensalmente. Então tente criar hábitos para gastar cada vez menos com isso e não se deixe levar pela padronização do status que a sociedade tenta impor. Você não precisa ter o melhor carro do ano, o melhor Smartphone etc. O que você precisa é poupar para economizar e assim alcançar a sua independência financeira.

Sempre utilize o seu orçamento como seu drive para deixar as finanças em ordem.

  • INVISTA, INVISTA e…. INVISTA!

A parte mais importante de toda a jornada do orçamento é o investimento. O poder dos juros compostos (o famoso juros sobre juros) é incrível. A capacidade de crescimento ao longos dos anos é exponencial e cada vez mais os juros vai trabalhar pra você, ou seja, quanto mais cedo você começar a investir, mais tempo o juros trabalhará para você.

É fundamental que faça investimentos que se enquadrem com seu perfil e com seus objetivos, mas lembrando que a o investimento mais famoso e tradicional do brasileiro (caderneta de poupança) não é um bom investimento. Existem tantas outras opções também conservadoras, como Tesouro Direto e outros investimentos de renda fixa, que rende muito mais que a poupança, ou também opções de renda variável, como Fundos Multimercados; Fundos cambiais.

Além de fazer os investimentos relacionados a ativos financeiros, invista principalmente em você para que cada vez você possa ser mais capacitado e ter um salário maior para realizar o clico “ganhar, economizar e investir”.

Simbora ser independente financeiramente!

Um abraço,

Fon.

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)