8 mitos sobre a atividade física

8 mitos sobre a atividade física

Que tal derrubar 8 mitos sobre a atividade física?

Com o advento da internet e todas as outras opções de acesso, muitas vezes não sabemos o que é correto e o que não é na busca de informações para ter uma vida mais saudável. As tais fake news rodam nosso cotidiano por todos os lados, sendo responsáveis por verdadeiros estragos.

Nas últimas semanas tem sido bastante discutido o impacto dos mitos e das notícias falsas (#fakenews) nas eleições americanas através de aplicativos ligados a plataformas digitais, causando inclusive, queda no valor das ações na bolsa americana. Por aí, já dá pra ter uma noção da seriedade do problema.

E com o seu corpo, o estrago pode não ser diferente. Por conta disso, escolhi os temas mais comuns para bater o martelo na questão e ajudar vocês a não caírem em uma roubada. Vamos lá saber quais são estes 8 mitos?

Para ter a tão sonhada barriga tanquinho é preciso fazer centenas de abdominais

MITO!

Infelizmente, a barriga tanquinho requer mais do que isso. Para que você tenha os músculos abdominais aparentes, além de ter músculos bem trabalhados, é imprescindível seguir uma dieta alimentar e ter baixo percentual de gordura corporal, pois a pele precisa ser mais fina nessa área para que os gomos fiquem aparentes. Lembrando que gordura não vira músculo. Isso é cientificamente impossível…rs – Já falei sobre como ter a barriga dos sonhos aqui e também sobre como dar um up na queima de gordura através do EPOC aqui!

Fazer exercícios com roupas quentes como moletom ou se enrolar na fita plástica, faz queimar mais gordura

MITO!

A perda de gordura e o emagrecimento é um processo lento e que precisa ter continuidade. Não tem nada a ver com o suor. Fazer exercícios todo agasalhado ou usando cintas de emagrecimento só vai te fazer suar mais. Nada que dois copos de água na sequência não reponham seu peso logo na sequência.

Para ter saúde você precisa se exercitar pelo menos três vezes na semana

MITO!

Já tem post sobre o assunto também por aqui! Uma vez por semana é suficiente para você agregar saúde no seu dia a dia, principalmente, em relação a capacidade cardio vascular. Mesmo uma caminhadinha de meia hora uma vez por semana pode fazer uma grande diferença a longo prazo. Então, não adianta usar essa desculpa na hora que o amigo chama pro futebol de domingo.

Ingerir proteína logo que terminar o treino

MITO!

Quem aí não tem aquele amigo que mal terminou o treino e já está com o shake de whey protein na mão? Era inclusive uma atitude recomendada pelos nutricionistas, mas hoje se sabe que a janela de absorção pós treino chega até a 24 horas, dependendo da intensidade. Então, meus queridos(as), não precisa sair correndo. Pode ir com calma e repor os nutrientes com tranquilidade. Eu por exemplo, prefiro comer comida de verdade, então entre o término do meu treino, até chegar em casa e preparar alguma coisa, já se passou no mínimo uma hora. E… tudo bem!

Se não me alongar antes do treino, vou me lesionar

MITO!

Hoje já se sabe que alongar os músculos pode até afetar o desempenho dos atletas (como vários estudos tem indicado), portanto, apesar de ainda haver muita polêmica, o senso comum atual é indicar a realização de um aquecimento, onde são realizados alguns exercícios para preparar a musculatura para o esforço, que incluem alguns alongamentos, mas com curta duração (no máximo 30 segundos em cada posição). Melhor deixar o alongamento estático para depois do treino!

Eu amo alongar, mas evito alongamento estático nos dias em que fiz musculação!

Musculação não emagrece e é indicado só para quem quer ganhar massa

MITO!

A musculação é um grande aliado na perda de peso, simplesmente pelo fato de que quanto mais massa magra você tiver, mais calorias vai gastar para realizar as atividades do seu dia a dia, além do mais, ao realizar um treino de musculação, você continuará com o metabolismo acelerado por horas após o exercício, gastando assim, ainda mais calorias. No caso das mulheres que se preocupam em não ficar com músculos aparentes e ficarem com um corpo masculinizado, já expliquei direitinho que a chance é muito pequena, pois trocar massa gorda por massa magra é bem mais difícil para mulheres por questões genéticas (perdeu esse post? clica aqui!)

Se não doer no dia seguinte, o treino não valeu

MITO!

Eu mesmo vivo falando a tão conhecida frase “no pain, no gain” (sem dor, sem ganhos) por aí, mas se a gente parar para pensar no contexto de sentir dor no dia seguinte, essa expressão não é verdadeira! Existe uma crença disseminada por aí que se a pessoa não sentir dor é porque o treino não foi efetivo. Não caia nessa! A dor depende de inúmeros fatores como hidratação, alimentação, genética, acúmulo de ácido lático e claro, a intensidade do treino. Dizer que não serviu pra nada é um exagero. Em alguns casos, a dor é um sinal que seu corpo está dando de que você exagerou, e se não avaliada pode terminar causando problemas musculares ou nas articulações. Fique atento e respeite seu ritmo.

Já que pratico exercícios, a comida está liberada

MITO!

Eu assumo que por muito tempo eu pensei assim… e o que acontecia? eu não tinha resultados! teve uma época que eu praticava exercícios todos os dias, mais de uma vez por dia (fazia aeróbio de manhã e musculação a noite, por exemplo), e por incrível que pareça foi uma das minhas fases mais fofinhas. Porque? porque eu acreditava que podia comer o que quisesse! Depois quando já estava desanimando, resolvi procurar um nutricionista e voilá! os resultados vieram em semanas! por isso, não se deixe enganar, há um ditado por aí que diz que a dieta tem um peso entre 60 e 70% nos resultados, enquanto os exercícios seriam responsáveis pelos 40-30% restantes. Bora ter foco na dieta (procure sempre um nutricionista).

OBS: Gostou do post e das dicas sobre os mitos? Eu gostaria muito de saber a sua opinião! Se você gostou, por favor, deixe um comentário, curta e compartilhe em suas redes sociais!

(Se perdeu algum dos posts sobre vida saudável, clique aqui e confira.)

Créditos da foto de capa: Pinterest

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)