O que fazer em Key West, roteiro entre outras dicas

O que fazer em Key West, roteiro entre outras dicas

Procurando o que fazer em Key West? Já te adianto que se pensa em ficar somente um dia nesta parte de Florida Keys, pare por aqui. A região é para ser visitada com calma e jamais em um bate volta vindo de Miami, por exemplo.

Somente em Key West, recomendo que fique pelo menos 2 noites e tenham 3 dias praticamente inteiros para que possa curtir e sentir o espírito do lugar. Já fui três vezes à Key West e não me canso. Por ali, você encontrará todas as tribos possíveis e imagináveis. Se for da comunidade LGBT, por exemplo, é uma das regiões de Florida Keys mais open mind e que tem uma grande comunidade. Não será raro ver hotéis e pousadas com a bandeira da causa em sua entrada.

Lembro da primeira vez que fui ao último dos Keys como se fosse hoje. Isso foi lá no comecinho dos anos 2000. Tinha reservado dois dias de hospedagem e no final acabei ficando mais uma noite porque além de me apaixonar pelo local, o estilo de vida das pessoas que por ali moram e frequentam é diferente de muitos outros lugares. É um mix de boas energias em que todos só querem curtir por estar ali.

Durante anos e anos, quando falava para os amigos colocarem o destino em sua rota, não me davam muita bola. Atualmente, são raros os que não fizeram esta rota. O jogo virou…rs

Mas afinal, o que fazer em Key West? Por que muitas pessoas se encantam com esta parte da Flórida? Por que eu indico fazer um roteiro de pelo menos uns 3 dias por lá? Bora entender e te rechear de dicas de Key West, o último, mais famoso e turístico dos keys da Flórida.

O QUE FAZER EM KEY WEST?

ATIVIDADES AQUÁTICAS

Claro que estando no Caribe Americano atividades aquáticas não podem faltar em seu roteiro. Andar de caiaque, stand up paddle, mergulho com os peixinhos, parasailing são somente algumas delas. Já andei de paddle das outras vezes em que fui a região, mas desta vez optei por fazer snokerling em um dia de manhã e caiaque noturno em outro dos dias.

Há várias empresas que oferecem passeios de catamarã com direito a mergulhar com peixinhos, ver corais e outras espécies do fundo do mar. Fiz o passeio com o simpático time da Fury Water Adventures, que é uma das empresas mais bem rankeadas da cidade. Além de snorkeling, você também pode fazer com eles passeios de jet ski, parasailing e ecotours. Mas não é somente isso, a Fury também tem em seu portfolio passeios de catamarã, inclusive durante o espetacular sunset de Key West. Caso não seja fã das atividades aquáticas, dá para alugar com eles também uma bike para dar uma volta na cidade. Gostei bastante do serviço e, por isso, os recomendo (www.furycat.com).

Fiz com eles o passeio de catamarã com snorkeling. Saímos cedinho de manhã, com direito a duas longas e boas paradas para mergulho em alto mar. É recomendável fazer este tipo de passeio entre a primavera e outono, mas confirme antes de reservar. Há muitas águas-vivas no mar durante determinados meses. Se não me engano entre dezembro e fevereiro.

A cor da água é surreal e ainda mais bonita que em Islamorada, por incrível que pareça, mas por lá se vê maior variedade de peixes. Mesmo que não seja fã de nadar com a espécie, vale a pena fazer o passeio para nadar em alto mar e contemplar a sua bela cor em Key West. Reserve pelo menos meio dia para este passeio.

AOS CORAJOSOS DE PLANTÃO

Fiz um passeio de caiaque noturno logo que em cheguei em Key West. A coragem para fazê-lo é fundamental, já que além de termos pouca luz durante o percurso, passamos por uma zona repleta de tubarões. Sim, caiaque noturno com tubarões. Mas calma, eles são muito bem alimentados antes de ser iniciado o tour, o que minimiza qualquer tipo de risco. Além de ter a emoção de nadar com tubarões “domesticados”, digamos assim, o guia nos dá uma verdadeira aula de biologia. Durante o percurso, vemos e tocamos em diversas espécies marinhas.

Uma dica para quem for fazer o mesmo passeio. Opte por fazê-lo em um caiaque individual, mesmo que esteja em dupla. Terá uma melhor visão e experiência. Claro que terá que fazer mais esforço também, mas é o preço para ter uma visão melhor de seu caiaque de propietileno.

Se me perguntar se fiquei com medo em algum momento de fazer o passeio. A resposta é não! Os americanos normalmente são bons no gerenciamento deste tipo de risco. Por isso, fiquei bem tranquila. Nem pensei muito neles pra falar a verdade.

PASSEIO DE HELICÓPTERO

Outra atividade sensacional para fazer em Key West é andar de helicóptero. Ver toda aquela lindeza de lugar do alto é realmente algo que faz a diferença. Os casais apaixonados são os que mais procuram fazer o passeio, mas eu recomendo para todo e qualquer tipo de perfil. O veículo comporta quatro pessoas, incluindo o piloto.

Crédito da foto: Air Adventures

Há diferentes tipos de passeio de helicóptero que pode fazer. Tudo dependerá do tempo e da rota que fará. Eu fiz o passeio com 30 minutos de duração, que é um dos mais longos. O que mais me impressionou foi a transparência e os diferentes tons do mar. Tudo visto lá de cima é muito nítido, mesmo com o tempo nublado. A rota foi feita com outra empresa que eu também recomendo, a Air Adventures. Na sala de espera, bebidinhas, pipocas, além de outros mimos estão à disposição dos passageiros. O staff é muito simpático e faz questão de proporcionar a melhor experiência a cada um de nós (www.fly-keywest.com). Quer saber como foi o meu passeio de helicóptero em Key West? Clique aqui.

ANDAR DE BIKE

No meio de toda aquela loucura turística que hoje recai nas principais ruas de Key West, andar de bike para chegar nos principais pontos, sem se preocupar com estacionamento é uma ótima dica que posso te dar. Em um dos dias, deixei o carro estacionado e peguei a bike do hotel NYAH, em que estava hospedada para ir a alguns lugares famosos.

Além de ter ciclovia em vários pontos da cidade, andar de bike em Key West é uma delícia. O único cuidado que deve tomar é com o trânsito pelo centrinho, já que por ali nem todos os pontos são “bike friendly”.

ANDAR A PÉ POR KEY WEST E ESTACIONAMENTO

Procure ficar bem localizado para que possa se locomover facilmente. É super seguro andar pelas ruas a qualquer hora do dia, Entretanto, o trânsito em locais mais badalados é chatinho e perderá muito tempo procurando local para estacionar. É importante também checar se o seu hotel possui estacionamento. Caso não tenha e você esteja no meio do burburinho, isto pode ser um problema e doer no bolso, já que os estacionamentos mais centrais são mais caros. Há estacionamento públicos e pagos, mas que tem limite de tempo.

No hotel em que fiquei não havia estacionamento, mas consegui parar facilmente na rua, bem próxima. Do NYAH até o burburinho são entre 10 e 15 minutos caminhando, o que é ótimo. O motivo? Fica bem localizado, mas foge do trânsito chato e ainda queima umas gordurinhas na volta do jantar e dos passeios…rs

Outra coisa relevante para falar neste tópico é que há muitas vagas de estacionamento nas ruas que são exclusivas para os moradores da cidade. Por isso, se ver algo escrito na demarcação da vaga que está livre na rua, não estacione. Procure uma vaga demarcada, sem qualquer menção.

PRAIAS DE KEY WEST

É claro que se tratando de Florida Keys tem que ter uma parada para ir a praia. Há boas praias em Key West, mas com tantas atividades e vocês, não necessariamente com muitos dias, recomendarei a que mais gosto, que é a Fort Zachary Taylor Beach. Nela, você pode aproveitar e conhecer também o forte de mesmo nome. Para entrar na praia e no forte pagará uma taxa única de USD 12,. É nesta praia que tem aquele famoso ponto com várias placas com direções para alguns cantos do mundo, além de um por do sol espetacular!

Além dela, caso tenha tempo, procure conhecer também a Higgs Beach, Smathers Beach e South Beach. Quando sair de Key West, sentido Miami, não deixe de parar em Bahia Honda Beach, eleita uma das praias mais bonitas dos Estados Unidos. Para entrar, também é requerido o pagamento de taxa, mas vale MUITO a pena! É a minha preferida entre todas de Florida Keys. Ela está um pouco diferente agora, inclusive localização, por conta do furacão, mas continua belíssima e com uma cor de mar de babar.

CONTEMPLE O POR DO SOL DE KEY WEST

Não existe ir a Key West e não parar nem um dia para contemplar o seu belo por do sol. As pessoas tem o costume de se reunir na Mallory Square para fazer o que eles chamam de Sunset Celebration. Por lá, há alguns bares bem próximos que você pode tentar uma mesa para assistir de camarote tomando um drink. Caso contrário, fique com a turma no calçadão da praça junto com a turma. Há alguns músicos que entretêm os turistas com sua música e voz.

Caso queira ter uma experiência diferente, é possível fazer um passeio de barco para ver o sunset. A Fury, que indiquei logo no começo, faz este tour.

PONTOS TURÍSTICOS FAMOSOS EM KEY WEST

Não tem como sair de Key West com a mensagem que está a 90 milhas de Cuba, tem inclusive um cartão postal (foto que estou na bike). Além disso, uma das casas de Hemingway com os seus gatos de seis dedos estão nesta lista a seguir:

  • Southern Most Part of US (o ícone da distância para Cuba)
  • Casa de Hemingway
  • Lighthouse Museum (farol)
  • Fort Zachary Taylor, o forte e a praia
  • Mallory Square, mas não se esqueça de ir perto do por do sol
  • Além de todos estes itens, as atividades acima para curtir o melhor de Key West

A segunda, terceira e quarta atrações são pagas, enquanto, que a primeira e a quinta é ao ar livre. Algumas pessoas optam em conhecer a cidade com o trenzinho turístico. Já fiz isto no passado e recomendo para quem quiser ter um overview de Key West. No caso das atrações pagas, não se esqueça de ver o horário de funcionamento na época que estiver por lá.

ONDE FICAR EM KEY WEST?

Pegando o gancho, desta última vez fiquei hospedada no NYAH, que é um hotel cool e que lembra muito um clube de férias tipicamente americano. É um mix de hotel boutique com hostel badalado, além de ter um toque moderno e atendimento diferenciado. Entretanto, o NYAH não foge das raízes da arquitetura clássica das casinhas de Key West, atendendo um público bem diversificado.

Crédito da foto: NYAH

Vintões a sessentões descolados interagem a todo momento nas áreas comuns, propícias a isso. Entre os mimos do hotel estão a cortesia de chá e café da Starbucks, o aluguel de bike a um preço diferenciado e o café da manhã incluso na diária. Para saber como foi a minha experiência de hospedagem, clique aqui.

ONDE COMER EM KEY WEST?

Há muitas e excelentes opções gastronômicas em Key West. Para quem é fã de frutos de mar, será uma boa oportunidade de comer muito bem a preços bem justos. Não deixe de provar o camarão da região. Além de bem carnudo, é grande e saboroso.

Entre os restaurantes, recomendo The Stoned Crab, que fica no mesmo local em que se faz o caiaque noturno. Além dele, o Turtle Kraals, que tem em seu rooftop uma vista bem bacana da marina e do por do sol da ilha. Não poderia deixar de mencionar também o Willie T´s, que é uma atração a parte com as suas milhares de cédulas de dólar espalhadas por todo restaurante.

É claro que quando em Key West, não tem como não incluir uma Key Lime Pie de sobremesa. Há boatos de que a sobremesa foi inventada por lá e existe um local exclusivo e de mesmo nome que só tem esta delícia. Clique aqui para ler o texto detalhado sobre as minhas experiências gastronômicas.

LEIA NO BLOG TAMBÉM

POR QUE NÃO VALE A PENA BATE VOLTA DE MIAMI A KEY WEST

RESTAURANTES EM KEY WEST

ONDE FICAR EM KEY WEST

PASSEIO DE BIKE EM KEY WEST 

PASSEIO DE HELICÓPTERO EM KEY WEST

RESTAURANTE PARA PENDURAR O SEU DÓLAR 

OUTROS TEXTOS E DICAS DA FLÓRIDA

GOSTOU DA DICA? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

Além de não te custar nada a mais e, ter boas vantagens, ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará trazer cada vez mais informações bacanas e úteis a vocês.

Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor nos mesmos sites, entre novamente pelos links acima e faça uma nova reserva. Os sites acima desconsideram a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva, sem ser pelos links acima. Obrigada!

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)