O que fazer em Miami pela primeira vez? Dica de lugares pra ir, onde ficar e comer!

O que fazer em Miami pela primeira vez? Dica de lugares pra ir, onde ficar e comer!

Procurando o que fazer em Miami?

A cidade é um daqueles destinos que certamente está no topo da lista da maioria das pessoas que sairão do Brasil pela primeira vez. E não é pra menos! Além de Miami estar associada a praia, badalação e compras, sempre digo que a cidade é um estilo de vida. O que justifica o termo It is so Miami! que costumo usar quando estou por lá.

Já a visitei algumas boas vezes e será a primeira vez que escrevo de verdade sobre o que fazer em Miami. Mas adianto que é muito difícil conhecer em poucos dias, diria que é praticamente impossível. O que terá será um flavour. Quem se apaixona, sempre encaixará uma desculpa ou um bom motivo para voltar. Esta é a única certeza que eu posso garantir!

Miami tem muita arte, cultura, gastronomia e entretenimento por todos seus cantos. Por isso, me concentrarei em alguns pontos que acredito serem ótimas pedidas em uma primeira vez.

O QUE FAZER EM MIAMI PELA PRIMEIRA VEZ?

Antes de começar, uma observação importante. Há uma divisão geográfica de cidades entre Miami, Miami Beach e arredores. Para ser mais didática, citarei Miami como um todo, como uma cidade única. Principalmente para quem nunca foi, separar uma coisa da outra pode ficar confuso.

OCEAN DRIVE 

Mesmo que vá a negócios, como muitas vezes já fui, não tem como ir a Miami e não passar pelo menos uma vez na vida na Ocean Drive. Por isso, deve estar na sua lista, principalmente, se for a sua primeira vez na cidade. O motivo? Por lá, terá um pouco do espírito da cidade. Os restaurantes e bares lotam no final do dia ao som de diferentes tipos de música. Carros com rabo de peixe, conversíveis e outras máquinas de desejo desfilam ou estacionam na avenida.

Claro que a Ocean Drive é palco para ostentação suprema de todas as tribos. Claro que muitos vão uma vez só, enquanto que, outras vão sempre. Na verdade, as pessoas que andam por ali querem ser vistas. Afinal de contas, estão em uma das avenidas mais badaladas do mundo.

Para quem imagina ver um design moderno nas fachadas dos hotéis da Ocean Drive, esqueça. O Art Deco e o vintage imperam na avenida e é isso que dá um charme a mais no local.

SOUTH BEACH

Do outro lado da calçada da badalada avenida está o não menos disputado caminho da praia. South Beach é sonho de consumo de muitos viajantes, assim como, aquela foto clássica próxima a um posto de lifeguard na praia. Desta lado da calçada, uma mistura de turistas fazendo caras e bocas com pessoas que mantém o ritmo saudável de seu corpo.

Antes de chegar a praia propriamente dita, dependendo do ponto em que estiver, atravessará por um delicioso gramado, bem como uma ciclovia. Caso queira alugar uma bike e andar por ali, há várias disponíveis em sua extensão. Caso queira fazer um piquenique no gramado, é uma excelente pedida. Caso queira ficar na mureta vendo o movimento, outro prato cheio. Caso queira ir a praia e entrar no mar, por que não? Ou seja, no burburinho de South Beach nem só a praia de areias brancas e mar cristalino encantam.

IMPORTANTE SABER…

Gosto bastante de pegar praia por ali quando o tempo não está muito quente. Caso pretenda passar o dia ou boa parte dele, há várias estrutura para alugar com cadeiras e guarda sol a partir de USD 20,. Dependendo do local que for perguntar podem até te falar em USD 200, ou menos que o mínimo. Ah! Você não leu errado, USD 200. Tudo isso porque estará na estrutura glamour de South Beach, querido! Não se esqueça que a ostentação faz parte da praia também, apesar de ser muito menor que o lado vizinho da avenida.

Uma coisa importante aqui. Como já falei em meu texto de Fort Lauderdale, se tiver planos de ficar alguns bons dias em Miami ou na Flórida, avalie comprar guarda sol e cadeira de praia. Te dará mais liberdade em qualquer canto que for e ainda economizará uma grana. Ah! Mas comprar pra jogar fora depois? Não, não. Por que não doar a alguém?

DOWNTOWN MIAMI

Enquanto muitos tem na cabeça que o Downtown Miami é somente mais um centro de negócios de uma grande cidade, a procura por este bairro cresce entre os viajantes. O motivo? Brickell e seu novo polo de compras, bons restaurantes e muita cultura. Hoje ir a Miami e não dar aquele pulinho em Downtown é quase uma heresia. Que tal aproveitar o bairro e ficar para ver o por do sol de um de seus badalados rooftops?

BAYSIDE

Outro local que eu gosto muito em Miami. Arrisco dizer que Bayside resume bem o que é a cidade. Por ali encontrará um shopping praticamente a céu aberto com várias lojas que adoramos. Mas também encontrará outras tantas lojas bem locais, de um dono só. Caminhando até o seu fundo dará de cara com a baía e uma bela cidade da cidade. Separe um dia para almoçar ou ficar para sua badalação noturna. Os restaurantes são ótimos, com o clima da cidade enraizado.

LINCOLN ROAD

Se alguém te falar para ir até a Lincoln Road, pergunte ao menos em que altura. O motivo? A avenida é enorme, mas tem uma parte específica repleta de lojas e bons restaurantes. Nesta ala é que muitos brasileiros vão a loucura nas compras e depois relaxam nos bares e restaurantes. Eu,particularmente, gosto de andar por este pedaço da avenida tanto de dia quanto a noite. A vida noturna por aqui é agitada. Onde é este ponto da Lincoln Road? Coloque no GPS o restaurante Meat Market, deixe o carro no estacionamento público que fica bem perto, perambule e se jogue por lá.

Esta parte da avenida é aberta para os pedestres. Por isso, passará e estacionará o carro provavelmente no meio do quarteirão que dará a avenida.

VIZCAYA MUSEUM AND GARDENS

Um original casarão que virou museu. Assim é o Vizcaya Museum and Gardens, que é muito visitado pelos turistas. Não será difícil andar pelo seu belo jardim e encontrar noivas e debutantes sendo clicadas. Reserve meio dia para visitar sua parte interna e externa, ver os quartos, a arquitetura, decoração, bem como, as obras de arte.

Na parte externa é possível ter uma bela vista de Key Biscayne. Além disso, deste mesmo lado, verá um navio de concreto (salvo engano). Aqui, uma curiosidade. Ele fora construído próximo a escadaria de sua parte externa para segurar as ondas. Assim, o risco da água invadir a propriedade tornava-se praticamente nula. Se tiver um tempo, dê um pulo no café, o staff é super amável e simpático.

KEY BISCAYNE

Por falar em Key Biscayne, atravesse a ponte em direção a esta ilha cheia de charme. É muito perceptível a elegância e o luxo deste lugar. Eu, particularmente gosto muito de andar pela região, mas não necessariamente por conta do glamour. Gosto pela tranquilidade e pelas belas paisagens que vejo por ali. Uma vez na região, vá até o Cape Florida State Park e suba em seu farol para ter uma bela vista de Miami.

WYNWOOD ART DISTRICT

O bairro de Wynwood virou uma verdadeira febre por conta dos grafites e outras manifestações de arte que por ali estão. E não é pra menos! A cidade decidiu transformar este bairro decadente em algo completamente diferente e descolado. Foi um amplo trabalho de revitalização em meio a fábricas desativadas, mas o resultado não poderia ter sido melhor.

Wynwood respira arte através dos grafites, galerias e afins. Engana-se quem pensa que tais grafites estão somente em Wynwood Walls. Há muita street art bacana espalhada pelos arredores. Mas é necessário sair dali e caminhar um pouco para ver. Este é grande segredo do bairro. Te garanto que a cada virada de esquina, bem longe do burburinho, verá outros tantos grafites interessantes e de babar, assim como, outras manifestações de arte.

O bairro se desenvolveu tanto que atualmente é mais caro ter um negócio por lá, por exemplo. Consequência da valorização e badalação do atual Wynwood? Sim, com toda certeza. Escrevi um texto exclusivo no blog sobre o bairro, contendo a localização de vários grafites legais. Clique aqui para ler.

LITTLE HAVANA E OUTRAS “LITTLES”

Fui esta última vez à Little Havana e senti muita diferença da minha primeira vez. Recomendo ir tanto a Little Havana quanto aos outros bairros que tem comunidades de estrangeiros só e somente só se tiver tempo sobrando. Mas caso tenha curiosidade e não tenha muito tempo, passe de carro pelo (s) bairro (s) e veja se fala a pena parar.

NASCER DO SOL E POR DO SOL (SUNRISE E SUNSET)

Procure ficar em um hotel frente mar ou fique perto do mar para poder contemplar o nascer do sol de Miami. Ser acordada com aquela imensidão de mar e o fantástico nascer do sol da cidade é algo que desejo que todos façam uma vez na vida! O por do sol, nem precisa dizer que também é apaixonante.

PRAIAS EM MIAMI

Além de South Miami que gostou muito, recomendo North Miami que é bem menos frequentada pelos turistas. Também é legal pegar praia em Miami Beach, ali perto do Eden Roc Hotel. Se você quiser sossego extremo com toque de glamour, Sunny Isles Beach é o lugar ideal. Ali você até se sentirá rico só de passar em frente aos hotéis beira mar. Claro que o acesso aos mortais não é muito próximo a tais propriedades. Fiquei hospedada da última vez no Marenas Beach Resort, que fica em tal praiae adorei e recomendo a experiência.

Quando falamos em Miami, uma dica. Algumas praias tem hotéis construídos a beira mar. Por não ter orla e os hóspedes dos hotéis literalmente terem acesso direto a praia, achar um lugar ao sol ou na areia em área pública pode não ser uma tarefa tão simples em alguns bons trechos. Nem toda praia terá a orla de South Beach, isto que terá que ter na cabeça.

Ainda falando de Sunny Isles Beach, tal praia está mais próxima da também belíssima Hollywood Beach. Por isso, emende a rota até Fort Lauderdale, mas fique também por lá. Esse tal negócio de bate volta de Miami a Fort Lauderdale não é algo que eu recomendo. Tem muita coisa pra fazer nas duas cidades.

QUANTOS DIAS EM MIAMI?

Esta é a mais difícil pergunta para responder. Mas dá para fazer muita coisa bacana durante três noites e quatro dias na cidade. Será necessário foco para não se perder já que nem todos os pontos que irá serão próximos. Além disso, é bom saber que em alguns pontos de Miami, principalmente na I-95, há um trânsito surreal.

O que recomendo é fazer um roteiro mapeando todos os pontos em aplicativos com o Google Maps. Desta forma, terá noção de onde é cada lugar para fazer tudo por regiões. Não fará sentido pensar em fazer algo no norte e depois ir para o sul e voltar para o centro, por exemplo.

COMPRAS EM MIAMI

Esta é a pergunta que todo mundo me faz. A minha melhor dica é que tentem ir aos Estados Unidos em fevereiro, agosto ou no Thanksgiving para pegar aquelas liquidações de verdade. Caso não seja possível, certamente conseguirá bons preços nos fundos das lojas próximas e na Lincoln Road, Dolphin Mall e Sawgass.

Mais uma particularidade. O Dolphin Mall é bem mais tranquilo que o Sawgrass e muitos o preferem, até por ser mais próximo. O Sawgrass é enorme, mas ele fica cerca de 40 minutos de carro. Por isso, novamente um convite para ficar em Fort Lauderdale e ir ao Sawgrass quando estiver por lá. Escrevi um texto sobre este outlet gigante, mas as dicas valem pra outros lugares na Flórida. Clique aqui.

Tem gente que opta não ir aos outlets e fazer compras nas lojas e nos malls convencionais. Na minha opinião, não é tão ruim porque às vezes acha muita coisa boa e preços bem convidativos.

ONDE COMPRAR IPHONE EM MIAMI?

Tem várias lojas da Apple em Miami. Não existe pesquisar preço, pois o preço do IPhone será o mesmo em qualquer canto em que for nos Estados Unidos. Se for comprar o tão desejado smartphone, entre no site da Apple e veja se é possível agendar um horário pela internet. Por que eu digo isso? Porque as lojas da Apple via de regra são muito cheias. Com horário, você conseguirá administrar melhor o tempo e evitar longas filas de espera.

Outra coisa que é bacana saber é que muitas lojas tem brasileiro trabalhando. Ou seja, pode ser que você dê sorte de falar com alguém em português na Apple. Caso seu inglês seja ruim e não tiver brasileiro, pergunte se a pessoa fala espanhol para ver se te ajudar a passar menos perrengue.

Entre as lojas, a que acho mais tranquila é a Apple da Adventure Mall, mas precisa avaliar a sua logística e geolocalização.

RESTAURANTES EM MIAMI

Comer bem em Miami é uma arte. Há varias opções excelentes de restaurantes para todos os gostos e bolsos, por todos os lados da cidade. Destaque para os clássicos restaurantes cubanos, mexicanos, assim como, de frutos do mar. Além deles, um restaurante me chamou atenção nesta última vez. O Meat Market, que fica na Lincoln Road me fez ter uma experiência incrível com carne. E olha que eu sempre dou preferência ao peixe. Para mais dicas sobre onde comer em Miami, clique aqui.

ONDE FICAR EM MIAMI?

Muitos optam por ficar em South Beach ou na parte de Miami Beach em que tem a maior concentração de hotéis. Claro que é um excelente lugar para ficar, mas se você quer ter um mix de conforto, sossego de verdade e boa praia, procure ficar em Sunny Isles.

Por ali, terá um flavour do lado sofisticado da cidade, sem necessariamente gastar uma fortuna. Desta última vez, fiquei hospedada no adorável Marenas Beach Resort. Meu quarto era espetacular! De frente para o mar, o nascer do sol me acordava todos os dias. Só este fato, já me deixou bem feliz com a estadia, mas tiveram outros detalhes que me chamaram atenção, tais como, as facilidades e o tamanho do quarto. Fiz um post exclusivo com a minha experiência como hóspede. Clique aqui para ler.

BRIGHTLINE

Que tal sair de Miami e chegar em Fort Lauderdale em menos de 40 minutos de trem e vice versa? Esta é a proposta do recém inaugurado Brightline. O trem rápido e super moderno, liga por enquanto as cidades de Miami, Fort Lauderdale e West Palm Beach. A previsão é que até 2020 a estação de Orlando seja inaugurada.

Fiz o trecho Miami – Fort Lauderdale, que além de muito confortável, tem serviço de bordo, classe executiva e excelente sinal de WiFi. Se fizer o trajeto, aproveite para caminhar pela Riverwalk e almoçar no Taco Craft. A cada dia da semana eles tem uma super promoção. Escrevi um texto bem detalhado sobre o transporte e minha experiência. Clique aqui para maiores detalhes.

Apesar de não curtir bate volta, aconselho o transporte caso não esteja de carro ou esteja com um final de semana livre e sozinho em Miami ou em Fort Lauderdale.

MAIS UMA VEZ, NÃO SE ESQUEÇA…

Planejar sua rota com antecedência para ganhar tempo é essencial. Também é importante colocar toda a rota no GPS para fazer tudo em uma sequência lógica. De resto, sinta o espírito de Miami e seja feliz!

LEIA NO BLOG TAMBÉM

As experiências gastronômicas e de hospedagem foram oferecimento do Miami and The Beaches e demais parceiros para o #JustFunFlorida. Projeto dos sites Não Pira, Desopila Territórios em parceria com o Visit Florida. Mas a opinião e relato da Gardens são completamente independentes, como sempre 😉

GOSTOU DA DICA? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

Além de não te custar nada a mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Isto fará com que sejam cobertos, mas em partes, os custos de manutenção. Ainda proporcionará trazer cada vez mais informações bacanas e úteis a vocês.

Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor nos mesmos sites, entre novamente pelos links acima e faça uma nova reserva. Os sites acima desconsideram a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva, sem ser pelos links acima. Obrigada!

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)