O que fazer em Rothenburg ob der Tauber? A queridinha na Rota Romântica alemã

O que fazer em Rothenburg ob der Tauber? A queridinha na Rota Romântica alemã

Procurando o que fazer em Rothenburg ob der Tauber?

A primeira coisa que falarei sobre esta graça, gracinha, graciosa cidade é que é amor à primeira vista. Com ares medievais, Rothenburg ob der Tauber é toda murada, sendo uma das poucas que ainda preserva este formato pós todos os acontecimentos e guerras. Datada dos anos 900 e localizada na Bavaria é um dos ícones e parada obrigatória na chamada Rota Romântica alemã. 

Com todos estes elementos e colorido, tornou-se uma das cidades mais fotografadas da Alemanha. Além disso, segundo reza lenda, Rothenburg foi inspiração para a vila de Gepetto do clássico desenho Pinóquio de Walt Disney. 

Depois desta merecida introdução, vamos ao tema deste artigo.

O QUE FAZER EM ROTHENBURG OB DER TAUBER?

A cidade é pequenina, mas tem vários pontos de interesse que valem a sua visita, entre eles:

PLONLEIN

Em uma das cidades mais fotografadas da Alemanha, Plönlein é sem dúvida o principal motivo para isso. No local, uma bifurcação com o trio formado pela Torre Siebersturn à esquerda, a charmosa casa mostarda em enxaimel ao meio e pelo Portão de Kobolzeller ao fundo formam a moldura de muitas capas de revistas, encartes, assim como site de viagens mundo afora. 

Para conseguir uma foto sem muitas pessoas é necessário ter paciência e um bom olhar de fotógrafo para pegar todos os ângulos corretos do triângulo. Não dá para sair de Rothenburg sem um registro daqui, mesmo que seja sem você.

Para fins de logística, uma dica que dou é chegar cedo para não perder muito tempo por aqui esperando o melhor momento. Além disso, recomendo que comece suas andanças pela cidade por aqui. Assim, você não pegará muita muvuca depois e estará bem perto do próximo ponto. 

ANDE PELA MURALHA DE ROTHENBURG OB DER TAUBER

Em uma cidade da Idade Média que, por conta de uma forte tarefa de reconstrução, ainda é toda murada, claro que andar em sua muralha é praticamente um item obrigatório.

Aproveite que estará em Plönlein e ande em direção da Torre Siebersturn, construída nos idos de 1300. Passe por ela e olhe para esquerda. Ali, verá uma ruela com uma escadaria para um dos acessos à muralha. Suba a escada um pouco ingrime e caminhe para o lado direito. 

Ver a cidade do alto te mostrará visuais incríveis ao longo do percurso. No meio do caminho há várias saídas pelas escadas em que poderá sair da muralha quando quiser. Mas eu recomendo continuar o caminho (sim, em alguns momentos você sairá do alto e terá que subir por outra escada para continuar). Aproveite e guie-se pelos diversos mapas que tem no caminho mostrando onde você está e o nome de cada lugar. 

RODERTURM – SUBA ESTA TORRE E TENHA A MELHOR VISTA DE ROTHENBURG OB DER TAUBER

Voltando pela muralha, vá até o portão de entrada da parte medieval e suba a torre chamada de Röderturm. Para ver a cidade do topo é preciso ter fôlego para subir as escadarias estreitas e pagar 2 euros assim que chegar no topo. Mas o esforço vale muito a pena! Pra mim, a melhor vista de Rothenburg ob der Tauber ever.

Do topo, conseguirá ter uma visão 360 graus da parte antiga e ainda ler um resumo histórico sobre o que a cidade passou durante a Segunda Guerra Mundial. Lá ainda, uma simpática senhora te entregará um folder com um mapa e informações da cidade em português inclusive. 

Recomendo que suba depois que fizer a muralha para ter uma ideia da cidade primeiro do alto e depois do topo.

KATHE WOHLFAHRT

Saindo da torre, siga reto em direção a Marktplatz. Assim que chegar lá, se encantará com a praça e o prédio da prefeitura, mas tente passar reto para ir a outro local mágico da cidade antes, a Käthe Wohlfahrt. Uma loja que vende somente artigos natalinos e é a mais famosa da Europa neste quesito.

Durante a época de Natal, milhares de alemães, bem como outros europeus vão a Rothenburg não somente para ver a decoração de Natal, mas também para visitar a loja, que inclusive abriga o Museu do Natal Alemão. Segundo o órgão de turismo da Baviera, a Käthe Wohlfahrt possui mais de 30 mil artigos de Natal tradicionalmente alemães.

Se for entrar só de curioso ou pensando em comprar algo, como eu, é gratuito. Mas caso queira visitar o museu e algumas dependências da loja terá que pagar uma pequena entrada. Ainda em tempo, notará que há várias pequenas lojas da marca pela cidade, mas a que me refiro e recomendo a visita é a que tem uma espécie de calhambeque bem em frente a sua entrada.

IGREJA DE ST. JAKOBS (OU ST. JAKOBS KIRCHE)

Descendo um pouco, na mesma rua da Käthe Wohlfahrt você encontrará a St. Jakobs Kirche. Datada de 1485, a histórica e antiga igreja guarda em seu altar uma gota de sangue de Cristo, segundo os historiadores. 

Teoricamente é necessário pagar uma taxa para entrar, mas no dia em que fui entrei gratuitamente. É expressamente proibido tirar fotos dentro da igreja e vale sua visita, principalmente, se for católico.

FONTE, MARKTPLATZ E RATHAUS (PREFEITURA) 

GEORGSBRUNNEN

Subindo a rua novamente, volte para a Markplatz e olhe para o seu canto direito. Ali, não tem como não ver a linda fonte Georgsbrunnen, com profundidade de oito metros e datada de anos de 1400.

Toda aquela beleza já foi cenário de acontecimentos tristes, já que em sua frente aconteciam rituais de tortura, além da forca.

RATHAUS

Olhando para a direita está o imponente e belíssimo prédio da prefeitura (Rathaus), que é outro local para ver Rothenburg do topo. Apesar de ser um local famosa para subir, prefiro a vista da torre da entrada da cidade disparadamente.

Subi as duas e posso falar que me decepcionei com a vista do topo da Rathaus. Além do perrengue da escadaria ser muito mais estreita, o quadrado onde saímos, ou seja, o mirante é muito abafado, estreito (mais estreito que subi em toda Alemanha) e as pessoas ficam se debatendo para ir de um lado para outro. O espaço é mínimo. Pra mim, só valeu pela vista da Marktplatz do alto. Para subir paga-se 2,50 euros.

AINDA NA MARKTPLATZ…

Ao lado da Rathaus está o Ratstrinkstube com seu pitoresco relógio no topo. A exemplo da Rathaus de Munique, dependendo do horário, das duas janelas laterais saem dois personagens  fazendo um movimento bem tímido. Informe-se dos horários no centro de informações turísticas, pois dependendo da época pode variar.

MUSEU DE CRIMES MEDIEVAIS (MITTELALTERLICHES KRIMINALMUSEUM)

Saindo da Marktplatz desça até um lugar interessante e ao mesmo tempo macabro, o chamado Museu de Crimes Medievais. Para entrar no museu é necessário desembolsar 7 euros. Lá é possível ver diversos casos de crimes cometidos durante a Idade Média, assim como, ver objetos utilizados na tortura dos prisioneiros. 

Não quis entrar, mas quem gosta deste tipo de entretenimento é um prato cheio.

FEIRA DE NATAL (REITERLESMARKT)

Caso tenha planos de ir à Alemanha durante o inverno, programe-se para ir na época em que as feiras de Natal já estão funcionando. Para saber o período em que ocorrerá a próxima, procure no Google o termo Reiterlesmarkt. Segundo o pessoal do órgão de turismo, é a melhor forma de saber quando acontecerá no ano em que vier. 

QUANTOS DIAS FICAR EM ROTHENBURG OB  DER TAUBER?

Minha resposta é: depende. Se você estiver no meio da Rota Romântica, o ideal é dormir na charmosa cidade. Entretanto, dá para fazer tudo tranquilamente em um dia. 

Se quiser fazer bate volta, apesar de eu ter pavor desta palavra, dá tranquilamente. A única atenção é com os horários dos trens, caso não venha de carro. Tente não pegar o último trem. Eu infelizmente peguei o último trem. Como ele atrasou, atrasou todo o cronograma de trens que pegaria na sequência e passei o maior perrengue. A estação da cidadela é pequenina.

ONDE FICAR EM ROTHENBURG OB DER TAUBER?

Entre as opções, recomendo as mais bem avaliadas pelos hóspedes. Entre elas: Romantik Hotel, Burghotel, Hotel Herrnschloesschen, assim como o Hotel BurgGartenpalais.   

Confira outras opções a ótimos preços clicando neste link.

É NECESSÁRIO ALUGAR UM CARRO?

Se fizer toda a Rota Romântica é praticamente mandatório alugar um carro. Agora, se for somente fazer um bate volta de uma cidade próxima ou distante, o trem funciona muito bem. 

Caso alugue um carro, recomendo pesquisar e já contratar com antecedência e no Brasil. Recomendo utilizar site que possui comparativo de diversas locadoras em um único lugar, podendo parcelar em reais e sem IOF. Clique neste link para ver as melhores opções.

FAÇA TUDO A PÉ DENTRO DA CIDADE MEDIEVAL

Apesar de muitos chegarem de carro, o que recomendo é deixar do lado de fora o carro e depois ir a pé até a cidade murada. Se vier de trem, a entrada é bem pertinho da estação. 

A dica que eu dou é ir com sapatos confortáveis para subir e descer as escadarias e perambular. Meninas, não recomendo ir de saia pq vai subir e descer escada a todo tempo e pode ser desconfortável. 

VALE A PENA CONTRATAR UM TOUR PRA IR ATÉ LÁ?

Sinceramente, acredito que não. Você consegue fazer tudo tranquilamente sozinho, a não ser que queira ter noção de toda história da cidade. Também é possível contratar um tour guiado na cidade. Não se preocupe.

DICAS GASTRONÔMICAS

Qualquer canto que você entre vai comer bem, sem sombra de dúvida. Entretanto, duas dicas eu me permito. Uma delas é comer o famoso doce da região, o schneeball. Nada mais é que uma bola com tamanho similar a uma bola de tênis. Frita, pode ser coberta de diversos sabores.

Além desta dica, tente comer nem que seja um lanche na Brothaus, uma padaria fundada em 1616. Fui pegar um lanchinho pra comer na volta e me arrependi de não ter pegado mais nada. O pão deles tem um sabor espetacular!

GOSTOU DA DICA? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

Além de não te custar nada mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Entretanto, caso tenha que cancelar e fazer uma nova reserva, entre novamente pelos links acima. Infelizmente, os sites acima desconsideram a comissão quando isso acontece porque não conseguem rastrear a origem.

Obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar sua viagem! 

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)