Auto estima elevada: nunca é tarde para dar um up na sua!

Auto estima elevada: nunca é tarde para dar um up na sua!

Você tem noção de quanto é importante manter a auto estima elevada? Parece besteira, mas a cada dia percebo como o impacto de estar bem consigo mesmo afeta nosso cotidiano. Entretanto, não necessariamente prestamos atenção nisso. Pra mim, isto sempre foi muito claro na cabeça, entretanto, nem pra todo mundo é. 

Muitas amigas brincam dizendo que tenho excesso de auto estima, mas se não for assim, como é que vai ser? Ficarei de cabeça baixa observando as pessoas falarem de mim ou me julgarem? Não, não e não. Não nasci pra isso! Podemos ser otários uma, duas, até três vezes, mas depois disso tem que aprender a lição.

Na contramão do meu pensamento vejo, cada vez mais, pessoas que preferem se apegar a dramas e tragédias a viver bem. Costumo dizer que coisas ruins dão mais Ibope que coisas boas, principalmente, quando o assunto for repercussão em redes sociais. Pode ver que quanto pior a situação ou a notícia, mais apego as pessoas tem ao tema. Sucesso é algo que parece proibido, que não pode ser celebrado. 

Sinceramente, no Não Pira, Desopila sabemos que o caminho da tragédia dá mais views, likes etc, entretanto, não é esta mensagem que a gente quer passar. Não queremos colocar uma foto botando a bunda pra jogo com uma legenda de auto ajuda, por exemplo. Quem faz isso pra mim tem um problema sério de auto afirmação, estima, além de solidão, que contamina todas as outras pessoas negativamente, mesmo sem perceber. É algo do tipo: Olha, minha bunda tá maravilhosa, mas a vida tem lá seus dramas.

AHHHHHH! 

Me poupe…a pessoa quer uma chuva de likes, comentários, tais como, linda, não fica assim porque é maravilhosa e por aí vai. Se você cai nesta armadilha das redes sociais, fique atento. O motivo? Impacta diretamente a sua auto estima. Uma pessoa pra baixo ou falando coisas pra baixo nos traz esta energia ruim pra dentro da gente, mesmo sem querer. Por isso, não gosto de compartilhar tragédia. Entenderam?

Claro que a vida não é só sorriso, mas partir da positividade é uma das coisas que ajudam e muito a sermos melhores e gostarmos mais de nós mesmos. 

COMO CHEGUEI A ESTA CONCLUSÃO?

Além da experiência de vida, recheada de glórias, assim como, de tombos, cheguei a esta conclusão neste reflexo na vida das outras pessoas mais fortemente agora, com meu relato sobre a cirurgia de redução de mama

Muitas, mas muitas mulheres mesmo tem me procurado ou comentado no meu texto sobre a baixa auto estima que têm por conta do descontentamento com seus seios. E eu entendo perfeitamente. Não é fácil conviver com uma parte do corpo que se tem vergonha ou não está feliz. 

Apesar de ser a favor de amar o seu corpo do jeito que ele é, sei que é uma árdua missão estar satisfeita com tudo. Afinal, pouquíssimas mulheres se aceitam exatamente como são fisicamente. Homens também são assim, mas eles guardam os comentários para si próprio na maioria dos casos.

Brinco que quando a auto estima está elevada, aquela barriguinha a mais daqui, aquela celulite dali não são um incomodo. Eu, por exemplo, sempre aceitei bem meu corpo. O que me incomodava mesmo era o tamanho dos seios, que não combinava ou conversava com o resto.

Depois da cirurgia, 100% das pessoas que me conheciam antes da cirurgia me olham e tecem  o comentário: “Nossa, como você tá magra!”. Na verdade não é que estou mais magra, mas os seios que agora harmonizam com o meu corpo agora. 

Por isso, se não está contente com o seu corpo, com seu cabelo ou até com o seu relacionamento, mude! Elimine o que está te incomodando e viva melhor consigo mesmo.

FALAR É FÁCIL, FAZER É DIFÍCIL?

Depende. Quando realmente se quer mudar e, há condições pra isso, não tem como conviver com algo que te incomoda. Vocês não tem noção de como fico feliz quando recebo as mensagens da mulherada que lê meu texto sobre a redução de mama. Sinto orgulho de mim mesma porque sei que estou incentivando mulheres com auto estima baixa a terem uma chance de vida nova. 

Por isso, o falar tem que ser fácil e o fazer também. Em um mundo tão conectado, a gente sempre tem que se conectar primeiramente conosco. Depois disso é que vem o resto das pessoas e não o contrário. Se contaminar pelo pensamento alheio te traz fraqueza e não força. E é necessário força pra se ter auto estima elevada, não tem jeito. 

O QUE PRECISA PARA TER AUTO ESTIMA ELEVADA?

  • Fale EU SOU FODA em frente ao espelho, todos os dias – isto não é arrogância e, sim saber que tem alguém com potencial dentro de você. Talvez ainda não conheça você mesmo;
  • Auto conhecimento pra saber como ser FODA;
  • Viva intensamente suas conquistas;
  • Chore quando tiver que chorar, sorrir na hora que tiver que sorrir. Ser transparente, não esconder sentimentos te fará mais leve;
  • Procure ser positivo em TODOS OS MOMENTOS;
  • Se apegue a opiniões próprias ou de pessoas que realmente são exemplo de sanidade e positividade;
  • Evite ficar perto de pessoas negativas ou que te criticam. Isto inclusive pode ser inveja das brabas;
  • Deixe de seguir pessoas que vivem falando sobre pensamentos, reflexões etc em uma foto para ter likes. Não caia nesta furada;
  • Procure uma válvula de escape quando estiver em uma situação delicada e pense que tudo dará certo.

Enfim, VIVA a sua vida da forma mais leve possível e fuja dos parasitas que podem te colocar pra baixo. 

MAS…

está desempregado, frustrado com o amor, tá sem grana? Ou seja, tudo errado na vida? Calma, lembre da positividade, lembre dos seus grandes feitos, assim como, de todas as conquistas. Pense que cada coisa se resolverá de uma só vez e enfrente cada leão de uma vez. As coisas darão certo antes mesmo do que imagina, se colocar boas energias e vibrações em seu entorno e em si próprio. 

Qualquer coisa, é só me chamar 😉 

Crédito da foto de capa: pixabay.com

Aproveite a visita e tenha acesso ao Clube de Descontos e Vantagens do blog, clique aqui.

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)