O que fazer em Colmar, na charmosa Alsácia?

O que fazer em Colmar, na charmosa Alsácia?

Procurando o que fazer em Colmar? Sabia que a pequena cidade pertence a região da Alsácia e fica bem pertinho tanto da Alemanha quanto da Suíça, inclusive com forte influência destes dois países? Eu mesma, aproveitei esta proximidade e dei uma escapadela durante minha estada em solo germânico.

Fui em pleno verão europeu e é claro que paguei o preço de encontrar a cidade abarrotada de turistas de todas as nacionalidades, inclusive muitos franceses e alemães. Mas pra mim, não há nada melhor que aproveitar a Europa durante a estação mais quente do ano.

Já adianto que um dia é mais do que suficiente para conhecer os principais pontos de Colmar. Entretanto, um dia que comece cedo, para fazer tudo com calma. Não se esqueça que durante o inverno, os dias são muito mais curtos. Planejamento é a chave para não perder nenhum ponto imperdível na cidade, ok? Ahhh…outra coisa. Quase esqueci de escrever nesta introdução. A cidade é uma das mais famosas da Alsácia por conta de fazer parte da Rota do Vinho.

Recados dados, bora lá saber o que fazer em Colmar. Além disso, darei algumas dicas de hospedagem tanto em Colmar quanto na quase vizinha Strasbourg.

O QUE FAZER EM COLMAR?

As dicas e pontos abaixo são para o roteiro de um dia em Colmar, o que acho ideal. Até mesmo porque tem outras vielas e citadelas próximas que também valem sua visita.

CENTRINHO

O centrinho de Colmar é onde estão os principais pontos turísticos. Por isso, é tão fácil conhecer um geralzão em apenas um dia. Prepare-se para andar sem pressa, se perder e se achar por lá, mas não se esqueça de visitar estes pontos:

LA PETITE VENISE (A PEQUENA VENEZA)

Se chegar de carro e parar próximo a um das principais entradas do Centrinho é praticamente certeza que se deparará logo com La Petite Venise. Por isso, de cara já se encantará por Colmar. E não é para menos. Como o próprio nome diz, trata-se de um canal que tem como vizinhança casinhas fofas e muitas, mas muitas flores.

Muitos turistas aproveitam o visual para dar uma volta em uma das embarcações. Entretanto, há muitos que se contentam em fotografar e curtir o ir e vir dos barquinhos. Claro que em nada a paisagem remete à Veneza, mas o clima é tão delicioso quanto. 

MUSEU BARTHOLDI

Separe um tempo para visitar o Museu Bartholdi, que leva o sobrenome de Auguste, o criador da Estátua da Liberdade. A casa em que viveu o artista francês traz suas belas esculturas, assim como, outras obras e história. Para quem gosta de arte, um verdadeiro prato cheio.

IGREJA GÓTICA DE SAN MARTIN

Já que estará pelas redondezas, aproveite e dê um pulo na Igreja de San Martin, que é toda em estilo gótico. Imponente por fora, não tem como não achá-la facilmente na pequena Colmar.

OLHE PARA CIMA E VEJA A ARQUITETURA E DETALHES DE SUAS CASAS

Colocar na rota sobre o que fazer em Colmar o tal do olhar para cima para ver os detalhes das casas é algo que soa esquisito, mas não é. Quando estiver por lá, lembrará de mim. Destaque para duas casas que terá que colocar no Google Maps a Maison dês Tetes, assim como, a Maison Pfister.  

O que chama atenção na primeira é a escultura de várias cabeças humanas em sua fachada. Caso queira se hospedar nela, não perca a possibilidade. Além de ser um dos clássicos, não é nada mal se hospedar em uma casa histórica datada de 1609. Já a segunda, chama atenção pelo conjunto arquitetônico e cores. Construída por Ludwig Scherer em 1537 não é possível ficar na casa, até porque é considerada um monumento francês. 

TRENZINHO

Se o sol estiver muito forte, se estiver com preguiça ou quiser mais informações de cada um dos pontos é bacana fazer um passeio de trenzinho pelo centro de Colmar. Para alguns parece até ser um mico porque as atrações são muito concentradas, mas fica a dica.

PROVE UM VINHO DA REGIÃO

Uma vez em um dos principais locais da rota do vinho é praticamente uma heresia não prová-lo. Quando estive em Colmar, tinha algumas barracas servindo taças e garrafas de vinho. Muitas pessoas pegavam o seu vinho em tais barracas, a comida em outro local e sentavam nas mesinhas por ali para beber e comer bem. Claro que eu fui na onda.

Caso opte por tomar uma taça, pode pedi-la, pagar pelo copo e depois pegar seu dinheiro de volta, quando da devolução da taça. É muito comum este procedimento não somente nesta região da Alsácia, mas também em vários locais da Europa.

 

 

COMA EM UM RESTAURANTE ESTRELADO

Sabia que Colmar é um dos lugares em que tem a maior concentração de restaurantes com estrelas Michelin? Sabendo disso é claro que não pode deixar de provar a gastronomia de um deles. Aproveite e inclua também um dos vinhos da região para harmonizar e ter o conjunto completo da obra.

Se prestar atenção no chão das ruas de Colmar verá algumas placas triangulares. O motivo? Elas apontam para monumentos ou locais de interesse para o visitante. Ou seja, além de olhar pra cima para ver as casas, olhe para baixo para ver se não perde nenhum dos pontos de interesse.

GOSTOU DA DICA SOBRE O QUE FAZER EM COLMAR? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

  • Que tal reservar sua acomodação pagando o melhor preço? Confira opções com descontos de até 50% através deste link.
  • Sabia que o seguro viagem é obrigatório na Europa? Quer viajar tranquilo e ainda ganhar milhas da Smiles? Contrate o seu com atendimento pelo Whatsapp e pontuação Smiles a cada real gasto. Além disso, leitores do blog tem desconto cumulativo de 20 a 50% com o código DESCNPD. Clique neste link e entenda como garantir o melhor preço! 

Além de não te custar nada mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Entretanto, caso tenha que cancelar e fazer uma nova reserva, entre novamente pelos links acima. Infelizmente, os sites acima desconsideram a comissão quando isso acontece porque não conseguem rastrear a origem.

Obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar e fazer sua viagem!

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)