O que fazer em Munique, além da Oktoberfest?

O que fazer em Munique, além da Oktoberfest?

Procurando o que fazer em Munique? Apesar de um forte apelo turístico por conta da Oktoberfest, um dos festivais mais populares do mundo, a cidade é muito mais que isso. 

Flores para todos os lados, pessoas educadas, cervejas consideradas como das melhores do mundo, bela arquitetura e muita, mas muita história farão seus olhos brilharem. Te garanto. 

Se me perguntar qual é a melhor época para visitar Munique, direi durante o verão e na Oktoberfest. Dias longos, badalação vibrante nas ruas, parques cheios de gente feliz e muita cerveja boa são alguns dos motivos para conhecer a cidade durante o verão. Já na época do festival, ele em si, ocupará muito do seu tempo e, é claro que sobrará pouco tempo para conhecer Munique como deve conhecer. Ou seja, caso vá no verão ficará um gostinho para voltar na Oktoberfest. Se for em outubro, ficará com um gostinho de conhecer a cidade durante o verão. Como fui na estação mais quente do ano, fiquei com este tal gostinho de voltar para a Oktoberfest.  

Mas vamos lá, bora para dicas do que é imperdível na cidade da cerveja?

O QUE FAZER EM MUNIQUE?

MARIENPLATZ

O lugar mais lindo e mais cheio de Munique. Não tem como não se encantar com a arquitetura da Rathaus (prédio da Prefeitura) e com todas aquelas flores que habitam suas sacadas e afins. Tente estar na Marienplatz às 11:00 para ver os bonecos se movimentando enquanto os sinos e uma harmoniosa música tocam por 10 minutos.

Praça mais badalada da cidade também abriga charmosos restaurantes e cafés. Se for no verão, recomendo que peça uma caneca de Hacker-Pschorr Pilsen a EUR 5,50 e a beba do lado de fora, olhando o burburinho. Alguns se incomodam com o cheiro do cigarro nas mesas vizinhas, mas tente uma mesa na ponta para se livrar do perrengue.  

ALTER PETER (ST. PETER´S CHURCH)

Ao lado de Marienplatz está a Igreja de São Pedro. Respire fundo e suba os seus estreitos 306 degraus (taxa para subir – EUR 3) para ver uma das melhores vistas 360 graus da cidade.

Recomendo que vá cedo para pegar o mínimo de pessoas no topo. Além do espaço ser bem estreito, tem grades em algumas partes, o que causa certo desconforto não somente para fotos, mas também para transitar. Parece que estamos em uma lata de sardinha, literalmente. Apesar deste pequeno detalhe, prepare-se para babar. É lindo demais! Durante o verão, evite os horários mais quentes porque é uma verdadeira sauna.

Não deixe de visitar a igreja também. Tem uma arquitetura interessante, além de seus vitrais. 

FRAUENKIRSCHE

Saia de Alter Peter e dê um pulo na Frauenkirsche de Munique. Reza a lenda que há uma pegada do diabo dentro desta igreja. Tal pegada representa sua fuga quando soube que era uma igreja (há outras histórias também).

Realmente há uma pegada ali e tem um mistério a sua volta. Quando você colocar o pé na pegada do diabo e olhar para frente, terá uma vista bem interessante do altar e das amplitudes da construção. É quase sinistro, mas não deixe de fazer o mesmo. 

Dê um pulo também na Igreja de St. Michael, que é a maior igreja jesuíta da Baviera. Na parte subterrânea estão os túmulos e restos mortais do Rei Ludovic II, assim como, de princesas e de príncipes (EUR 2 para visitar o sub).

RESIDENZ

Fãs de artes e museus, não o deixem fora da rota. O Residenz Munich ou Residência de Munique foi construído timidamente em 1385, sendo atualmente o maior palácio urbano da Alemanha. Além disso, é considerado um dos museus de decoração de interiores mais bonitos da Europa. Ou seja, visita obrigatória. 

Quem o vê hoje nem imagina que foi praticamente destruído durante os ataques dos aliados no final da Segunda Guerra Mundial. Para entrar, paga-se EUR 7 e pode combinar com Treasury e Cuvilliés Theatre por EUR 13, no total. Recomendo chegar cedo, já que tem muita coisa linda e interessante.

ODEONSPLATZ

Uma das principais praças de Munique, a Odeonsplatz já foi palco da tentativa de golpe do ex ditador alemão, assim como, de vários discursos inflamados de Adolph Hitler e seu 3. Reich. Felizmente, a praça deu espaço para a arte, sendo um dos principais locais para assistir a uma orquestra ou a um show pop na cidade, por exemplo.

Em seu entorno está a bela Theatinerkirche, assim como, o Feldherrhalle, que representa a hora do exército bávaro. Não tem como passar despercebido por estes dois pontos, quando na praça.

TEATRO DE MUNIQUE

Vale a pena contar sobre uma interessante curiosidade do Teatro de Munique. Em um dos incêndios que o local sofreu, os habitantes da cidade cortaram o fogo com litros e mais litros de cerveja. Atualmente, eles brincam que a atitude foi por conta de ter maior abundância de cerveja a água na cidade. 

Depois deste incidente, o teatro foi completamente restaurado e reconstruído, sendo completamente detonado durante a época da guerra. Hoje, felizmente, o teatro está de pé e é uma bela edificação na cidade. 

HOFGARTEN

Caminhando um pouquinho estará em Hofgarten, que assim como Odeonsplatz, tem arquitetura e influência italiana, percebida através de seu jardim. 

O Hofgarten é um dos locais mais florido e, que mais gostei em Munique. Por conta não somente de sua beleza, mas também por sua energia. Durante o verão, deixe se envolver ao ritmo da música e da dança dos casais que por ali ficam, atraindo olhares e mais olhares de turistas e locais. Quem sabe não entrar na roda também?

ENGLISCHER GARTEN

Considerado o maior parque do mundo, se quiser saber como um local curte o verão, por exemplo, o Englischer Garten é o local mais apropriado pra isso. Certamente, será o lugar que mais se impressionará em Munique. Os motivos? Vários, que vão desde ver muitos locais tomando sol sem ou quase sem roupa até surfistas pegando ondas radicais.

Você se assustou por conta do quesito nudez? Melhor rever seus conceitos. É muito comum e cultural os alemães frequentarem piscinas termais e alguns parques do jeito que veio ao mundo. Muito libertador!

Agora, se o susto foi por conta do surf, tenha certeza que não escrevi errado. Imagina no meio de faróis e uma paisagem super urbana aparecer um cidadão com uma prancha de surf, de bermuda e sem camisa a caminho do parque. Não imaginou? Mais um motivo para colocar na lista sobre o que fazer em Munique. Fiquei um bom tempo vendo a turma surfar dois distintos locais no parque. Como o parque é muito grande, coloque no Google Museu Haus der Kunst. Assim que ver um burburinho, aproxime-se. Grande parte dos surfistas estarão por lá. Os demais, mais novatos inclusive, estarão bem mais pra frente.

Além disso, alguns aproveitam o calor para percorrer o rio, com a forte corrente das águas. Até os patos entram na onda. E é claro que não falta toalhas de piquenique, bike para todos os lados e outras atividades que estamos acostumados pelos parques daqui. Destaque também para a Casa de Chá Japonesa, assim como, para a Torre Chinesa.

PARQUE OLÍMPICO

O Parque Olímpico de Munique ou Olympiapark foi construído para abrigar os jogos de 1972, entretanto, o seu legado permanece firme e forte até os dias atuais. Inclusive a parte de cima da construção é tombada por se remeter aos Alpes. 

Afastado do grande centro, o local se transformou parcialmente em uma grande área verde, sendo utilizado para grandes shows, festivais de verão, mercado de todos os cacarecos que possam imaginar entre outras atividades.

Se você gosta de ver cidades do alto, suba até o torre olímpica e tenha uma vista sensacional da cidade. Paga-se cerca de 7 euros para subir. Se estiver em dias ensolarados, vá no final do dia para contemplar o melhor por do sol da cidade na Olympiaberg, a montanha olímpica.

MUSEU DA BMW

Uma vez em Munique, se for apaixonado por carros ou não, vale a visita ao Museu da BMW. Além das últimas gerações de possantes da marca, verá também verdadeiras relíquias. O museu traz uma verdadeira linha do tempo, que fará com que os amantes de BMW fiquem horas por lá. 

Destaque também para o design do edifício, que lembra uma roda de carro, sendo todo espiral e que custou mais de EUR 500 milhões. Confira a programação para ver se é possível fazer uma visita também na fábrica.

VIKTUALIENMARKT (MERCADO DE RUA)

Se estiver durante o verão em Munique, Viktualienmarkt é parada obrigatória. Por lá um aglomerado de pessoas disputam um local no biergarten para comer o que pegou em uma das barracas ou lojas de comida. 

É certamente uma deliciosa parada para almoço e uma experiência gastronômica incrível para quem quer mergulhar na culinária local. Além disso, será um dos poucos locais que encontrará uma fonte abastecer sua garrafinha de água for free. #ficaadica

SCHLOSS NYMPHENBURG

Pra mim, a imponente construção é uma das mais belas da cidade. Bem afastado do centro, vale muito a visita ao Palácio (Schloss) Nymphenburg se for amante de arte e palácios. Com a base em estilo barroco e fundado em 1682, foi por muitos anos o palácio de verão dos governantes da Baviera.

Atualmente, Nymphenburg e seus prédios anexos atraem muitos visitantes, além de seus jardins serem palco de ensaios fotográficos para noivas, por exemplo. O lugar é tão belo e imponente que até quem tem aversão a foto, pedirá uma foto por ali.

Dada a sua grandeza, reserve um bom tempo para explorá-lo, já que é uma das principais atrações de Munique. Não deixe de admirar o estilo rococó do salão de festas, o salão da beleza, assim como, de visitar Amalienburg, Badenburg, Pagodenburg, Magdaleneklause e o Museu das Carruagens. Todos pontos de interesse que estão em seu enorme jardim.

Na parte interna o que mais te impressionará de longe será o Salão de Festas com um teto de babar de tão lindo e lustres tão luxuosos, que fazem juz a dimensão do palácio. Destaque também para o Salão da Beleza, em que há quadros de várias mulheres, consideradas as mais belas na época.

ESTÁDIO DO BAYERN DE MUNIQUE

Sou fã de futebol e, assim sendo, não poderia deixar de dar ao menos uma passadela pelo estádio do Bayern de Munique. Se chega muito tranquilamente de Metrô, é muito bem sinalizado. Infelizmente, não consegui entrar no estádio, mas cheguei próximo ao horário do por do sol. Foi sensacional ver toda aquela imensidão com o sol se pondo. 

ANDE DE BIKE POR MUNIQUE

Há muitos locais e turistas que preferem explorar a cidade de bike. É muito comum e uma delícia durante o verão. 

FAÇA UM PASSEIO HOP ON HOP OFF PARA TER UM BELO OVERVIEW DA CIDADE, ANTES DE EXPLORAR CADA UM DOS PONTOS ACIMA

Como já disse em diversos textos por aqui, quando não conheço uma cidade, faço questão de comprar o ticket de Hop on, Hop off para ter um belo overview e conhecer um pouco da história antes de explorá-la propriamente. Claro que não foi diferente em Munique. Comprei o passe da Grayline de 24 horas e, o utilizei inclusive para ir e voltar ao Palácio (Schloss) Nymphenburg, assim como, para ir ao Parque Olímpico e ao Museu da BMW.

Você pode adquirir o ticket do Hop on, Hop off diretamente em um dos pontos ou pela internet, através deste link. 

CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DE DACHAU

Bem próximo à Munique está Dachau e o antigo campo de concentração. Como sempre fui uma grande leitora da história do lado bom e do ruim, fiz questão de visitar. Claro que a energia dentro e no entorno é pesada, mas o que levo e a principal mensagem que o local quer passar é que lutemos para nunca mais acontecer este tipo de atrocidade no mundo. 

A logística de Munique a Dachau e de Dachau ao campo de concentração é muito simples. Por lá, você poderá fazer um tour guiado por EUR 3,50 em inglês (francês, alemão) ou um auto tour através do áudio guide em português (EUR 4). Fiz o tour independente e em português e, o que mais me impressionou, foram os depoimentos originais (em inglês) dos sobreviventes. É realmente de arrepiar. Foram mortas somente neste campo de concentração 41.500 pessoas inocentes entre 1933 e 1945. Muitas mulheres foram abusadas sexualmente, sendo servidas as tropas alemãs.

OKTOBERFEST DE MUNIQUE

Uma das festas mais populares do mundo, não há um ser que nunca tenha escutado falar na Oktoberfest de Munique. Fiz um texto super detalhado sobre a festividade que tem mais de 200 anos de trajetória, recheado de dicas e curiosidades. Deixarei o link aqui para não ficar extenso demais.

ONDE FICAR EM MUNIQUE?

Como disse no texto sobre onde ficar em Munique, saiba que a cidade têm muitas opções de hospedagem, até por conta da quantidade de turistas que recebe, principalmente, na época da Oktoberfest. 

A rede hoteleira é bem diversa e espalhada por toda cidade e arredores. Ou seja, boas e confortáveis opções para todos os bolsos e públicos. Entretanto, uma dica. Procure ficar bem localizado. Se for depender de trem para se locomover até a parte central, pode ser que passe algum perrengue por conta de eventuais atrasos. Isto não quer dizer que não recomendo sair do burburinho e, sim que tenham a ciência de que podem passar por algum desconforto. 

Em outras palavras, o que quero dizer é que se a sua escolha for um hotel próximo a Marienplatz, fará muita coisa a pé, além de estar próximo a estação do Metrô, por exemplo. Caso opte por ficar nos arredores de Munique, pode ser que tenha uma estação de trem ou Metrô muito próxima ou não. Além disso, terá que ficar de olho nos horários de partida do transporte, assim como, nos eventuais imprevistos na linha. Ou seja, terá que colocar na balança se pagar um preço atrativo na diária de um hotel confortável e afastado vale a pena.

SUGESTÕES DE HOTÉIS

Entre as boas opções na cidade considere  Mandarin Oriental Munich,  Leto Motel City Ost, assim como, o Deutsche Eiche. O primeiro tem a suíte presidencial mais cara da Alemanha (EUR 5.500), o segundo é um barato novo e bem confortável. Já o terceiro é voltado ao público LGBT. Além deles, considere as opções recomendadas pelo Turismo de Munique, que são Arcona Living MünchenHotel Stadt Rosenheim, assim como, Mercure Hotel München City Center. Entre minhas outras recomendações estão Aloft MunchenMarc Munchen, assim como, Platzl Hotel.

Caso prefira ficar em um apartamento, cuidado ao reservar sua hospedagem. Alguns sites especializados em aluguel de quarto ou apartamento inteiro já me deram dor de cabeça. Por isso, recomendo que pesquise através do site do Booking, que além de credibilidade, possui avaliações de hóspedes reais. Clique aqui e veja as opções em Munique.

OUTRAS INFORMAÇÕES

Caso queira mais informações e, em um nível de detalhe maior, acesse o site oficial do Escritório de Turismo de Munique através deste link.

LEIA TAMBÉM

POR QUE VOCÊ DEVE IR AO MENOS UMA VEZ À ALEMANHA

TREM NA ALEMANHA

OKTOBERFEST MUNIQUE – DATAS, ONDE FICAR ENTRE OUTRAS DICAS 

GUIA EM BERLIM E ROTEIRO

HOTEL EM BERLIM

RESTAURANTE EM BERLIM 

O QUE FAZER EM DUSSELDORF? 

ONDE FICAR EM DUSSELDORF?

HOP ON HOP OFF EM DUSSELDORF

O QUE FAZER EM ROTHENBURG OB DER TAUBER? 

O QUE FAZER EM HEIDELBERG? 

O QUE FAZER EM COLÔNIA?

Para outros textos da Alemanha, clique aqui.

GOSTOU DAS DICAS SOBRE O QUE FAZER EM MUNIQUE? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

  • Alugue o carro para sua road trip com benefícios e economia. Nosso parceiro cobre o menor preço, te isenta de IOF e ainda parcela. Saiba os detalhes e obtenha tais benefícios através deste link.

Além de não te custar nada mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Entretanto, caso tenha que cancelar e fazer uma nova reserva, entre novamente pelos links acima. Infelizmente, os sites acima desconsideram a comissão quando isso acontece porque não conseguem rastrear a origem.

Obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar e fazer sua viagem!

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)