Tomates marinados em uma salada deliciosa!

Tomates marinados em uma salada deliciosa!

Já pensou em fazer salada com tomates marinados?

Quando se trata da fruta, basta usar a imaginação. É uma infinidade de molhos, sopas, sanduíches, drinques, sucos, mas na salada é imbatível! O ingrediente mais querido e popular, além de colorir o prato, traz muitos nutrientes para nossa saúde.

Para variar o cardápio de todo dia, trago uma salada deliciosa de tomates marinados em um molho repleto de sabor.  A receita é preparada com azeite, vinagre balsâmico, mel, alho, assim como, manjericão e muçarela de búfala para finalizar.

O molho da marinada é bem simples de preparar. Pode ser usado para temperar salada de folhas, grãos e legumes como o chuchu, por exemplo. Mesmo com seu sabor neutro e fama de sem graça, com esse molho fica chuchu beleza!😍#amosalada

SALADA DE TOMATES MARINADOS

  • 4 tomates cortados em rodelas finas, gosto de usar o tomate rasteiro
  • 1/4 de xicara de azeite de oliva
  • 1/2 cebola roxa bem picadinha
  • 1 punhado de manjericão picado (reserve alguns para a finalização)
  • 1 punhado de salsinha picada
  • 1 dente de alho espremido
  • 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
  • 1 colher (sopa) de mel
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 6 a 8 bolinhas de muçarela de búfala

MODO DE PREPARO

Em um prato grande, arrume as fatias de tomate. Tempere com sal e reserve. Já em uma vasilha, adicione o azeite, vinagre balsâmico, assim como, mel, cebola picada, alho picado, manjericão e salsinha picados.

Misture bem, regue os tomates e deixe marinando por 1 hora. Finalize com as muçarelas de búfala, folhas de manjericão fresco e pimenta do reino moída na hora.

Você sabia ?

O tomate é uma fruta, embora seja tratado como legume. É um dos alimentos mais consumidos no mundo todo. Da família das solanáceas é parente da beringela, da pimenta e da batata.

É originário das Américas, levado para a a Europa pelos espanhóis.

Os botânicos deram o nome de Lycopersicon (pêssego do lobo) e mais tarde acrescentaram “esculentum” que significa comestível. Na França, recebeu o  título de “pomme d’amour” (maçã do amor), e os italianos o chamaram de “pomodoro” (fruto de ouro).

O tomate maduro contém mais licopeno que betacaroteno por isso é mais vermelho. Nos tomates amarelados, o licopeno se transforma em betacaroteno por causa da presença de uma enzima do tomate,a betaciclase. Quando verde, contém mais solanina, que pode acelerar os batimentos cardíacos, causar taquicardia, náuseas e vertigens em pessoas sensíveis.

LEIA NO BLOG TAMBÉM

Rolê de frango com molho pesto e tomate cereja

Provoleta com tomates 

Panzanella – salada de pão com tomates

Produção culinária e fotos: Marianne Rogatto ♥

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)