Cachoeira do Dragão: um paraíso na Chapada dos Veadeiros

Cachoeira do Dragão: um paraíso na Chapada dos Veadeiros

Já ouviu falar na Cachoeira do Dragão? Provavelmente não porque é uma nova atração na Chapada dos Veadeiros, cuja trilha e visitação foi liberada em 2017. Por isso, resolvemos acelerar os dias de nosso roteiro por aqui dando um salto do primeiro para o terceiro dia. Se ainda não conferiu nosso primeiro texto, clique aqui.

Claro que na sequência voltaremos com dicas das cachoeiras que trilhamos, mas já avisamos que esta em especial é de tirar o fôlego. A Cachoeira do Dragão nos faz ter certeza que realmente existe algo muito maior do que nós seres humanos.

Quando começamos o planejamento da viagem, a Cachoeira do Dragão estava na list do “must do”. Ou seja, nem precisa dizer que a trilha até lá foi o dia mais aguardado por nós do roteiro, não é mesmo? Ansiedade e adrenalina nas alturas. 

COMO CHEGAR NA CACHOEIRA DO DRAGÃO E COMO É A TRILHA?

Como estávamos na Vila São Jorge, fomos de carro ao encontro do grupo em Alto do Paraíso. De lá, seguimos com os guias em suas caminhonetes 4×4 o local de partida da trilha.

O trajeto de quase uma hora passa por dentro de fazendas e em algumas partes é bastante complicado o caminho. Lembrando que estávamos por lá em uma época de seca, o que teoricamente traz um pouco mais de tranquilidade ao caminho.

Imagina 4 km assim?! – Fonte: arquivo pessoal Fran Galvão

O percurso em si começa com uma caminhada de 4 km. A trilha é muito difícil e extremamente íngreme., o que fez o Vitor confessar posteriormente que só pensava na volta. Ou seja, em como seria difícil para a Fran rsrsrs

A primeira parada é no acampamento base. Ali, descansamos um pouco e tivemos um briefing do que encontraríamos dali pra frente.

Acampamento base com rede, banheiro, geladeira. Um oásis depois de 4km de caminhada – Fonte: arquivo pessoal Fran Galvão

E quer saber? A preocupação do Vitor era super válida. Já na descida a Fran estava em um estado lastimável rsrsrsrs. Mas se levante, se hidrate e bora que ainda tem um paraíso te esperando!

O próximo trajeto sabíamos que não seria também nada fácil. Apenas que valeria a pena!

Quem esta pior?? A Fran ou o pé da Fran ??
Fonte: arquivo pessoal do casal

É PERREGUE, MAS VALE A PENA!

O briefing que recebemos dos guias era animador #sqn. Podíamos encontrar pelo caminho animais peçonhentos como aranha e cobras, por exemplo. Para terem uma ideia, cada guia levava na mochila um frasco de um remédio local, caso alguém fosse picado.

No cálculo deles, caso isso acontecesse, a pessoa deve tomar uma tampa do remédio e colocar outra mesma medida no local atacado. Isto ajuda a ganhar tempo para a remoção até o hospital mais próximo. Soubemos disso não só por nossa causa, mas os guias também estão sujeitos ao mesmo risco e deveríamos saber como agir.  Animador não?!?!?!

E não é que tinha no caminho uma belezinha dessas mesmo?!?!onte: arquivo pessoal casal

Mas não para por aí. Outro aviso importante foi: os guias estavam vestidos com roupa de mergulho, mas elas eram para ser utilizadas por nós. Isto porque sempre há problema de hipotermia durante o percurso.

Bacana, né?!?! Bichos peçonhentos e frio!! Uau, isso que é prova de amor, Vitor rsrsrs

VOLTANDO A TRILHA

Enfim, simbora começar esta trilha e chegar até o tão aguardado Bafo do Dragão. Começamos a segunda parte da trilha por dentro de um rio. Parte caminhando, parte nadando. Um percurso de 3 km, munidos de capacete (devido a pedras soltas que vez o outra se desprende dos paredões), colete e uma prancha para flutuar em um trecho especifico.

Nada Fran, nada! – Fonte: arquivo pessoal casal

Fonte: arquivo pessoal do casal

Este é um percurso extremamente difícil, de cânions super fechados e água bastante fria (mais de 1 km fizemos nadando). Entretanto, o que realmente é de tirar o fôlego é a paisagem. Algo inacreditável!

Nunca tínhamos visto algo tão lindo na vida! São 2 quedas d’água enormes.

Estávamos em um dos meses que mais tem incidência de sol e mesmo assim fazia um frio cortante. Resultado? Adivinha quem entrou em processo de hipotermia e precisou das roupas dos guias? Sim, A Fran! hehehehe

Fonte: arquivo pessoal do casal

Problema resolvido, corpo aquecido, atravessamos as duas quedas para chegar no Bafo da Dragão, que é uma fonte de água quente para terminamos o trajeto de ida.

Como tudo que vai, tem que retornar, em algum momento chegaria a hora de fazer o caminho de volta. O mais difícil de tudo foi o trecho íngreme, mas o seguimos com uma sensação maravilhosa. Sensação daquele contato com uma natureza quase inexplorada. Um cenário que nunca imaginamos encontrar no coração do Brasil. E, para fechar com chave de ouro, fomos presenteados com um pôr do sol incrível!

Foi uma baita experiência, apesar dos perrengues. Ou seja, foi um ótimo exercício de superação pessoal.

Fechando com chave de ouro e gostinho de superação total! – Fonte: arquivo pessoal do casal

E PARA AQUELA FOME…

Na chegada a Alto Paraíso resolvemos jantar com a turma. A indicação dos guias foi o melhor PF do mundo. Ou será que era fome?? hehehe

Estava realmente muito bom! – Fonte: arquivo pessoal do casal

PRECISA DE GUIA PARA IR A CACHOEIRA DO DRAGÃO?

Sim, é obrigatório por conta do alto grau de dificuldade do trajeto, assim como, pela presença constante de alguns animais nada simpáticos de se encontrar pelo caminho. Contratamos uma equipe de guias locais e fomos até a Cachoeira do Dragão em 8 visitantes e 3 guias. 

QUANTO CUSTA PARA ENTRAR NA CACHOEIRA DO DRAGÃO?

A entrada na fazenda em que fica a cachoeira custa R$ 60,. Adicione R$ 150, por pessoa, que é o valor da diária do guia.

Fonte: arquivo pessoal do casal

QUAL É A MELHOR ÉPOCA PARA IR A CACHOEIRA DO DRAGÃO?

É possível visitar a Cachoeira do Dragão somente entre maio e novembro. Entretanto, prefira os meses de setembro a novembro por contar com maior incidência de sol nos cânions. Isto faz diferença, podem acreditar. 

Fonte: arquivo pessoal do casal

GOSTOU DAS DICAS SOBRE A CACHOEIRA DO DRAGÃO? QUER ECONOMIZAR? PLANEJE SUA VIAGEM POR AQUI! 

  • Veja todos os benefícios para leitores em nosso Clube de Descontos e Vantagens, clique aqui.
  • Que tal reservar sua acomodação pagando o melhor preço? Confira opções com descontos de até 50% através deste link.
  • Sabia que o seguro viagem é recomendável também no Brasil? Quer viajar tranquilo e ainda ganhar milhas da Smiles? Contrate o seu com atendimento pelo Whatsapp e pontuação Smiles a cada real gasto. Além disso, leitores do blog tem desconto cumulativo de 20 a 50% com o código DESCNPD. Clique neste link e entenda como garantir o melhor preço!
  • Alugue o carro para sua road trip com benefícios e economia. Nosso parceiro cobre o menor preço e ainda parcela. Saiba os detalhes e obtenha tais benefícios através deste link.

Além de não te custar nada mais, terá boas vantagens e ainda ajudará na monetização do conteúdo do blog. Para cada transação realizada, receberemos uma pequena comissão. Entretanto, caso tenha que cancelar e fazer uma nova reserva, entre novamente pelos links acima. Infelizmente, os sites acima desconsideram a comissão quando isso acontece porque não conseguem rastrear a origem.

Obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar e fazer sua viagem!

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)