O que fazer em Atlanta durante um stopover?

O que fazer em Atlanta durante um stopover?

O que fazer em Atlanta durante um stopover? Muita coisa bacana! Entretanto, a cidade, assim como o Estado da Geórgia merecem mais do que algumas horas ou um dia para serem explorados.

Sem dúvida, Atlanta é uma das minhas cidades preferidas nos Estados Unidos por conta da simpatia de seu povo, sua história e a praticidade de se locomover. Terra em que nasceu Martin Luther King e sede dos Jogos Olímpicos de 1996, teve uma importância ímpar na luta dos direitos humanos dos negros, assim como, no apoio dos Aliados durante a Segunda Guerra Mundial.

Por lá, não é nada difícil um habitante te oferecer ajuda ou te dar um Oi pelas ruas. O povo de Atlanta é assim mesmo, gentil! Por isso, acho uma pena ficar pouco tempo. Mas claro, nem sempre conseguimos ficar mais.

Fui a Atlanta pela primeira vez em 2004, depois da minha temporada de estudos no Hawaii. Fiquei um mês entre idas e vindas e, pude conhecer mais de perto sua cultura. Retornei rapidamente agora, em um stopover de 24 horas, e deu para matar um pouco das saudades que estava.

Apesar do curto período, deu para fazer bastante coisa. E é claro que neste texto os rechearei de dicas sobre o que fazer em Atlanta durante um stopover? Mas…

Antes de falar sobre alguns pontos, já adianto que seria pecado perder seu tempo em malls e afins. Aproveite para conhecer mais de sua história.

O QUE FAZER EM ATLANTA DURANTE UM STOPOVER?

Para quem não sabe, Atlanta é sede global de companhias importantes, tais como, CNN, Coca Cola e Delta. Claro que uma vez lá, algumas paradas relacionadas a estas gigantes são praticamente mandatórias.

CENTENNIAL OLYMPIC PARK

Guarde bem esta localização, já que o Centennial Olympic Park ou Parque Olímpico será sua melhor referência em Atlanta. Além de ser um amplo e delicioso parque, em seu entorno estão as atrações que recomendarei visitar durante este curto período na cidade. 

Se tiver tempo, sente em um de seus bancos e observe as pessoas. Verá que muitos dos habitantes te darão Oi. Se tiver espaço, tente bater um papo rápido e entenda um pouco melhor do que falo sobre a simpatia do povo. 

Nos dias mais quentes, verá vários show de águas da Fontain of Rings, bem perto da roda gigante. Quer algo mais convidativo que um banho de leve para se refrescar durante o verão, por exemplo? As crianças adoram e eu também!

CNN CENTER

Fundada em 1980 por Ted Turner, a CNN foi o primeiro canal a exibir exclusivamente notícias durante suas 24 horas de programação. É de longe a emissora de TV mais assistida no mundo, já que está presente em mais de 200 países e possui diversas ramificações. 

Por isso, não se pode desprezar a oportunidade de conhecer algumas instalações da maior emissora de TV do mundo através de um tour guiado, não é mesmo? Com duração aproximada de uma hora, durante a visita há uma demonstração de como funciona a sala de controle, assim como, um estúdio de TV com teleprompter. Além disso, é possível ver através de um aquário, a transmissão ao vivo da CNN US, assim como a área da redação. Por motivos óbvios, não é possível filmar ou fotografar as dependências tanto dos estúdios quanto da redação. 

Valor Behind-the-Scenes tour: USD 15

Caso queira entrar nos estúdios e fazer um tour VIP é possível. Basta desembolsar adicionais USD 18. Qualquer pessoa ter acesso a esta visita, apesar da grande maioria dos que a fazem serem da área de Comunicação.

Uma dica e uma curiosidade: 

No CNN Center tem uma praça de alimentação com alguns opções para todos os gostos. Se estiver com o tempo curto, nada melhor que fazer sua refeição por lá. Foi o que fiz e recomendo pelo tempo que tinha, apesar de sugerir que todos comam o famoso frango empanado do Busy Bee Café.

A escada rolante em vão livre, que dá acesso ao tour da CNN, é considerada a maior do mundo com seus 60 metros. 

WORLD OF COCA COLA (OU MUSEU DA COCA COLA, como muitos dizem)

Creio que este seja o local mais frequentado pelos turistas. A marca de refrigerante mais consumida do mundo abre suas portas aos visitantes com histórias e verdadeiras relíquias. 

Há várias opções de entretenimento, sem necessariamente serem guiadas. Para mim, o ponto alto é a degustação livre das mais variadas marcas de refrigerantes de todos os continentes. Claro que, a rainha master, a nossa Coca Cola e suas mais diversas versões ficam em uma área apartada, com degustação livre também. Ou seja, uma perdição!

Valor do ingresso: USD 17

Há a opção de fazer o tour VIP por USD 32,.  

CENTER FOR CIVIL AND HUMAN RIGHTS (CENTRO DOS DIREITOS CIVIS E HUMANOS)

Pra mim, a melhor atração de Atlanta de longe! Além de ser um banho de história sobre os temas tanto nos Estados Unidos quanto ao redor do mundo, te faz refletir sobre o que tem feito para fazer um mundo melhor. Te faz refletir também sobre as atrocidades feitas no passado.

Dividido entre três andares, reserve ao menos duas horas para visitá-lo. No subsolo está uma área para memórias de amigos e do próprio Martin Luther King (ou simplesmente Dr. King). No andar térreo estão várias fotos, fatos, vozes e vídeos que mostram a luta que foi a conquista dos direitos humanos dos negros nos Estados Unidos. Já no andar de cima estão vídeos, vozes, histórias e muitas fotos sobre a luta pelos direitos civis e humanos ao redor do mundo. 

Valor do ingresso: USD 19,99

OUTRAS ATRAÇÕES NO ENTORNO

Além das atrações acima, há outros pontos de interesse no entorno, tais como, o Football Hall of Fame, o Fernbank Museum of Natural History, assim como, o Aquário (que tenho evitado ir ao redor do mundo).

ATLANTA CITYPASS

Para quem planeja ir as diferentes atrações de Downtown Atlanta, recomendo que adquira o Atlanta CityPASS, em que estão inclusos todos os pontos acima pelo valor de USD 76 para adultos e USD 62 para crianças acima dos dois anos.    

É possível adquiri-lo online ou diretamente em uma das atrações que estão inclusas. Veja mais detalhes diretamente no site, clique aqui.

O QUE NÃO ESTÁ INCLUSO NO CITYPASS E VALE A PENA?

Uma vez que estará circulando pelos arredores do Parque Olímpico não há como ignorar a SkyView Atlanta. Uma enorme roda gigante em que é possível ter uma vista muito bacana da cidade tanto de dia quanto a noite. O ingresso custa USD 13,89 plux TAX para adultos. 

Ali bem pertinho tem o símbolo dos Jogos Olímpicos para usar e abusar das fotos. Pena que desta vez que fui o entorno do símbolo estava em obra. 

ONDE FICAR EM ATLANTA DURANTE UM STOPOVER?

Já que o tempo será curto, nada mais prático e melhor que ficar em Downtown Atlanta. Há diversas boas opções de hotéis, mas sinceramente recomendo ficar na acomodação em que fiquei. Ou seja, no The American Hotel Atlanta Downtown.

Os dois principais motivos da minha recomendação é que é histórico e possui excelente localização. The American Hotel foi o primeiro hotel a aceitar negros como hóspedes após todo movimento de luta pelos direitos que acima descrevi. Por falar em eventos do passado, destaque para sua decoração vintage, anos 50. Me senti transportada ao passado com toques de modernidade e conforto. 

Está localizado em uma região muito segura, inclusive a noite, que é Downtown Atlanta. Além disso, está a menos de 200 metros do Centro Olímpico e a cerca de cinco minutos a pé do metrô (Marta). Para terem uma ideia, cheguei no aeroporto de Atlanta próximo a meia noite em um voo doméstico e em 25 minutos estava na porta do hotel. Fiz todo trajeto sozinha e foi bem tranquilo. 

COMO SE LOCOMOVER ENTRE O AEROPORTO E DOWNTOWN ATLANTA?

A linha do Marta está dentro do aeroporto de Atlanta. Ou seja, é muito fácil sair de lá a Downtown Atlanta, por exemplo. Há também a opção de ponto de taxi ou Uber, apesar de eu achar muito fácil e rápido transitar de transporte público. 

Acho incrível esta facilidade no aeroporto mais movimentado do mundo. O ticket do Marta de one way custa USD 3,50. 

ÚLTIMAS DICAS

  • Atente-se para os horários das atrações e transporte público para melhor se planejar.
  • Veja nos highlights do Instagram os Stories do meu stopover. Assim saberá melhor o que fazer em Atlanta entre outras curiosidades, clique aqui. 

AGRADECIMENTO 

Um agradecimento especial ao Atlanta Convention & Visitor Bureau, assim como a L Contents, que me deram todo suporte durante minha estada na bela e histórica Atlanta. 

 

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)