Grotta Azzurra (Gruta Azul) – passeio imperdível em Capri!

Grotta Azzurra (Gruta Azul) – passeio imperdível em Capri!

Ir a Capri e não ir a Grotta Azzurra é quase o mesmo que dizer que não conheceu a beleza marítima da Ilha de Capri. Isso não é exagero meu, pois a Gruta Azul ou Grotta Azzura é uma das paisagens e locais mais belos e inesquecíveis não somente da região, mas da Itália como um todo. Muitas pessoas acharão um absurdo eu falar isso, que a entrada para a Gruta Azul é estreita, minúscula etc etc, mas quem não passa perrengue para ver as belezas naturais deste mundão, hein? – Então, “menas…”

Bom, vamos a realidade dos fatos, no meu ponto de vista? Assim conseguirá avaliar se acha absurdo ou não passar perrengue para conhecer.

Como acontece?

Super simples! Basta ir ao pier de Capri e logo verá faixas e indicações enormes e bem sinalizadas com “Grotta Azzura”. Ali você compra o seu ticket e espera o seu horário para embarcar em um lancha que vai até a frente da gruta, “caverna marinha”, da cave etc que você vai adentrar.

De lá, terá uma outra embarcação bem menor que leva os turistas para dentro da Gruta Azul. É aqui que está a emoção ou desespero do passeio…rs! Você estará em um barquinho bem pequeno – Manja aqueles no Nordeste que levam pra ver cavalo marinho ou aqueles de travessia de um pouco a outro? Então, bem isso! – e o condutor que te levará para dentro da Grotta Azzura te orientará para no momento exato deitar o máximo possível o corpo na embarcação.

Claro, que com isso, você deita a cabeça quase que “nas partes” do cidadão ou cidadã que estará atrás de você e vice versa, mas faz parte do jogo. Para quem leva na esportiva, é divertido. Tudo é muito rápido para entrar por aquele buraco de aproximadamente 1 metro de altura e pouco menos de 2 metros de largura…

Na hora que você “levanta o corpo” e se depara com toda aquela belezura e azul do mar de dentro da Gruta Azul você nem lembra das “partes alheias” e do perrengue e só admira aquele espetáculo da natureza. Para melhorar a experiência, muitas barqueiros (um por vez), se ousam a cantar uma famosa canção italiana (Volare entre outras), que ecoa por todos os cantos. A experiência É ÚNICA! Acredite…

 

Por lá, ficamos por volta de no máximo 5 minutos, até porque a fila de pessoas querendo entrar é alta e não pode bobear com a maré para sair. Por falar em saída, a gente volta ao esquema do “deita nas partes, nas pernas e por aí vai” e sai da gruta, pega a lancha novamente e volta ao pier de Capri.

Quanto custa e qual horário do passeio para Gruta Azul que sai do “pier de Capri”?

São 14 euros + a caixinha que terá que dar ao barqueiro que te entrará contigo na Grotta Azzurra. Entendido que aqui nem pensar em não dar a caixinha pelo risco dele deixar você bater a testa na gruta, certo? A gruta está aberta para visitação entre 9:00 e 17:00, dependendo das condições climáticas.

Qual melhor horário para visitar a Gruta Azul de Capri?

O horário que tiver maior incidência de sol para refletir um azul ainda mais incrível lá dentro. Vamos dizer que a partir de 12:00 seria o horário ideal. Só atente e veja a previsão do tempo do dia.

Qual melhor época para ir a Capri?

Se puder ir em junho ou após as férias coletivas italianas de agosto até a primeira quinzena de setembro será perfeito. Não recomendo muito julho e começo de agosto por conta da muvuca e dos preços inflacionados, mas TEM QUE IR no verão europeu ou próximo a estação. Caso contrário será besteira. Esta parte da Itália precisa de sol e calor para ser vista e aproveitada.

Tá gostando das dicas? Seja mais um leitor parceiro e ajude a gente também!

Precisa reservar seu hotel ou hostel? Se você reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking) ou qualquer outro serviço através destes links de seguro viagem com comparativochip internacional de celular entregue em casa ou aluguel de carro parcelado e sem IOF, além de não te custar nada a mais, ajudará na monetização do conteúdo, através de uma pequena comissão que receberemos. – Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking, entre novamente pelo link do blog para fazer a nova reserva, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva

Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará que viajemos cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis.

Pode nadar na Gruta Azul?

Não e sim! Pelo volume de passeios e embarcações que o local possui, não é possível nada dentro da Gruta Azul e nem daria tempo hábil pelo tempo que fica lá dentro, mas há alguns muitos que após às 17:30 – 18:00 aproveitam que não há mais barcos para entrarem e nadarem lá dentro. Já adianto que é perigoso e terminantemente proibido, principalmente por conta dos fortes ventos ou mar agitado em algumas épocas e por tudo que representa o local. Já imaginou uma onda te levando contra as pedras fora da gruta ou você não conseguir sair da gruta? Mas isto é por sua conta e risco. Apesar dos avisos de proibido nadar, sempre tem uns e outros que se aventuram.

Não compre antecipadamente! Atente-se antes porque já consegui e não consegui entrar na Gruta Azul

Pergunte como está as condições da maré antes de comprar o passeio a Gruta Azul. Falo isso porque se a maré estiver cheia, você não conseguirá entrar na Grotta e só a verá de longe, isso se conseguir ir até lá. Na primeira vez que fui a Capri era setembro e ventava muito naquele dia. A maré estava cheia e não consegui entrar, voltando com o barco para o pier.

Em uma outra vez que fui, também no mês de setembro, não tive problema e entrei na gruta sem maiores perrengues, além dos esperados e que contei acima. Caso o cara da bilheteria não te falar nada, espere o primeiro barco que retornar ao pier e pergunte se conseguiram entrar. Isso não será uma garantia em questões de maré x tempo de espera, mas já será um bom sinal.

Dá para fazer de outro jeito o passeio?

Sim, há outras formas de chegar por lá que não seja de lancha, mas não recomendo para quem está naquele passeio bate volta Roma Capri (já o fiz) ou virá de Sorrento por um dia só em Capri e Anacapri. Precisa ter calma e paciência, até por conta da fila.

Bom, mas respondendo é possível ir via Anacapri (“topo” de Capri) ou através de uma parada no passeio de volta à ilha (Yellow Line – Giro dell’Isola) ou até mesmo a pé vindo pela Viale T de Tommaso. Tem também os abastados que estão em iates ou lanchas privativas que resolvem parar por lá para entrar na gruta ou que contratam um tour privativo marítimo. Em qualquer destas alternativas é necessário pagar o ingresso do mesmo jeito, ou seja, não sai mais barato e sim quase o mesmo preço que sair do pier. O legal de pegar o passeio ali de perto da gruta (via Anacapri ou a pé) é ver todo o movimento e um provável menor tempo de espera pelo barquinho.

Para facilitar a vida de vocês na visualização e localização na marina, este passeio que do post é o Blue Line ou Grotta Azzurra. Se tiver mais tempo, recomendo a volta a ilha, que deve estar em torno de EUR 16 (sem o ticket da Gruta Azul) para ter uma visão melhor da ilha. Abaixo o mapa para terem uma ideia:

Curiosidade

Alguns italianos da Ilha de Capri dizem que o Imperador Tibério adorava nadar dentro da Grotta Azzura e, que se banhava todos os dias por lá, quando estava na região. Se isto é verdade ou não, só o Império Romano sabe, mas pergunte ao barqueiro sobre as estátuas e a banheira que ainda estão dentro da Gruta Azul.

Alguns outros italianos também dizem que a gruta foi tida como amaldiçoada por bruxas e afins por muitos anos, sendo quebrado este relato depois que alguns turistas alemães no início dos anos de 1800 entraram nela e redescobriram a sua beleza.

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e ajude a gente também!

Precisa reservar seu hotel ou hostel? Se você reservar sua hospedagem aqui no blog (através deste link do Booking) ou qualquer outro serviço através destes links de seguro viagem com comparativochip internacional de celular entregue em casa ou aluguel de carro parcelado e sem IOF, além de não te custar nada a mais, ajudará na monetização do conteúdo, através de uma pequena comissão que receberemos. – Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking, entre novamente pelo link do blog para fazer a nova reserva, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva

Isto fará com que sejam cobertos, em partes, os custos de manutenção e proporcionará que viajemos cada vez mais, trazendo cada vez mais estas e outras informações bacanas e úteis.

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)