Verrine de manjar de coco com calda de carambola e pimenta rosa

Verrine de manjar de coco com calda de carambola e pimenta rosa

Você já ouviu falar em verrine? Não? Bem, nada mais é que uma forma de servir preparações doces ou salgadas em copinhos de vidro e na medida certa para não exagerar na dose.

Como dizem que comemos primeiro com os olhos, para fazer uma verrine deliciosamente perfeita é importante cuidado na apresentação. Por exemplo, para não sujar os copinhos, um saco de confeitar ajuda a formar camadas perfeitas, mas caso não tenha, uma jarra também serve para colocar o creme no copinho sem comprometer o visual.

Quanto à finalização, é importante que capriche na decoração e não esqueça da colher ou garfinho, que já deve estar no copinho quando for servir. A nossa receita de verrine hoje é com manjar de coco, mas para variar um pouco nos sabores, escolhemos uma calda de carambola com pimenta rosa ao invés da tradicional calda de ameixas. A pimenta rosa que não é pimenta e, sim pequenos frutos de uma árvore chamada aroeira, comum na Mata Atlântica, recebe grau zero na escala usada para medir a “picância” das pimentas. Lembra um pouco o sabor do zimbro, trazendo um gostinho especial para a carambola e combinando perfeitamente com o manjar de coco.

Impossível não se encantar com uma verrine cheia de charme e sabor, com estrelas de carambola, pontinhos coloridos da pimenta rosa e fitas de coco fresco, um manjar dos deuses!

Receita de manjar de coco com calda de carambola e pimenta rosa

Ingredientes

2 garrafinhas de leite de coco
1 lata de leite condensado
1 e 1/2 xícara de leite integral
5 colheres (sopa) de amido de milho
Coco em fita (opcional)

Ingredientes para a calda

2 carambolas
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de água
1 colher (chá) de pimenta rosa

Modo de preparo

Coloque o amido de milho em um copo e adicione um pouco de leite. Misture bem, até que o amido esteja dissolvido.

Em uma panela, coloque o leite de coco, o leite, o leite condensado e o amido dissolvido, leve ao fogo médio mexendo sempre, até engrossar. Transfira o creme para uma jarra e coloque nos copinhos, aguarde esfriar e deixe na geladeira por 2 horas.

Modo preparo calda de carambola com pimenta rosa

Corte a carambola em fatias não muito finas e reserve.

Em uma panela, coloque a água e o açúcar e, leve ao fogo até o açúcar dissolver. Acrescente a pimenta rosa e as fatias de carambola e, ferva por mais 2 minutos. Desligue e fogo e deixe a calda esfriando.

Para servir: coloque uma ou duas fatias de carambola em cada copinho de manjar, um pouco de calda e finalize com coco fresco em fita.

Rendimento: 12 verrines

Um pouco de história:
O manjar branco é uma das sobremesas mais antigas do mundo – data de cerca de mil anos. Nasceu no sul da França, mais precisamente em Languedoc. Na idade média, era servido como acompanhamento de carnes claras e feito com mel. Em 1841,  a receita atravessou o Atlântico e foi incluído no primeiro livro de cozinha publicado no Brasil, “O cozinheiro imperial”. A sobremesa também é típica do Peru e do nordeste da Argentina, onde é preparada com leite e baunilha.

Quando você ama pimenta rosa e ganha um buquê lindo do marido!

 

Fez alguma das nossas receitas? Marque a gente no Instagram usando a #naopiradesopila.

Produção culinária e fotos: Marianne Rogatto ❤

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)