Dicas de Bonito, para ler bem antes de ir
17/01/2020 8 comentários

Dicas de Bonito, para ler bem antes de ir

Procurando dicas de Bonito? Fui ao destino duas vezes e têm alguns pontos que devem estar bem esclarecidos para que você não passe por eventuais perrengues. Por isso, estou aqui para trazer de forma bem realista de como as coisas realmente são.

Dividirei em tópicos como passeios e transportes para ficar em uma sequência lógica. Entretanto, o importante é absorver todos estes pontos para que possa ter a melhor experiência em Bonito.

Antes de começar meu post utilidade pública, para que se situem, Bonito está localizada no Estado de Mato Grosso do Sul. O Pantanal não está tão próximo, mas é possível fazer uma rota para conhecer o mesmo destino na mesma viagem.

DICAS DE BONITO: PASSEIOS

1 – RESERVE COM ANTECEDÊNCIA

Reserve seus passeios com bastante antecedência, principalmente, se for a região na alta temporada. A antecedência que eu digo é de pelo menos uns três meses para a alta temporada e ao menos um mês na baixa temporada.

Não pense que é muito tempo porque não é! Alguns passeios badalados, que fiz no mês de fevereiro, estavam em lista de espera desde novembro, por exemplo. Se deixar para última hora, ficará com o que tem para aquele dia, literalmente.

2 – SAIA COM ANTECEDÊNCIA

Sempre saia com bastante antecedência para os passeios, no mínimo uma hora se for longe. Isto porque algumas estradas são parte terra, parte asfalto e, nem que você seja piloto profissional, resolverá. Há alguns obstáculos nas estradas de terra que poderá inclusive destruir alguma parte do carro. Resumindo, esqueça andar em alta velocidade no chão de terra.

3 – CUIDADO COM OS ANIMAIS

O legal dos caminhos até os passeios é a convivência direta com o ambiente rural. Seriemas, vacas, ovelhas e outras espécies nos prestigiam ao longo do caminho. Entretanto, preste bem atenção na estrada para não acontecer qualquer incidente.

4 – RESPEITE OS HORÁRIOS

Os passeios acontecem em propriedades privadas e tem hora de chegada. Não se atrase, pois você provavelmente perderá o passeio. O número de pessoas que fazem por dia os passeios nas propriedades é limitado e os horários entre um grupo e outro variam entre meia em meia hora a cada hora.

5 – NEM TUDO ESTÁ INCLUSO

Quando as agências vendem os passeios nas flutuações ou nas cachoeiras, o valor do almoço é a parte do passeio, mas você pode incluí-lo. Verifique o valor antes de fechar o pacote completo.

6 – QUAL MELHOR PASSEIO EM BONITO?

O melhor passeio com flutuação é o badalado e disputado Rio da Prata. Se fizer esta flutuação, na minha opinião, não há a necessidade de fazer as demais oferecidas pelas agências.

7 – QUAL É O MELHOR PASSEIO DE CACHOEIRAS EM BONITO?

O melhor passeio de cachoeiras em Bonito é o do Rio do Peixe. Há uma variedade de atividades a se fazer por lá. Entretanto, o passeio dura o dia todo diferentemente do Parque das Cachoeiras que gira em torno de duas horas.

8 – O QUE É IMPERDÍVEL EM BONITO?

Não deixe de visitar a caverna da Gruta do Lago Azul. Se tiver um tempinho, vá à Gruta de São Miguel também. É bem pertinho, mas vá primeiramente à segunda para não perder o encanto.

9 – QUAL MELHOR HORÁRIO PARA FAZER FLUTUAÇÃO EM BONITO?

Opte por fazer o primeiro passeio de flutuação do dia para ter a melhor visibilidade. Como as flutuações ocorrem em partes dos rios que em alguns trechos a profundidade é menor que um metro, o primeiro “infeliz” que colocar o pé no chão durante a flutuação, apesar de proibido, poderá turvar levemente a água.

10 – MENINAS, CUIDADO COM O LOOK

Evitem levar biquíni tomar que caia. Na maioria dos passeios temos que colocar roupa de mergulho e está vestimenta torna-se um perigo…rs!

11 – NÃO ESQUEÇA DE LEVAR…

nos passeios às cachoeiras e nas flutuações uma segunda roupa e toalha, a não ser que prefira ficar todo molhado. Também não esqueça do protetor solar, assim como, do repelente. No caso das flutuações, não poderá utilizar o protetor e o repelente antes dos passeios para não degradar o meio ambiente.

12 – SOBRE O ABISMO ANHUMAS

Para estar apto a escalada no Abismo Anhumas, deverá fazer o teste de resistência ao menos um dia antes. Se for reprovado, esqueça do passeio.

13 – SOBRE AGÊNCIAS E GUIAS

Todos os passeios devem ser contratados nas agências espalhadas pela cidade e serão acompanhados por um guia. Não andará pelas dependências não públicas das propriedades privadas sem supervisão.

DICAS DE BONITO: TRANSPORTE 

1 – LOGÍSTICA

Todos os passeios, transfers e taxis são tabelados. Não adianta incorporar o espirito turco porque não adiantará…rs! Existe uma tabela de preços para tudo e deverá avaliar se vale a pena contratar ou alugar um carro em Campo Grande, por exemplo.

2 – CUIDADO COM A PEGADINHA

Quase ninguém avisa com antecedência, mas a flor aqui alerta. Os preços dos passeios não incluem o valor do transfer. Procure alugar um carro já em Campo Grande para a conta não ficar cara. A não ser que esteja em bando e possa dividir as diárias do transfer ou o preço do taxi.

GERAL

1 – CONECTIVIDADE

Já adianto que é péssima! Se tiver um smartphone da Apple ou um IPod, não brigue com ele porque não será culpa dele. Bonito ainda está defasado com as novas tecnologias. Em alguns lugares, não há qualquer sinal e em outros lugares embora tenham a placa “Wi fi”, o sinal ou é ruim ou mesmo com o sinal alto, não funcionará.

Por isso, acostume-se com o “loading, loading…”, principalmente nos restaurantes e nos passeios. Se é alucinado por dar “check in” por todos os cantos, vá se preparando psicologicamente.

2 – CENTRO DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

O Centro de Informações Turísticas não fica no centro da cidade. Se tiver alguma dúvida ou queira se localizar, olhe no mapa, vá a alguma agência próxima ou ao posto Taurus (que é quem tem a informação mais rápida e precisa de todos…rs!).

3 – PRATO COM JACARÉ

O famoso prato com jacaré não sai por menos de R$ 55,. Já o sanduíche exótico, gira em torno de R$ 25, no centro da cidade. Caso queira algo mais barato, opte pelo pastel de jacaré.

4 – GELO E LIMÃO

Quando for pedir um copo com gelo e limão no restaurante ou na lanchonete, pergunte antes se é cobrado à parte. Normalmente, cobra-se um valor absurdo por este “mimo”.

5 – RECOMENDAÇÃO DE RESTAURANTE

Comi prato com camarão mais barato que carne, acreditem! Recomendo muito jantarem na Casa do João e, também, recomento o Aquário Restaurante e o Pantanal Carnes Exóticas. Calma, calma que quaisquer um desses tem carne e peixe “normais”.

6 – NÃO ESQUEÇA DE SEU SEGURO VIAGEM, POR FAVOR!

Não há médicos ou eficazes prontos socorros nos passeios, exceto no Aquário Natural, onde encontrei um salinha de primeiros socorros. Por isso, é de extrema importância contratar um seguro viagem para sua trip em Bonito. O blog tem um parceiro que já ajudou muitos leitores e amigos em sinistros e problemas de saúde. Recomendo a Empresa, que de bandeja ainda concede um desconto bem bacana aos leitores do blog. Para entender como contratar e como obter o desconto, clique aqui.

7 – COMUNICAÇÃO E FREQUÊNCIA

Apesar de ser um lugar ainda muito caro para nós brasileiros, há um número maior de turistas brazucas em Bonito. Os gringos hoje em dia estão presentes em um número muito menor. O inglês é falado por poucos por lá, sendo a mimica uma ferramenta muito útil.

8 – ALGUNS CUIDADOS

Cuidado com a sua conta, pois sofri um pouco com isso. Confira o total da conta, da diferença entre eventuais adiantamentos e o valor total da conta e com o troco entregue.

Além disso, cuidado para os restaurantes não cobrarem 10% sobre o couvert artístico. Isso acontece em um restaurante famoso da cidade, o Taboa. É só pedir para estornar o percentual que resolverá o problema.

Você terá dificuldade em encontrar uma quantidade razoável cestos de lixo nos passeios. Desta forma, procure levar sempre um sacola contigo. Por último, mas não menos importante. Caso não seja correntista do Banco do Brasil ou do Bradesco, leve dinheiro, pois são os únicos bancos na região. Apesar disso, há uma boa aceitação de cartões de crédito e débito.

CONCLUSÃO

Com tantas regras e tabelas de preços exorbitantes que existem, a conclusão que chego é de que o turismo não é incentivado na região. Entendo que seja muito mais interessante o investimento em agricultura e agropecuária, fortíssimos na região.

Espero que essas dicas de Bonito sejam valiosas e úteis a vocês! Aproveitem Bonito da melhor maneira 😉

Observação: Parte das fotos foram cedidas pela agência de viagem contratada em Bonito e pela amiga querida Daniela Nogueira. A foto de capa é crédito do pixabay.com

Gostou das dicas? Seja mais um leitor parceiro e nos pague um café!

Se esta dica for útil a você, retribua a gentileza e ajude a gente também! Cada vez que você reserva um produto por algum dos links abaixo, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar esta plataforma e a atualizar nosso conteúdo com várias dicas bacanas e úteis a você, sem que tenha que pagar nada a mais por isso. Caso tenha que cancelar a reserva por ter encontrado um preço melhor no Booking.com ou em outro parceiro, entre novamente no link de hospedagem abaixo para fazer a transação, já que o site de hospedagem desconsidera a comissão pra gente quando ocorre o cancelamento e é feita uma nova reserva. Muito obrigada ;-)