Você sabe quais são os efeitos do álcool no treino e na saúde? Muitos devem estar com aquele peso na consciência pós festas, comemorações, happy hours e afins. Afinal, quem resistiu àquele chopp gelado no barzinho, a cerveja na beira da piscina, assim como, ao drink no final de tarde com os amigos?

Há uma afirmação que o consumo de álcool deve ser controlado, pois sua ingestão demasiada está ligada a inúmeras doenças. Será que é isso mesmo? Muito de nós acreditamos em tal afirmação, mas há poucos meses saiu um artigo científico publicado na The Lancet (uma revista internacional super renomada de estudos científicos) em que é dito que não há um limite saudável para ingestão de bebidas alcoólicas. A conclusão dos cientistas é que beber moderadamente até pode ser benéfico para o combate de determinadas doenças cardíacas, mas por outro lado, o risco de desenvolver câncer e outros males por conta da ingestão de álcool é superior aos benefícios.

Ainda conforme o artigo, aqueles que ingerem diariamente uma dose de álcool (cerca 10 ml), apresenta um risco 0,5% maior de desenvolver câncer e outras doenças quando comparado aos que não bebem. Nos casos em que o consumo é de duas doses por dia, o risco sobe para 7%, e aqueles que ingerem cinco doses diárias, o risco é 37% maior.

NO BRASIL…

a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças menciona que em 2018 26% dos homens afirmaram que fizeram uso abusivo de bebidas alcoólicas. Um outro ponto importante é que essa pesquisa considera uso abusivo de álcool a ingestão de quatro ou mais doses entre as mulheres e cinco ou mais doses de bebidas alcoólicas entre os homens, em uma mesma ocasião, nos últimos 30 dias. Ou seja, este estudo trouxe a tona um cenário bem mais alarmante do que se acreditava. Mas vamos ao título desse post?

COMO O CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS AFETAM MEU TREINO? QUAIS SÃO OS EFEITOS DO ÁLCOOL? 

Dependerá de vários fatores, entre eles: quantidade de álcool, idade, peso corporal. Além disso, a quantidade de gordura e o ritmo do metabolismo do fígado. Entretanto, vamos a alguns efeitos do álcool que podem te impactar:

Desidratação: é um dos principais impactos, pois os rins ficam sobrecarregados, uma vez que, precisam filtrar um grande volume de água para quebrar as moléculas de álcool.

Arritmia cardíaca: relacionada ao trabalho dos rins, que acaba “desperdiçando” eletrólitos no organismo, causando aumento dos batimentos cardíacos. Quem aí não foi dar aquela corridinha no dia seguinte a uma festa e não se sentiu cansado e desidratado?

Dificuldade para emagrecer: outro impacto negativo no consumo de álcool é o não emagrecimento. Álcool é super calórico. 1 grama de carboidrato tem aproximadamente 4 calorias, assim como a proteína. OA mesma quantidade de álcool oferece 7,1 calorias. E o pior é que geralmente nunca ficamos em apenas um drink, e ainda pedimos acompanhamentos, que podem ser tão calóricos quanto… batata frita, coxinha, canapés…  Também é bom lembrar que, dependendo da bebida escolhida, ela ainda vem acompanhada de açúcar, xaropes e frutas, portanto, uma caipirinha pode chegar facilmente a 350 calorias.

calorias

Hipoglicemia e perda de massa magra: o consumo de álcool diminui a quantidade de da glicose no sangue. Quando nos exercitamos, precisamos da glicose como fonte de energia. Conclusão: na falta da glicose, o organismo acaba queimando massa magra, utilizando a proteína como fonte de energia. Pode dar tchauzinho para aquele músculo que você lutou tanto para conquistar.

EFEITOS DO ÁLCOOL RELACIONADOS

Outras consequências do álcool no treino estão relacionadas à perda de desempenho, à queda nos hormônios (principalmente testosterona), os quais estão diretamente relacionados ao estresse e insônia ocasionados pelo consumo de álcool. Aqueles que acreditam que ingerir álcool ajuda a dormir, ledo engano! O sono não tem qualidade, e, portanto não é regenerativo.

Então minha gente, lembre-se de tomar decisões conscientes. Claro que o consumo ocasional em uma data especial não vai prejudicar sua saúde (seu treino sim! Mas depois você recupera), portanto é importante pesar os prós e os contras e ficar esperto. Vale a pena não tomar aquele chopp de fim de tarde com os amigos e ficar mal humorado? Claro que não. Lembre-se apenas de que o consumo recorrente, entretanto, está prejudicando seu treino e sua saúde! Fique esperto!

Um beijo e nos vemos nas redes sociais. Siga lá @naopiradesopila 

GOSTOU DO POST E DAS DICAS?

É muito importante para nós, sabermos sua opinião. Deixe um comentário, curta e compartilhe em suas redes sociais. Se perdeu algum dos posts sobre vida saudável, clique aqui e confira.

POSTS RELACIONADOS

Venha praticar Superioga ou aprender a respirar e meditar comigo
Queda dos hormônios

Tendências fitness 
Como alcançar suas metas de vida saudável? 
Qual fazer primeiro: aeróbio ou musculação?
O que pedir no restaurante para não prejudicar a dieta?
10 perfis fitness no Instagram para você seguir motivado

Créditos da foto de capa: acervo pessoal Luci Orkov

Mais lidas
Clube de Vantagens

Cupons e descontos exclusivos para leitores

Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

GARDENS <br><span class="lifestyle">Viagens e Lifestyle</span>

GARDENS
Viagens e Lifestyle

Idealizadora e fundadora do Não Pira, Desopila, apaixonada por SUP e ex bailarina do Municipal de São Paulo, largou sua carreira de executiva em uma grande multinacional para viver os seus sonhos e ter uma vida mais leve.

Leia Mais
Demais Autores
Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?