Cataratas do lado argentino

Cataratas do lado argentino 

Você sabia que têm Cataratas do lado argentino também? Antigamente, visitá-las era algo muito especial por conta do contato mais próximo que tínhamos com estas verdadeiras belezas da natureza. Um passeio muito mais incrível que a própria visita ao Parque Nacional do Iguaçu (lado brasileiro). As Cataratas do lado argentino ficam na cidade de Puerto Iguazu.

Nos dias atuais, duas de suas principais atrações, não estão abertas ao público. Confesso que fiquei bem decepcionada desta vez por não ter a oportunidade de estar mais perto da Garganta do Diabo, que é de uma emoção surreal. E, também, pela passarela que nos deixava praticamente dentro de uma catarata estar em reparos, sem data para reinaugurar. 

Claro que ainda sim é muito lindo visitar as Cataratas do lado argentino, acredite rs – O Parque Iguazu, como este lado é chamado, é muito maior que o parque do lado brasileiro. De acordo com um guia local, que por lá estava, 85% do total das cataratas são vistas a partir dele. Para vocês terem ideia, a visita é dividida por circuitos e, para chegar no começo das trilhas, é preciso pegar um trenzinho até a estação central. 

 

QUAIS CIRCUITOS ESTÃO DISPONÍVEIS NAS CATARATAS DO LADO ARGENTINO?

Atualmente, os circuitos disponíveis para os turistas transitarem nas cataratas do lado argentino são: circuito inferior e superior. Prepare-se para uma longa caminhada, recheada de paradas e belas paisagens ao longo do caminho. 

O acesso para caminhada em cada circuito é feito por passarelas estreitas, em que os visitantes devem seguir um único caminho, sendo proibido retornar. Para sair de um circuito e ir para outro é preciso subir escadas e mais escadas. Por isso, prepare bem seu condicionamento físico. 

Cataratas do lado argentino

ACESSIBILIDADE NAS CATARATAS LADO ARGENTINO

Caso seja ou esteja com uma pessoa com dificuldade de locomoção, o ideal é utilizar a cadeira de rodas do parque, mesmo que já tenha a sua. O motivo? A passarela é de ferro e com aberturas, o que deixa extremamente desconfortável o caminho porque ficará batendo o tempo todo a coluna com a trepidação. 

Com a cadeira de rodas do parque, que tem rodas mais grossas e largas fica mais fácil e menos desconfortável o trajeto, sendo necessário ter alguém junto para “dirigi-la”. Para que tenha acesso é preciso solicitar assim que chegar ao parque. O ruim é que em cada circuito e dependência do local, terá que pegar outra cadeira. Caso não tenha disponibilidade, terá que aguardar até que seja liberada por outro usuário.  

Apesar de ter a informação no site de que há carrinhos de golfe para levar as pessoas com dificuldade de locomoção de um ponto para outro, não os vi. O que tem é um carro com condutor que levará a pessoa e seus acompanhantes. Novamente, a cada ponto é necessário requisitar o serviço, prepare-se para o chá de cadeira…rs

QUAL É A MELHOR MANEIRA DE CHEGAR ÀS CATARATAS DO LADO ARGENTINO?

Certamente, duas são as melhores opções. A primeira é contratar o transfer e a experiência com uma agência de receptivo em Foz do Iguaçú com antecedência. Gosto e recomendo a Civitatis, onde fará a reserva deste e de outros passeios bem fácil e online. A outra é ir com o seu próprio carro para o destino, o que traz liberdade no horário de chegada e saída. 

Em qualquer cenário, terá que estar com seu RG original ou passaporte, já que passará por um controle de fronteira e dará entrada na Argentina. 

Cataratas do lado argentino

Se estiver de carro, não esqueça de ter, além dos documentos pessoais de todos que estiverem contigo, o documento do carro e a Carta Verde (seguro adicional do carro de obrigatória contratação). Também é bom ter reais trocados como notas de R$ 5 e 10, contigo. Tem uma fiscalização na estrada voltando das Cataratas. Caso te parem, será para arrecadar uma taxa de permanência na cidade (paguei 

O estacionamento do Parque Nacional Iguazú é pago, exceto se estiver com pessoas com dificuldade de locomoção, já que este valor é abonado.

COMO COMPRAR E QUAL VALOR DO INGRESSO?

Caso não contrate uma agência para fazer o transfer e a aquisição do ingresso, você pode comprar diretamente o ingresso para as Cataratas do lado argentino no site ou na bilheteria do local por ARS 21.000 (março de 2024). Gosto bastante da Civitatis, que além de ter este tour, você reservar online e ser confiável, têm varias outras atividades bacanas em Foz do Iguaçu, Puerto Iguazu e arredores, confira aqui

COMO FOI A MINHA EXPERIÊNCIA? 

Como falei acima, confesso que me decepcionei um pouco por não ter tido a oportunidade de caminhar por alguns circuitos como antes, mas a experiência não deixou de ser especial. O passeio pelas Cataratas do lado argentino junto com o passeio pelo lado brasileiro se completam e dão uma noção da enormidade desta maravilha natural. 

Para quem vai numa primeira vez não sentirá esta sensação porque é uma baita experiência, já que lado dos hermanos é possível ver mais cataratas, ter um contato maior com natureza, ver quatis e macaquinhos pelo caminho e por aí vai. Além disso, há uma série de disputados mirantes para você fazer seus registros e ter uma visão privilegiada deste lugar cheio de energia. 

Caso queira ter uma experiência ainda mais imersiva, nas Cataratas do lado argentino também há a opção do Macuco Safari. Do lado dos hermanos, o valor é ainda mais inflacionado. Aqui realmente nos deparamos com o tal do preço do incrível e imperdível.

Cataratas do lado argentino

Apesar do perrengue e da demora no transfer da minha mãe entre um ponto e outro do Parque Nacional Iguazú, os funcionários foram extremamente solícitos e queridos. Não tenho do que reclamar, até porque são poucos funcionários. 

Não se esqueça: o trajeto é longo, sendo ideal estar com um tênis e roupas bem confortáveis. Também é importante levar uma garrafinha dˋágua e alguns snacks, já que os preços dentro do parque são em moeda estrangeira (se pagar com cartão terá IOF) e inflacionados. 

Se não estiver com transfer, aproveite este dia para ir em um restaurante argentino em Puerto Iguazu, comer a famosa parilla em um bom restaurante e um típico alfajor diretamente em uma panaderia. Também aproveite para dar um pulo no Duty Free Shop de Puerto Iguazu, que fica antes da fronteira entre o Brasil e a Argentina.

Uma última dica: não esqueça de desabilitar os dados de seu celular antes de chegar na fronteira. Lembre-se que estará em outro país e a conta pelo descuido pode ficar alta.

LEIA TAMBÉM NO BLOG:

AMANHECER NAS CATARATAS DO IGUAÇU

PARQUE DAS AVES

MARCO DAS TRÊS FRONTEIRAS

Um beijo e até a próxima,

Gardens

Mais lidas
Clube de Vantagens
Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Picture of GARDENS <br data-lazy-src=
Demais Autores
Picture of Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Picture of Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Picture of Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Picture of Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Picture of Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Picture of Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?