[gtranslate]

Jalapão: dicas, roteiro e o que fazer

Foi a minha primeira vez no Jalapão depois de muito ensaio e prorrogação. Apesar de ser avisada que seria uma viagem cansativa e cheia de balançadas de lá e de cá por conta das condições precárias das estradas, valeu cada perrengue durante os cinco dias de expedição.

O destino está na wishlist da grande maioria dos viajantes brasileiros e não é para menos. Recheado de fervedouros, verde cintilante, paisagens instagramáveis e muita gentileza de seu povo é o lugar certo para os amantes da natureza que não se incomodam em ficar horas e mais horas sem um sinal de celular. 

Para quem também vai pela primeira vez é importante saber de algumas coisas antes de ir. Claro que vou detalhar ao longo deste texto, tais como, quantos dias, o que levar, qual melhor época e qual agência escolher para ir ao Jalapão. 

Cachoeira da Formiga Jalapao 4
Cachoeira da Formiga, um dos principais destinos no Jalapão

QUANTOS DIAS FICAR NO JALAPÃO?

Também conhecida como a pergunta de milhões, tem uma resposta relativa, que depende do seu perfil, orçamento e tempo. Eu, de verdade, recomendo fazer a expedição de cinco dias e quatro noites. O motivo? Conseguirá visitar as principais atrações do Jalapão, além de conseguir dar um pulo em algumas belezas naturais das Serras Gerais, destino vizinho e ainda mais rústico. 

Antes de avançar, será que entende o que é uma expedição pelo Jalapão? Bom, nada mais é que um grupo de viajantes que vão em um mesmo meio de locomoção. Normalmente, as expedições por lá saem a partir de 4 pessoas até 7 ou 8, dependendo da demanda. Entretanto, existem agências que saem a partir de 2 pessoas, que foi o meu caso.

IMG 4259
Fervedouro Por Enquanto, um dos meus preferidos e localizado na pousada em que fiquei

Sinceramente, se estiver em duas pessoas ou em um grupo um pouco maior, sugiro que faça um passeio privado, caso não queira compartilhar do mesmo carro, mesmo restaurante e nos mesmos passeios que pessoas que nunca viu na vida, durante 4, 5 ou 6 dias. 

Agora, se você não estiver nem aí para quem vai junto, aproveite para conhecer outras pessoas durante os seus dias pelo Jalapão. Como essa é uma questão muito pessoal e até sensível em tempos de COVID é muito importante estar ciente de todos os cenários. 

Outra coisa importante, as expedições vendidas para conhecer o Jalapão têm normalmente duração entre 4, 5 ou 6 dias, sendo que encontrará preços bem variados de uma agência e outra. Há centenas delas e a minha melhor dica é conversar com alguém que já foi e te indique com quem ir.

COM QUAL AGÊNCIA FUI AO JALAPÃO E QUAIS INDICO?

Fechamos a expedição de 5 dias ao Jalapão com o time da CC Trekking que tem saídas a partir de duas pessoas e que possuem bastante experiência e conhecimento do destino. Eles foram muito rápidos nas respostas e fizeram um roteiro que fugiu completamente do fluxo normal dos demais turistas, garantindo maior privacidade e rapidez na chegada e saída das atrações. Esse ponto é valiosíssimo! 

Durante os meus dias no Jalapão também ouvi falar muito bem de outras duas agências. A Cerrado Dourado e a Jalapão Eletrizante. Não testei o serviço de nenhuma das duas, mas percebi que elas saem com um maior número de pessoas. 

QUANTO CUSTA UMA VIAGEM AO JALAPÃO?

Paguei somente na parte terrestre R$ 3.299, por pessoa em cinco dias de expedição, o que incluiu o transporte desde o hotel em Palmas até o retorno a Palmas, as hospedagens, refeições e snacks e água (no carro) dentro do Jalapão. Não estavam inclusas bebidas, transfers ou hospedagem em Palmas. 

Você tem que colocar na conta também a passagem aérea, transfer do aeroporto (de taxi entre R$ 70 e 75, de Uber R$ 35,), hospedagem em Palmas (pousadas simples e com farto café da manhã entre R$ 170 e 190, por noite), refeições na capital. 

É importante saber que o Uber e o Taxi 99 funcionam muito bem em Palmas e um dos melhores locais para curtir a noite e gastronomia da cidade é a orla da Praia da Graciosa. Destaque para o pôr do sol e o restaurante Rosa Madalena Gastro Bar, que além da excelente gastronomia e atendimento, tem uma vista maravilhosa do sunset della citá!

QUAL É A PIOR E MELHOR ÉPOCA PARA IR AO JALAPÃO?

Se você puder evitar a segunda quinzena de julho, julho e a primeira quinzena de agosto, melhor. Além de ser muito quente, principalmente em julho, há grandes filas de espera para entrar nos fervedouros e demais atrações, o que faz você ficar horas no aguardo e pouco tempo para aproveitar. 

Só para ter ideia, o tempo máximo para ficar em um fervedouro são 20 minutos com o seu grupo, entre 6 e 10 pessoas, dependendo do tamanho do fervedouro. O grupo que digo, não necessariamente é o grupo da expedição. Se você estiver em 2 pessoas e chegarem mais 6 pessoas próximas ao seu horário de chegada e mais duas pessoas depois, vão as 10 pessoas no fervedouro ao mesmo tempo. 

Imagina ficar três horas no aguardo para aproveitar só 20 minutos. Não rola, né não? O que os guias me disseram é que segunda quinzena de maio e setembro são as melhores épocas para ir ao Jalapão. Eu, inclusive, fui na segunda quinzena de maio e não peguei quase fila. Uma belezura!

ONDE FICAR NO JALAPÃO?

Normalmente, você não precisa se preocupar com esse quesito, uma vez que a agência já comercializa o pacote com a hospedagem inclusa. O cuidado que precisa tomar antes de fechar sua expedição é entender quais são as pousadas que estão incluídas em seu roteiro para avaliar se seguem o padrão Jalapão: simples na grande maioria, mas bem aconchegantes e hospitaleiras. 

Já em relação às cidades em que ficará dependerá muito da agência que contratar. Algumas possuem estrutura própria. Eu, por exemplo, fiquei baseada em São Félix por um dia, Mateiros por dois dias e um dia em Pindorama, todas pousadas independentes. 

QUAIS LUGARES VISITAR NO JALAPÃO?

Quando começar a pesquisar, notará que cada agência terá uma rota diferente, mas com alguns atrativos (obrigatórios) em comum. Entre as atrações que devem estar obrigatoriamente na lista: 

  • Fervedouros (gostei muito do Por Enquanto, Buritizinho e Bela Vista)
  • Cachoeira da Formiga (uma das preferências da turma)
  • Dunas do Jalapão (no por do sol é mais cheio)
  • Pedra Furada (no por do sol é mais cheio)
  • Lagoa do Japonês (que na verdade pertence as Serras Gerais)

O QUE LEVAR PARA O JALAPÃO?

Apesar de ter escutado que só bíquini e roupa de banho, para mim, a lista tem que ser aumentada. Caso não faça a trilha do Morro Vermelho, não percorrerá grandes distâncias, mas mesmo assim, coloque na lista: 

  • Tênis confortável de trilha ou uma boa papete 
  • Se for mulher, prefira maiô a bíquini
  • Capa de celular à prova d’água 
  • Toalha de banho de alta absorção/secagem 
  • Roupas de banho de rápida secagem tb
  • Óculos de sol
  • Repelente, repelente e repelente
  • Se possível, repelente com filtro solar a prova d’água. Levei um da Above e foi mara!
  • Roupas leves e que não amassem
  • Para quem curte fotos, que tal levar roupas coloridas? Dá um super contraste!
  • Mala usual e, de preferência, sem rodinhas e impermeável
  • Garrafa d’água térmica 
  • Saco stank (não tão necessário, mas é bom levar)

Tem dois itens que acho bobagem levar: sapatilha impermeável. Levei a minha e usei somente na Lagoa do Japonês. Por lá, tem para alugar por R$ 10,. Ou seja, é muito trampo e espaço na mala para pouco uso. A máscara aquática tb acho o mesmo, apesar de não ter aluguel do equipamento na grande parte dos lugares. 

Quando menciono itens de alta secagem é porque na maioria dos dias estará saindo de uma atração e entrando em outra onde entrará na água. No meio do caminho, terá um percurso de carro, o que te deixará desconfortável e encharcado. 

O repelente e o protetor passem já na pousada porque é proibido utilizá-los dentro das atrações. Além disso, poderão te livrar de algumas boas picadas e marcas de sol.  

MEU ROTEIRO NO JALAPÃO

Dia 1:

  • Saída de Palmas
  • Trilha do Morro Vermelho
  • Fervedouro do Alecrim, Fervedouro Bela Vista e, Por Enquanto 

Preparem o derrière para o tempo dentro do carro. As distâncias são longas e/ou com vias que possuem estradas de terra, cheias de malemolência. 

  • Esteja com o condicionamento físico em ordem
  • Se não sabe nadar, não se preocupe. O fervedouro não te deixa afundar
  • É mais confortável maiô que bíquini

Dia 2:

  • Fervedouros: Por Enquanto, do Buritizinho Encontro das Águas
  • Rio Encontro das Águas
  • Fervedouro do Ceiça

Já percebeu que é entra e sai de água, né? Não se esqueça de usar roupas leves e de secagem rápida para ficar mais confortável. 

No dia anterior, dormi na pousada que tem um fervedouro dentro, o Por Enquanto. O bom é que pude nadar a noite e contemplar sozinha o visual do fervedouro pela manhã. Em algumas rotas e agências é também possível dormir em uma pousada com fervedouro. Achei incrível a experiência! 

Dia 3:

  • Cachoeira da Formiga
  • Fervedouro Rio Sono
  • Fervedouro Buriti
  • Parada em projeto de apoia a comunidade local

Dia 4: 

  • Dunas do Jalapão (vá ou leve chinelo para andar na areia)
  • Comunidade e Praia do Rio Novo
  • Cânion do Sussuapara
  • Por do sol na Praia Furada

Dia 5: 

  • Lagoa do Japonês
  • Retorno a Palmas (se prepara que a viagem é longa)

FAZ SENTIDO CONTRATAR SEGURO VIAGEM?

Em meu ponto de vista, sim. Apesar de algumas agências incluírem o seguro viagem, não dá para bobear, principalmente quando ainda estamos sofrendo com as contaminações por COVID e o destino ser de aventura.

Caso queira contratar seu seguro viagem para o Jalapão aqui pelo Não Pira, Desopila, temos um parceiro com preços muito bons e que tem a opção de cobertura COVID. Dê uma pesquisada por esse link e nos ajude a manter nosso conteúdo vivo e atualizado -> https://seguroviagemnext.com.br/NAOPIRA

FAZ SENTIDO FAZER A VIAGEM SEM AGÊNCIA E GUIA?

Se você tiver um carro 4×4, com geolocalização e experiência em roteiros off road, pode até pensar em fazer essa viagem de forma independente, mas de qualquer forma, terá que contratar um guia para entrar em várias atrações. 

Esbarrei com famílias que estavam fazendo a expedição de forma independente, mas todos tinham estudado muito geolocalização e rotas. Lembrando que o sinal de celular na região é inexistente ou precário.Ou seja, destino ideal para um bom detox digital! rs

MAS NÃO TEM WI FI?

Normalmente, terá Wi Fi na pousada, em alguns restaurantes e atrações. Meu celular é Vivo e o coitado teve sinal somente em Palmas e arredores. Já quem é cliente da Claro e/ou da Oi/TIM terá sinal de celular em alguns momentos no trajeto, mas não se anime muito.  

ALIMENTAÇÃO

As refeições durante todo o trajeto são bem simples. Caso tenha restrição alimentar ou não coma alimentos com molhos ou gordurosos, é importante avisar sua agência antes de chegar ao destino.

Eu, por exemplo, não como muita fritura ou molhos com fortes temperos, além de não comer também carne de porco. No meu caso, nunca comi tanto arroz, feijão e ovo frito, já que não avisei com antecedência minhas restrições. Mesmo assim, funcionou bem. 

A única ressalva é que o feijão, normalmente, é mais pesado, o que me deixou mais inchada que a minha menopausa, mas tudo bem! Deu tudo certo 🙂

No mais, aproveite e muito esse lugar incrível! A hospitalidade e simpatia das pessoas que encontrará pelo caminho te deixarão com vontade de voltar, e logo! Se quiser ver mais fotos e vídeos, dê um pulo em nosso Instagram @naopiradesopila

OUTROS DESTINOS PRA INSPIRAR?

Que tal João Pessoa? Confira minhas dicas:

https://naopiradesopila.com/o-que-fazer-em-joao-pessoa/

Mais lidas
Clube de Vantagens
Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Picture of GARDENS <br data-lazy-src=
Demais Autores
Picture of Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Picture of Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Picture of Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Picture of Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Picture of Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Picture of Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?