lazy job geração z trabalho remoto

Lazy Job: o que significa e qual impacto no mercado de trabalho?

lazy job geração z trabalho remoto

LAZY JOB: O QUE SIGNIFICA E QUAL IMPACTO NO MERCADO DE TRABALHO?

Já ouviu falar no conceito Lazy Job em algum momento? Se você, como eu, não é tão adepto ao TikTok e suas tendências, provavelmente, nunca ouviu falar sobre o tema. Pois bem, aqui estou para colocar isso no papel para turma dos 35+. 

Consequência do mix de gerações ativas que temos no mercado, as formas de trabalho também passam por verdadeiras revoluções e dilemas ao mesmo tempo. É preciso se adaptar para que a fluidez das tarefas e da convivência aconteça.

Quando analisamos a geração Z, composta por indivíduos nascidos entre 1990 e 2010, é nítido que este grupo em específico busca um modelo de trabalho com menos estresse, bem remunerado e quase sempre remoto, quando possível. Claro que não é uma unanimidade desta geração, já que há outras gerações que bem se enquadrariam neste conceito. 

Segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Geração Z já representa mais de 23% da população economicamente ativa do Brasil, o que revela a importância dos novos conceitos de trabalho que essa geração está criando. “A essência dessa tendência tem relação com a busca por um equilíbrio mais harmonioso entre trabalho e qualidade de vida, subvertendo as convenções tradicionais de como uma carreira deve ser construída. Neste contexto, não é possível negar que o mercado de trabalho, e a forma como as empresas e profissionais se relacionam com ele, está passando por mudanças profundas e palpáveis”, conta o consultor de carreira e negócios da ESIC Internacional, Alexandre Weiler.

O consultor ainda explica que a geração Z tem uma mentalidade voltada para a busca de propósito, equilíbrio e autonomia, pontos que estão remodelando o panorama do mercado de trabalho de forma gradual e constante e que, portanto, merecem atenção. “A Geração Z está desafiando as convenções tradicionais que por muito tempo moldaram a visão de sucesso no mercado de trabalho. Para eles, o trabalho não é apenas uma obrigação, mas sim uma parte fundamental de suas vidas, que deve estar alinhada com seus valores e aspirações pessoais”, conta.

AFINAL, O QUE É LAZY JOB?

Embora o termo seja recente, esse modelo de trabalho já existe desde a pandemia, momento onde houve uma maior busca por modelos de trabalho diferenciados. Nesse contexto, o Lazy Job conta com algumas determinações, como:

Flexibilidade de horários: permitindo a harmonização das obrigações profissionais com a vida pessoal e familiar.

Trabalho remoto ou híbrido: a pandemia de COVID-19 acelerou a adoção do trabalho remoto e a Geração Z abraçou essa modalidade, buscando oportunidades que lhes proporcionam a liberdade de trabalhar de qualquer lugar do mundo.

Empreendedorismo: muitos membros dessa geração estão optando por empreender, criando seus próprios negócios e buscando autonomia e independência em suas carreiras.

Valorização do propósito: optar por empresas e empregos que estejam alinhados com seus valores e objetivos pessoais, buscando uma conexão mais profunda com aquilo que fazem.

Aprendizado contínuo: busca constante por desenvolvimento profissional é uma característica marcante da Geração Z investindo em cursos online, capacitações e habilidades que lhes permitam se manterem atualizados em um mundo em constante evolução.

lazy job geração z trabalho remoto

QUAL O IMPACTO NAS EMPRESAS?

O conceito do Lazy Job, assim como a busca por outros formatos de trabalho, está causando um impacto significativo nas empresas, que devem pensar em estratégias para se adaptarem às novas realidades que estão surgindo e reter talentos da Geração Z. 

“É fundamental que as empresas enxerguem que os modelos de trabalho estão mudando e essa geração, que em breve será a maioria da força de trabalho, vem com uma força real de mudança. Sendo assim, empresas que priorizem a oferta de mais flexibilidade, oportunidades de aprendizado contínuo e um ambiente de trabalho que valorize o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, estarão em uma posição vantajosa na corrida por talentos”, explica Weiler.

Weiler afirma ser importante destacar que o Lazy Job não significa preguiça ou falta de ambição, pelo contrário, é uma tendência que coloca o foco na produtividade, na autonomia e na liberdade de escolha. “É um estilo de trabalho que valoriza a eficiência e a produtividade, sem perder o foco na qualidade de vida. Ao invés de se apegarem a uma rotina tradicional de 9 às 5, os jovens buscam um formato de trabalho mais condizente com a qualidade de vida, algo fundamental para todos”, finaliza.

CURIOSIDADE: QUAL É A ORIGEM DO CONCEITO LAZY JOB?

O termo Lazy Job surgiu no Tik Tok por meio da #lazygirlsjob da influenciadora americana Gabriella Judge, que assim define o seu trabalho.

LEIA TAMBÉM:

QUAL É O SEU PROPÓSITO DE VIDA?

O VALOR DO DINHEIRO NA VIDA DAS PESSOAS

Espero que tenham gostado do conteúdo, que contou com a contribuição de Alexandre Weiler, consultor de carreira da ESIC Internacional

Um beijo e até a próxima, 

Gardens 🙂 

Crédito das fotos: https://pixabay.com/pt/illustrations/

Mais lidas
Clube de Vantagens
Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Picture of GARDENS <br data-lazy-src=
Demais Autores
Picture of Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Picture of Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Picture of Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Picture of Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Picture of Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Picture of Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?