[gtranslate]

Perca-se na rota dos Pueblos Blancos, Andaluzia

Perca-se na rota dos Pueblos Blancos, Andaluzia

Em novembro de 2022 fiz esta viagem para o Sul da Espanha, a qual já estava nos planos há algum tempo. A rota dos Pueblos Blancos, na Andaluzia é super famosa, por ser um destino encantador e imperdível para os viajantes que desejam experimentar uma outra faceta da Espanha, totalmente diferente do clima de Madri. A rota é composta por várias aldeias super charmosas, de casinhas brancas, empoleiradas em colinas pitorescas, formando paisagens deslumbrantes. Cada cidade tem seu próprio encanto, desde as ruas estreitas e sinuosas de Arcos de la Frontera até as casas construídas em penhascos de Setenil de la Bodega (a vila da rota que mais bomba no Instagram). Além disso, os Pueblos Blancos são ricos em história, cultura e tradição, seja na arquitetura, nos festivais locais ou nos artesanatos tradicionais.

Na rota dos Pueblos Blancos, Andaluzia, tem passeio para todos os gostos (e bolsos). Os visitantes podem desfrutar uma gastronomia deliciosa, explorar vinícolas, visitar os parques e se encantar com as vistas panorâmicas. Eu fiz a rota em 7 dias, e deu pra encaixar bem todas os passeios sem correria:

Sugestão de roteiro de 7 dias para Pueblos Blancos, Andaluzia

Dia 1: Jerez de la Frontera e Cadiz

  • Chegue em Jerez de la Frontera e aproveite para explorar esta cidade conhecida por seu vinho de Jerez e por ser o berço do flamenco. Visite uma Bodega (a do Tio Pepe é a mais famosa) para uma degustação de vinhos. Almoce no centro historico. Pegue o carro e dirija até a cidade costeira de Cádiz, uma das mais antigas da Europa. Explore o centro histórico, conhecido por suas praças e caminhe pela praia. Não deixe de visitar a Catedral de Cádiz, e subir na Torre Tavira para desfrutar de uma vista panorâmica da cidade. Foi na praia de La Caleta, bem no centro de Cádiz, que foi gravado parte do filme com James Bond “Um Novo Dia para Morrer”.

Captura de tela 2023 05 24 140402

 

  • Dirija até Arcos de la Frontera, cidade pitoresca em cima de um penhasco para pernoite.
Pueblos Blancos
Setenil é um dos principais pontos da Rota Pueblos Blancos: Calle Cuevas del Sol (foto: Acervo Pessoal)

Dia 2: Arcos de la Frontera e Ubrique

  • Após café da manhã, deixe-se perder pelas ruas estreitas e admire a arquitetura tradicional toda branca. Visite a Basílica Menor de Santa María de la Asunción e o Mirante El Mirador. Em seguida, siga para Ubrique, povoado famoso por seu trabalho com couro, paramos apenas para fotos à distância.
  • Continuando sua rota por Pueblos Blancos, Andaluzia, dirija até Grazalema. Passe pelo Parque Natural de Grazalema, conhecido por sua rica biodiversidade e desfiladeiros impressionantes. Cidade em que almoçamos.
  • Em seguida, siga para Zahara de la Sierra, e aprecie a vista para o Lago Zahara-El Gastor. Se tiver tempo pode visitar o castelo. Siga para Olveira para pernoite.
Igreja em Olveira (foto: Acervo Pessoal)
Igreja em Olveira (foto: Acervo Pessoal)

 

Dia 3: Setenil de la Bodega

  • Olvera é uma cidade encantadora com um castelo imponente no topo da colina. Explore suas ruas estreitas e suba até o Castelo de Olvera. Em seguida, siga para Setenil de la Bodega, espante-se com a arquitetura local em que as casas foram construidas respeitando as pedras e as rochas, que fazem o papel de teto, Super peculiar e rende muitas fotos instagramaveis. Passeie pelas ruas e aproveite para almoçar em um dos restaurantes situados abaixo das rochas.

 

Dia 4: Ronda

Outra cidade da rota dos Pueblos Blancos de fazer o queixo cair. Ronda é uma das cidades mais impressionantes da região, situada em um desfiladeiro profundo. Explore a famosa Puente Nuevo, uma ponte que conecta as partes antiga e nova da cidade, e visite a Plaza de Toros, uma das mais antigas arenas de touradas da Espanha. Curiosidade: essa ponte foi usada na abertura da novela Deus salve o Rei. Visite o muro árabe e se tive tempo, as ruinas dos Banos Árabes.

 

Dia 5: Caminito del Rey

  • Logo cedo (bem cedo mesmo), dirija até Caminito del Rey, para fazer a trilha suspensa, e veja paisagens deslumbrantes dos cânions, conheça também o motivo desta trilha ter sido considerada a trilha mais perigosa do mundo, e por isso ficou fechada ao público por 10 anos. Reserve a manhã toda, pois a trilha leva 4 horas e tem 7 km (nível intermediário). Importante também saber que tem hora certa já marcada na compra do ingresso, e você precisa chegar 30 min antes para caminhar do estacionamento até a entrada oficial.

Dica importante: colocar El Mirador Restaurante no Waze ou Google, como destino, pois fica ao lado do estacionamento oficial. A trilha vai de A para B, e para voltar, você precisa pegar um ônibus de 2 euros que só aceita dinheiro trocado.

 

Captura de tela 2023 05 24 140735

 

Dia 6 e 7: Granada

  • Na última cidade da Rota dos Pueblos Blancos, Granada, comece sua visita pelo magnífico complexo da Alhambra, um palácio mourisco e fortaleza que é uma das principais atrações da Espanha inteira. Imperdível! Alhambra é para a Espanha, o que o Cristo Redentor é para o Brasil. Reserve o dia todo para explorar todas as atrações, é enorme! Comece pelos belos jardins do Generalife. Algumas atrações tem horários pré-agendados, ou seja, programe sua visita para estar nas entradas de cada atração no horário marcado.
  • Se tiver disposição, visite a Catedral de Granada e a Capela Real, onde estão sepultados os Reis Católicos espanhóis, Fernando e Isabel. À noite, aproveite para explorar o charmoso bairro de Albaicín, com suas ruas estreitas, casas caiadas de branco e vistas deslumbrantes da Alhambra iluminada. Há tours noturnos guiados (grátis inclusive).
  • No segundo dia em Granada, visite o bairro de Sacromonte, famoso por suas casas-caverna e por ser o berço do flamenco em Granada. Explore as ruas sinuosas, visite o Monastério de San Jerónimo, um lindo exemplo da arquitetura renascentista espanhola. À tarde, aproveite para passear pelo centro histórico de Granada, visitar a Plaza Nueva, fazer compras nas lojas locais e saborear as delícias da culinária andaluza em um dos restaurantes tradicionais.
  • Á noite, assista a uma apresentação de flamenco em uma das tabernas locais.

 

Ronda e sua ponte famosa, um destino que não pode faltar na rota de Pueblos Blancos, Andaluzia
Ronda e sua ponte, locação de novela! não pode ficar de fora da rota Pueblos Blancos, Andaluzia ! (foto: Acervo Pessoal)

Em Granada, para a visita a Alhambra recomendamos fortemente que você compre os ingressos com antecedência, pois as filas são enormes e além disso, os ingressos esgotam-se rapidamente. No site da Civitatis você encontra uma série de passeios, com guia de áudio, só o ingresso sem guia, ou ingresso e guia privado:

Captura de tela 2023 05 24 141031

 

Uma vez fazendo a rota dos Pueblos Blancos, essas são apenas algumas das principais atrações e cidades que você pode visitar. Cada cidade possui seu próprio charme e características únicas, aproveite cada uma delas, e desfrute da história, da arquitetura deslumbrante, da gastronomia deliciosa e das paisagens deslumbrantes da Andaluzia.

Tempo de locomoção na rota dos Pueblos Blancos, Andaluzia:

Aqui o tempo médio de locomoção de carro entre as cidades. Quando fomos (novembro de 2022 as estradas estavam super bem cuidadas):

  • Jerez de la Frontera para Cádiz: Aproximadamente 40 minutos.
  • Cádiz para Arcos de la Frontera: Aproximadamente 1 hora e 15 minutos.
  • Arcos de la Frontera para Ubrique: Aproximadamente 40 minutos.
  • Ubrique para Grazalema: Aproximadamente 40 minutos.
  • Grazalema para Zahara de la Sierra: Aproximadamente 30 minutos.
  • Zahara de la Sierra para Olvera: Aproximadamente 30 minutos.
  • Olvera para Setenil de la Bodega: Aproximadamente 30 minutos.
  • Setenil de la Bodega para Ronda: Aproximadamente 30 minutos.
  • Ronda para Caminito del Rey: Aproximadamente 1 hora e 15 minutos.
  • Caminito del Rey para Granada: Aproximadamente 1 hora e 45 minutos.

Certifique-se de verificar as rotas mais atualizadas antes de sua viagem e lembre-se de adicionar tempo extra para paradas, visitas e possíveis imprevistos ao longo do caminho. Cuidado também com os pedágios. Não nos foi oferecido “Sem parar” e portanto, tivemos de parar nas catracas e pagar os pedágios (eram em sua maioria caixas automáticos com pagamento em cartão). Clique aqui para acessar nosso parceiro e obter descontos no aluguel do seu veículo:  Clique aqui e faça sua cotação

Uma curiosidade, ao devolver o carro (pegamos em Córdoba e devolvemos em Algeciras) tivemos uma surpresa. A devolução era sem interação. Deixamos o carro estacionado na rua e depositamos a chave no cofre. Por isso verifique o tipo de devolução pois levamos um susto e perdemos um tempinho para entender todo o processo. E por via das dúvidas, é bom tirar fotos e fazer vídeos de como você está deixando o veículo.

20221120 103521
Trilha do Caminito del Rey

Dicas extras para você explorar a rota dos Pueblos Blancos, Andaluzia ao máximo

  • Em Jerez de la Frontera, você pode incluir uma visita à Real Escuela Andaluza del Arte Ecuestre (Escola Real de Arte Equestre da Andaluzia). Jerez é famoso pelos cavalos dançarinos e esta escola mantém a tradição na equitação clássica espanhola e no adestramento dos cavalos de raça andaluz.

 

  • Além de visitar o museu, você pode assistir ao espetáculo “Como Bailan los Caballos Andaluces”. Lembre-se de verificar os horários dos espetáculos e fazer reservas com antecedência, para garantir seu lugar.

 

  • Em Cádiz, faça a rota monumental, que passa pelos monumentos mais famosos da cidade. Aqui você encontra um guia completo: Rota Monumental de Cádiz.

 

  • Em algumas dessas cidades você pode encontrar os famosos e tradicionais banhos árabes, que são aqueles banhos em que você é esfregado, dos pés a cabeça (uma verdadeira esfoliação), e depois recebe massagem relaxante com óleos especiais. Há opções para massagem em casal.

 

  • Se tiver tempo, inclua na rota dos Pueblos Blancos, lá no começo da viagem, a cidade de Córdoba, e reserve pelo menos 2 dias para conhecer as principais atrações.

Conheça uma Espanha totalmente diferente e encantadora fazendo essa rota dos Pueblos Blancos que pode ser tanto romântica, aventureira e também super cultural. Eu amei e super recomendo!

 

GOSTOU DO POST COM A ROTA DOS PUEBLOS BLANCOS?

É muito importante saber sua opinião. Deixe um comentário, curta e compartilhe em suas redes sociais. Ficaremos feliz com seu feedback!

QUER ECONOMIZAR NA VIAGEM PARA A ESPANHA?

O Não Pira, Desopila possui diversos parceiros já testados que vão te ajudar a salvar uma graninha em sua viagem:

  • Nossa parceria com um dos maiores sites de reservas da Europa, o Civitatis te ajuda a encontrar todos os ingressos e passeios e ainda te dá descontos. Acesse aqui e reserva já!
  • Que tal reservar sua acomodação pagando o melhor preço e com cancelamento gratuito? Confira as opções com descontos de até 50% através deste link
  • Compare diversas opções e contrate seu seguro viagem com os melhores preços do mercado, com aplicativo de suporte e assistência para te ajudar com eventuais perrengues, tais como extravio de bagagem, doença, hospital etc. Clique aqui e faça sua cotação
  • Alugue o carro para sua viagem com benefícios e muita economia. Nosso parceiro é a maior empresa da América Latina, que compara valores em diversas locadoras ao mesmo tempo para você escolher a melhor opção e ainda parcela. Clique aqui e faça sua cotação

Além de não te custar nada mais, ajudará na monetização de nosso conteúdo, preparado com muito cuidado e carinho para você, já que para cada transação concluída e sem alteração, recebemos uma pequena comissão. Para saber sobre outros descontos ou vantagens, clique aqui.

Muito obrigada por ajudar quem te ajuda na hora de planejar sua viagem 🙂

POSTS RELACIONADOS 

Espaço Schengen

Vinícolas em Mendonza, Argentina

O que fazer em Serra Negra?

Mais lidas
Clube de Vantagens
Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Picture of GARDENS

GARDENS

Viagens e Lifestyle

Idealizadora e fundadora do Não Pira, Desopila, apaixonada por SUP e ex bailarina do Municipal de São Paulo, largou sua carreira de executiva em uma grande multinacional para viver os seus sonhos e ter uma vida mais leve.

Leia Mais
Demais Autores
Picture of Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Picture of Fran Galvão

Fran Galvão

Estilo

Picture of Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Picture of Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Picture of Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Picture of Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Picture of Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?