[gtranslate]

Humanização, que venha pra ficar, por favor!

Você sabe o que é humanização? A resposta parece óbvia, entretanto, a ação ou o tal efeito de humanizar, de tornar humano ou afável está cada vez mais distante. Isto por conta de mudanças no comportamento das relações interpessoais, como a maior interação via redes sociais, por exemplo.

As pessoas estão cada vez mais próximas das múltiplas telas e menos perto de olhares e pessoas reais, mas não é só isso. Quer um exemplo simples? Quantas vezes viu seus melhores amigos no último ano (antes do isolamento, claro)? Se não estiver mais no colégio, universidade e afins provavelmente a resposta será poucas vezes.

Quer outro exemplo? Qual foi a última vez que você ligou para alguém que não more ou não trabalhe contigo? O ligar que digo é pra bater papo e não por conta de algum interesse específico. Garanto que também era uma raridade antes da quarentena. Ou seja, a humanização antes do período de isolamento social em suas relações provavelmente era quase nula.

Claro que os dias atuais de confinamento coletivo tem ajudado a mudar um pouco este cenário, ainda bem! Ligar, demonstrar se importar com quem se quer bem, assim como fazer um gesto de carinho virtual trouxeram felizmente de volta a humanização presente às nossas vidas. Apesar de não ser o melhor dos mundos, já é um movimento contrário do que estávamos vivendo há alguns meses.

HUMANIZAÇÃO TAMBÉM NO AMBIENTE PROFISSIONAL

Além disso, a humanização é de extrema importância nas relações profissionais. Não tem como líderes e colaboradores terem relações prósperas se não se colocarem uns nos lugares dos outros, se tiverem frieza na comunicação. É preciso ter amor e cuidado para a construção de um ambiente de trabalho harmonioso e produtivo. Ou seja, onde tiver sensibilidade e respeito, haverá mais retorno seja em resultados seja em bem estar.

HUMANIZAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

E quem não gosta de um atendimento personalizado sem falsidade? Quem não gosta de ser mimado em uma consulta médica, no salão de beleza ou até mesmo no banco? Como não gosta de receber um mimo ou alguém de chamar pelo seu nome no meio de tantas pessoas? Relações comerciais tendem a ser mais fortalecidas quando há humanização. Além disso, é um excelente caminho para a lealdade (mais que a fidelidade) de um cliente.

Na minha opinião, a ausência do ao vivo e da ligação faz com que as pessoas fiquem mais carentes e vulneráveis. Por mais que interajam por meio de telas, ver com quem está se relacionando e quem se importa com ela de alguma forma desperta conforto e acolhimento. E isto vale tanto nas relações pessoais, profissionais e quanto na prestação de serviço.

Por isso, sou uma super defensora da humanização. Falei bastante sobre o tema na esfera corporativa no texto sobre live com executivos. Leia como complemento deste. Ah…e me promete uma coisa? Tenta ser mais humano em suas relações a partir de agora e, principalmente, pós isolamento social?

Um abraço apertado no coração 🙂

GOSTOU DO TEXTO? LEIA TAMBÉM:

DICAS PARA NÃO PIRAR NA QUARENTENA

COMO CONTROLAR A ANSIEDADE E O MEDO?

DICAS PARA MANTER A SAÚDE MENTAL

MAIS SOBRE O MOVIMENTO DE HUMANIZAR

Mais lidas
Clube de Vantagens
Economize na sua Viagem

Cada vez que você reserva um produto por algum destes links do blog, recebemos uma pequena comissão que ajuda a monetizar e a atualizar nosso conteúdo, sem você ter que pagar nada a mais por isso.

Picture of GARDENS <br data-lazy-src=
Demais Autores
Picture of Mari Rogatoo

Mari Rogatoo

Gastronomia

Picture of Ricardo Andion

Ricardo Andion

Games & Gastronomia

Picture of Mateus Fon

Mateus Fon

Finanças

Picture of Alessandra Lopes

Alessandra Lopes

Yoga e Hawaii

Picture of Luci Orkov

Luci Orkov

Vida Saudável

Picture of Ana Paula Teixer

Ana Paula Teixer

Arquitetura & Design

RECEBA NOSSO CONTEÚDO POR E-MAIL

Open chat
Olá. Podemos ajudar?
Olá. Podemos ajudar?